A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

agosto 12, 2016

Curso para ensinar a usar Lei de Acesso à Informação

Exemple

Ciclo de palestras será transmitido ao vivo, pela internet, com aulas sobre como usar a Lei de Acesso à Informação e os dados obtidos junto aos governos. Público-alvo é de jornalistas, líderes comunitários e educadores

(01.08.2016). O Instituto Não Aceito Corrupção, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e a Ouvidoria-Geral do Estado de São Paulo lançaram na última sexta-feira (29/08) a primeira edição da ação “Diálogos”. A iniciativa consiste em um ciclo de palestras sobre temas que abordam o acesso à informação e as ferramentas disponíveis para a obtenção dos dados pretendidos. Por exemplo, informações sobre orçamento do Poder Público, a cultura de transparência e seus reflexos positivos para a qualidade da democracia e o controle social, por meio da atuação das Ouvidorias e ONGs. Ao final, haverá a “oficina para resolução de caso prático”, em que poderão ser aplicados os conhecimentos recebidos ao longo do ciclo. Esses debates, conduzidos por profissionais especialistas, serão transmitidos ao vivo, por meio de videoconferências, para funcionários da rede pública de ensino e demais interessados previamente inscritos.

O principal objetivo da ação é conscientizar a sociedade civil sobre a relevância de reconhecer e utilizar todas as estratégias e ferramentas disponíveis, incluindo leis, como a Lei de Acesso à Informação, canais de denúncia, como as Ouvidorias, em especial oferecidos pela própria administração pública, no sentido de prevenir, controlar e combater atos de corrupção.

(more…)

agosto 10, 2016

Luto – vamos falar sobre ele?

6Já tive grandes perdas na vida. Não cheguei a conhecer meus bisavôs e nem minha avó materna. Perto dos dez anos perdi o meu avô materno. Depois meus avós paternos também se foram.

Perdi minha mãe e poucos anos depois o meu pai. Nessa lista incluo tios, primos, amigos…. Isso são apenas exemplos. O luto não tem hierarquia!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mortes são sempre doloridas. Em meu trabalho, no espaço de poucos meses, oito amigos perderam pai ou mãe. Hoje mesmo retornou ao trabalho uma pessoa de minha equipe que perdeu o pai na semana passada. Teve um ataque cardíaco fulminante.

Não há palavras que nos façam superar essa dor. Eu sempre digo que a dor nunca passa. A gente acostuma com ela. Aprende a administrar. (more…)

julho 2, 2016

Único Museu do Eucalipto do Mundo fica no Brasil e completou 100 anos!

Você conhece o único Museu do Eucalipto do Mundo? Talvez não, não é mesmo? Mas ele existe. E está aqui pertinho, em Rio Claro (SP). E esse ano completou um centenário.

Isso mesmo!

Existe um único Museu do Eucalipto que fica no Brasil e existe há 100 anos!

Idealizado pelo engenheiro agrônomo Edmundo Navarro de Andrade para sistematizar e expor os resultados de pesquisas relacionadas à introdução de espécies de eucalipto no Brasil, ele foi fundado em 1916. Ele fica localizado dentro da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, no município de Rio Claro (SP) e é tombado pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) desde 1977.

imageFoto de Carlos Beduschi

CeluloseOnline – Qual a importância do Museu nos aspectos: regional, histórico e para o setor de florestas?

A divulgação das pesquisas de Edmundo Navarro de Andrade com o eucalipto e a ideia de disponibilizar seus resultados através de uma instituição museológica foram iniciativas pioneiras e significativas. Tornaram-se referência junto à comunidade científica e subsidiaram posteriormente as empresas que vieram a se dedicar ao plantio de florestas plantadas principalmente as voltadas à indústria do papel.

(more…)

junho 21, 2016

Ditadura militar brasileira – site abre os arquivos dos EUA

O projeto Opening the Archives é um esforço conjunto da Brown University, o National Archives and Records Administration, a Universidade Estadual de Maringá, e o Arquivo Nacional para digitalizar e indexar 100.000 documentos do governo dos Estados Unidos sobre o Brasil produzidos entre 1960-80 e torná-los disponíveis para o público em um site de acesso livre.

Acesse o Brown Digital Repository para efetuar sua pesquisa no acervo digital. Mais documentos estão atualmente sendo adicionados ao banco de dados.

openingArchiveHeader4

Opening the Archives Project é uma iniciativa ambiciosa organizada pela Brown University e a Universidade Estadual de Maringá, com o apoio da National Archives and Records Administration e o Arquivo Nacional do Brasil, para sistematicamente digitalizar e indexar dezenas de milhares de documentos abertos do governo dos Estados Unidos relativos ao Brasil produzidos entre 1960 e 1980. Os documentos podem ser consultados em sites espelho criados por ambas as universidades. Estes sites também apresentarão milhares de páginas de relatórios de inteligência da CIA até então disponíveis exclusivamente na sede do National Archives II, em College Park, Maryland.

(more…)

3º INTEGRAR – Congresso Internacional de Arquivos, Bibliotecas, Centros de Documentação e Museus

III INTEGRAR, com o tema central “Preservar para as Futuras Gerações” – São Paulo, 19 a 21 de julho de 2016  

Universidade Presbiteriana Mackenzie – campus Higienópolis (SP)

Rua da Consolação, 930 – São Paulo, SP
Integrar

O INTEGRAR foi concebido como um evento multidisciplinar, focado nas áreas de Arquivologia, Biblioteconomia, Ciência da Informação e Museologia, que pretende colocar a discussão de forma integrada entre os profissionais que atuam em Arquivos, Bibliotecas, Museus, Centros de Documentação e Centros de Memória.

O primeiro INTEGRAR aconteceu em 2002, tendo como tema principal “Integração Presente e Futura”. A primeira edição foi marcada por uma série de eventos paralelos e buscou uma maior aproximação com os países de língua portuguesa. O segundo INTEGRAR “Compartilhando o conhecimento: o acesso sem fronteiras”, aconteceu em 2006 e deu continuidade às discussões interdisciplinares com foco no impacto da incorporação de tecnologias de informação e de comunicação e como as formas de acesso se modificaram.
(more…)

junho 2, 2016

Atavos resgata a memória e a cultura negra

 

Estou em férias na capital do Chile – Santiago, e hoje vi uma exposição linda e toda embasada em cultura e tradição do Brasil, que com um olhar para o futuro, lembra um dos mais negros períodos históricos do país – a escravidão. Tudo graças à lente da fantástica fotógrafa chilena de grande prestígio, Pola Fernandez.

Atavos que foi o nome dado ao projeto, é a visão  particular de uma chilena que em 1979 deixou o país para se instalar no Brasil, onde se consolidou como uma especilista em fotografia. As 22 imagens que apreciei hoje no salão Joaquín Edwards Bello do centro cultual Estação Mapocho são impactantes.

O projeto ATAVOS buscou iluminar as memórias e a cultura negra por meio de registros fotográficos feitos no século XIX e de registros recentes de mulheres negras com mais de 50 anos. Para tanto, a fotógrafa Pola Fernandez apresentou fotografias do século XIX de escravas de origem africana ao grupo de mulheres negras da terceira idade da cidade de Salto e cada uma livremente escolheu uma foto com que se identificasse e que possuísse características semelhantes às de suas ancestrais. Posteriormente, cada mulher do grupo foi fotografada por Pola Fernandez próxima ao registro do século XIX escolhido. O visitar a exposição convida a uma reflexão acerca da trajetória da população negra brasileira. O resultado do trabalho de Fernandez foi uma reunião emocional entre duas gerações, uma que viveu sob a opressão, chicotes e as correntes, e outra versão que não esquece seu legado.

abril 13, 2016

Curso Transparência e Direito de Acesso à Informação, oferecido pela UCRH

A Unidade Central de Recursos Humanos – UCRH tem por missão planejar, coordenar, orientar tecnicamente e controlar, em nível central, as atividades de gestão de Recursos Humanos da Administração Direta e das Autarquias do Estado de São Paulo. Cabe-lhe também promover a uniformização de procedimentos da área de Gestão de Recursos Humanos.

A Unidade Central de Recursos Humanos tem sua estrutura organizacional estabelecida pelo Decreto nº 51.463, de 1º/01/2007 e está subordinada à Secretaria de Planejamento e Gestão. Tem por missão institucional, na área de capacitação, contribuir para a profissionalização do serviço público paulista através da atuação na formação profissional e desenvolvimento dos servidores públicos do estado, tendo como princípio fundamental o compromisso com a qualidade pedagógica em suas ações.

trans

Trabalha na formação de servidores públicos com alta competência técnica e de lideranças transformadoras aptas a lidar com os desafios que a gestão pública enfrentará no futuro; busca a inovação pedagógica, com a construção de novas formas de aprendizagem; e na produção e disseminação de conhecimentos inovadores sobre gestão pública.

Desenvolve cursos em parceria com órgãos da Administração Direta e Autárquica para a formação de alta qualidade dos servidores públicos estaduais, acompanhando as diretrizes estratégicas emanadas pela Administração, conforme o Plano de Governo.

O curso abaixo – Transparência e Direito de Acesso à Informação – é de vital importância para todos os servidores públicos e como informativo para a população em geral. Acesse as aulas! Posso garantir que você não se arrependerá.

  • Aula 1. Transparência e Democracia
    Neste primeiro vídeo do curso Transparência e Direito de Acesso à Informação apresentamos a temática e conceitos relacionados à transparência, direitos humanos e acesso à informação.
    Especialistas: Fernando Meloni e João Gomes

  • Aula 2. A importância do direito de acesso à informação
    O vídeo traz conceitos e trata da importância do direito de acesso e da transparência para o funcionamento do estado democrático de direito e da administração.
    Especialistas: Fernando Meloni e João Gomes
    (more…)

março 7, 2016

Curso gratuito – GESTÃO DA INFORMAÇÃO PÚBLICA: DO IMPRESSO AO DIGITAL

Objetivos: Disseminar uma ampla visão da gestão de documentos e da segurança da informação, indicando boas práticas, métodos e técnicas arquivísticas para a eficiente prática documental, para a preservação digital e para o processo administrativo e legislativo. Objetiva-se alcançar uma maior eficiência na gestão de processos de trabalho e, em especial, em relação às novas tecnologias da informação.

Público Alvo: Funcionários públicos em geral, em especial da Câmara Municipal e da Prefeitura de São Paulo, além da sociedade em geral. Profissionais das áreas de Direito, de Biblioteconomia e de Arquivo e de Tecnologia da Informação.

Coordenador: Prof. Msc. Charlley Luz

Diretor Responsável: Gustavo Costa Dias

Vagas: 60

Carga Horária: 21h

Inscrições: A partir de 24/03.

Observação: todo o curso será transmitido em tempo real por videoconferência. O acesso é realizado clicando sobre o link do local da aula no quadro Programação abaixo, ou seja, “Sala Oscar Pedroso Horta (“Sala B”).  

Terão direito ao Certificado somente os que assistirem ao curso presencialmente.

Programação:

(more…)

março 2, 2016

História – Centros de Memória – Ana Maria de Almeida Camargo

Rodrigo Simon entrevista a professora Ana Maria de Almeida Camargo, do departamento de História da FFLCH-USP, autora, em conjunto com a pesquisadora Silvana Goulart, do livro Centros de memória: uma proposta de definição. A professora explica o que são e qual a função estratégica dos centros de memória – uma definição nova que abrange os organismos dedicados a preservar e organizar informações para consulta futura, em empresas, governos, organizações.

fevereiro 29, 2016

Seminário Lei de Acesso à Informação em São Paulo: diálogos necessários

1

 

seminário

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: