A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

julho 25, 2017

O abate do porco

O olfato e a memória gustativa é algo fantástico. Nos remetem a lembranças do passado  que ficam guardadas com carinho no cantinho da memória.  Quem não lembra do cheiro da comida da avó, dos pães que a mãe enrolava e assava no forno, do suave aroma que vinha das panelas que ficavam sobre a chapa do fogão a lenha?

Nem precisamos provar novamente a comida. Basta lembrar para entrarmos novamente na cena que esteve tão presente em algum momento da vida. São receitas antigas, como o pão, a macarronada, o bolo de fubá, o bolinho de chuva, a linguiça caseira…

porco

Imagem: listenandlearn.com.br

Lembro muito bem das brincadeiras de infância no sítio de meu avô e com os amigos de minha rua. Mas também estão muito presentes as situações ligadas à comida. Algumas dessas últimas não tão agradáveis…

Tínhamos um quintal grande na casa popular recém-construída no bairro Vila Nova, em Rio Claro/SP, levantada com o financiamento da Caixa Econômica Federal. Era uma casa simples, de dois quartos, sala, cozinha e banheiro, com cômodos bem pequenos, mas, como dizia meu pai “um dia será nosso”. E, nesse quintal tínhamos nossa horta e um pequeno pomar, quase sempre galinhas e um porco, criado em chiqueiro. (more…)

Anúncios

janeiro 15, 2016

Máster Congelados – o seu cozinheiro em domicílio

Por quê um cozinheiro em domicílio?

Você trabalha todos os dias e não tem tempo para organizar uma refeição de última hora. Algumas vezes podemos ter algum convidado inesperado, mas nem sempre temos tempo de preparar um prato diferenciado.

A proposta da Máster Congelados é o oferecimento de um cardápio moderno e original, elaborado com produtos frescos e condimentados ao seu gosto. O prazer será notado no seu prato.

Alim realiza o cardápio da sua escolha na sua própria cozinha, utiliza seus próprios equipamentos e vasilhas. Todos os condimentos secos utilizados em cada receita são ofertados por ele. Após o trabalho, você terá uma refeição caseira, saudável, equilibrada,  sem conservantes e preparada por um cozinheiro experiente. Tudo ficará acondicionado e etiquetado no seu freezer com perfeição.

O seu cozinheiro em domicílio, cuidará de tudo. Desde o preparo, armazenamento e limpeza. Tudo será colocado de volta no  seu devido lugar.

Outras possibilidades

Você tem convidados em seu aniversário e  prefere desfrutar da presença deles?  Não se preocupe com o serviço da cozinha, ele se ocupará de tudo para você.

Um almoço de negócios e você prefere um lugar mais íntimo como a sua casa? Nada mais prático que contratar um cozinheiro à domicílio.



Como acontece

Primeiro você decide o que vai querer   do cardápio. Consulte aqui:  (as entradas –os principais – especial índia –  as sobremesas).  A escolha é sua, sinta-se à vontade. Apenas precisará indicar a quantidade de porções desejadas para cada prato eleito. (more…)

agosto 31, 2015

CouchSurfing (CS) – adote um viajante no sofá de sua casa!

Imagine que você irá tirar férias na semana que vem e decidiu ir para a Espanha ou Itália. No roteiro, estão cidades como Barcelona, Madri, Roma, Florença, Milão e Veneza. Mas, onde se hospedar? Hotéis e pousadas não faltam nessas cidades, são inúmeras as opções. E convenhamos – todas as opções são muito caras! Mas se você tem espírito aventureiro, quer fazer novas amizades, conhecer a cultura local de um povo e ouvir boas histórias, bem vindo ao Couchsurfing (CS), uma maneira fácil e econômica que os internautas descobriram para viajar.

image

Afinal, quem um dia não pensou em ir a algum lugar, mas tinha pouco dinheiro para se hospedar? Acho que isto passa pela cabeça de muitos leitores. Alguém pensou nesta questão com muita seriedade e resolveu fazer de seu sonho uma realidade, criando o movimento CouchSurfing (CS) – a rede mundial de pessoas que oferecem acolhimento de graça para viajantes nos “sofás” de suas casas. Em português este movimento recebe o nome de “surfando no sofá.” Isso mesmo! O criador desta categoria alternativa de hospedagem foi o americano Casey Fenton, em 1999. (more…)

agosto 26, 2015

Como queimar suas calorias

Estou trabalhando no computador o dia todo, cheio de problemas para resolver, pressão por todos os lados e bateu aquela fome. Comi uma barra de chocolate ao leite de 50 grs. Mas sei que as calorias que ganhei com ela não são poucas. Ainda mais para alguém que está querendo emagrecer 5 kg!

Mas você, leitor/a, deve estar pensando em me dizer: “Augusto, faça atividades físicas!”.

calorias

Eu sei que os benefícios de uma atividade física regular são numerosos: melhora do funcionamento cardíaco, controle do peso, elevação da autoestima e do bem-estar pessoal, redução do estresse e do mau humor. Com isso concordam todas as associações médicas que até emitem guias para auxiliar na redução do colesterol, dos triglicerídeos etc. Tanto sei disso que vou e volto do trabalho a pé, caminhando. E faço longos passeios de bicicleta pelas improvisadas ciclovias e ciclofaixas de São Paulo aos finais de semana. Não antes de rezar umas dez ave marias e uns 20 pai nossos antes de sair, é claro! (more…)

agosto 24, 2015

O preço do cafezinho nosso de cada dia!

Ir na padaria todo dia cedo ou ao boteco da esquina para pedir um pão na chapa e um café está cada vez mais caro. E não são só estes dois itens que estão com preços abusivos – tudo está mais caro! O dinheiro anda “curto” para todos, não é mesmo?

Aqui perto do meu trabalho eu consigo tomar um ótimo café no Sesc/Carmo. Custa R$ 2,00. Mas, bem próximo, ele pode custar entre R$ 4,00 e R$ 6,00!

Imagem do Facebook

Imagem do Facebook

Questionar o preço do cafezinho em São Paulo fez com que Carol Gutierrez, Francele Cocco, Lucas Pretti e Maurício Alcântara se juntassem para pensar em um novo formato de negócio: um lugar onde você paga o quanto achar que deve pagar pelo que consome. Assim funciona o Preto Café, uma associação sem fins lucrativos para que “as pessoas reflitam sobre o quanto custa o que elas consomem”, segundo Maurício Alcântara. (more…)

novembro 25, 2014

A família Martini, de Rio Claro/SP – parte 2

Continuação… (ver a parte 1)

Mas não era só para comer e beber vinho que nossa família se reunia – a gente também tinha que rezar o terço. Quando criança o nosso passeio era ir à missa e não víamos a hora de ter uma quermesse. A gente também gostava de rezar o terço, não por rezar o terço, mas pelas brincadeiras da molecada que havia depois que acabava o amém. E também a baciada de pipocas que minha avó fazia!

No sítio eles faziam procissão para chover. Todo o mundo em procissão para dar banho no São Benedito, porque daí não chovia muito. Lavar o santo no riacho, imagine só? Ao meio dia faziam procissão até uma encruzilhada pra jogar água nela, isso para fazer chover. Será que hoje isso funcionaria?

Meu avô, Primo Martini, com minha avô, Virgínia Calore Martini, em sua primeira foto juntos, na saída da missa, quando começaram a namorar.

Meu avô, Primo Martini, com minha avô, Virgínia Calore Martini, em sua primeira foto juntos, na saída da missa, quando começaram a namorar.

Nós, as crianças, fazíamos isso na inocência, na pureza. Minha mãe era muito devota de Nossa Senhora Aparecida e de São José – sempre rezou muito. Eram essas coisas que faziam parte de nossa “agenda”: “mês tal vai ter terço”. Um dos nossos maiores anseios era saber que ia ter terço. As ruas de Rio Claro eram mal iluminadas, a gente ia a pé para ir rezar. Não queríamos nem saber se estava chovendo, se estava frio. A gente sabia que esse era um modo de conversar com as pessoas. Nem passava pela nossa cabeça o uso telefone. Telefone, TV e geladeira não faziam parte do nosso pobre cotidiano. Então a gente saía e ia fazer visita nas casas. (more…)

A família Martini, de Rio Claro/SP – Parte 1

Como já escrevi por aqui em dois posts, sou bisneto de imigrantes italianos, que vieram para cá no século XIX, por volta de 1870.

Vieram da região de Treviso (Comune de Cornuda), Pádova (Pádua), Castello di Godego, Tirol e outros. Se instalaram primeiro na região de Araras/SP, depois em Cravinhos/SP, depois no Distrito de Ajapi, Rio Claro/SP e finalmente na cidade de Rio Claro/SP.

Meu avô paterno, Primo Martini, Filho de Luigi Martini, conseguiu comprar um sítio, denominado Boa Vista, em Ajapi, onde morava com minha avó, Virgínia Calore Martini e seus filhos – Ernesto, Marino, Antonio, Henrique, Cesar, Pedro Cirilo, Izabel e Eva.

Minha mãe, Maria Angela Gracioli Martini, com Joana Nathalina Gracioli Martini (duas irmãs, casadas com dois irmãos - Antonio Martini e Cesar Martini)

Minha mãe, Maria Angela Gracioli Martini, com Joana Nathalina Gracioli Martini (duas irmãs, casadas com dois irmãos – Antonio Martini e Cesar Martini)

Apesar de ser uma terra dura, com muita piçarra, a cultivavam e dela tiraram o sustento por muitos anos.

Aos poucos os filhos foram se casando e tomando seus próprios rumos. Em meados dos anos 70 meu avô e minha avó, já velhinhos, venderam o sítio e vieram, junto com o meu tio Pedro, morar em Rio Claro, na Vila Nova, em Rio Claro/SP, ao lado da casa de meus pais. E aqui, faço uma confissão: gostaria muito de um dia poder comprar o sítio que foi de meu avô paterno! Ele fez parte de minha infância e da infância de minhas irmãs. Éramos os primos que moravam na cidade, e que passavam finais de semana e férias com os avós e os outros primos, que moravam no sítio. (more…)

dezembro 4, 2013

Roma não é uma cidade barata!

Comer bem e pagar pouco,  em Roma, não é uma tarefa fácil. Roma é uma cidade grande e aqui pode se comer bem, mas você pode estourar o seu orçamento com comida. Não é possível comer bem em restaurantes e com pouco dinheiro. Fazendo piqueniques fica mais barato. O que de mais barato encontrei por aqui foram as pizzas al taglio (média de 2,50 euros por pedaço) e os kebabs, que custam em média 5,00 euros (é o nosso churrasquinho grego, só que aqui com muito melhor qualidade – e são deliciosos!). Estou aqui faz 9 dias e esta constatação estou fazendo in loco.

Uma refeição simples em restaurantes comuns não saem por menos de 12,00 a 15,00 euros (sem bebidas).
Algumas dicas:
– beber um café e comer o almoço ou lanche em pé. Quase sempre é mais caro sentar-se num café do que ficar em pé no bar, e muitas vezes, custa ainda mais para se sentar nas mesas ao ar livre. E o café expresso aqui é um quarto do tamanho do expresso no Brasil. E não sai por menos de 1,00 euro (taxa cambial de hoje: 1,00 euro = R$ 3,30).

Este slideshow necessita de JavaScript.

– compre nos mercadinhos ou “Alimentari” (lojas de alimentos), e faça piquenique quantas vezes forem possíveis. Você vai economizar muito dinheiro se fizer isso, pelo menos, em duas refeições ao dia. Se você tiver uma geladeira em seu quarto, melhor ainda. Não correrá o risco da comida estragar.  (more…)

novembro 4, 2013

Receita de Escalibada – um dos pratos mais típicos da Catalunha, na Espanha

A escalibada é um dos pratos mais típicos da Catalunha – é preparada com pimentões, berinjelas, tomates, alho e cebolas. Esses ingredientes, aliados a um azeite de qualidade, colorem e dão mais sabor à mesa espanhola. É considerada um excelente complemento para pratos que levam carne ou peixe e ainda superam as pretensões de qualquer outra guarnição. Na Espanha é possível comê-la em bares e restaurantes. 

A escalibada é uma daquelas receitas bem conhecidas da culinária típica espanhola e remonta da tradição da Catalunha e Valência.

Leva tão somente legumes que são levados ao forno, mas, o sabor desses vegetais é incrível e você pode usá-la como um acompanhamento para qualquer prato, seja carne ou peixe, e também pode come-la sozinha, ou mesmo como entrada (na Espanha, são as conhecidas “tapas”). De qualquer forma a escalibada é um prato incomparável.

Tudo que você precisa para esta receita é um pouco de alho picado, mas não é obrigatório, caso não goste, cebolas, berinjelas, tomates maduros, pimentões vermelhos, sal e azeite de oliva. Essa é uma daquelas receitas que se você deixar repousar por uma noite ela fica melhor, porque realça o sabor dos vegetais.  Eu recomendo que você a coma fria, mas morna também é muito bom! (more…)

janeiro 2, 2013

Dicas para viver bem em 2013…

Saúde:
1. Beba muita água;
2. Coma ao café da manhã como um rei, ao almoço como um príncipe e ao jantar como um pedinte;
3. Coma o que nasce em árvores e plantas, e menos comida produzida em fábricas;
4. Viva com os 3 E’s: Energia, Entusiasmo e Empatia;
5. Arranje tempo para orar;
6. Jogue mais jogos;
7. Leia mais livros do que já leu;
8. Sente-se em silêncio pelo menos 10 minutos por dia;
9. Durma 8 horas por dia;
10. Faça caminhadas de 20-60 minutos por dia e, enquanto caminha, sorria.

Personalidade:   (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: