A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

dezembro 28, 2018

Viagens – programe-se, aproveite-as, mas sobretudo aprenda!

Que eu adoro viajar todos que passam por aqui já sabem. Minhas viagens são sempre econômicas, mas busco tirar o máximo que posso de cada lugar. Ver, aprender, conviver, tudo isso sem gastar muito. Esse é o meu lema.

Em minhas viagens, muitas vezes vejo as pessoas fazendo uma foto e saindo rápido em busca do próximo local para uma selfie. Acabam não aprendendo nada sobre o local, não leem nada a respeito antes, durante ou depois da visita, não interagem com os locais de verdade. Querem apenas mostrar que estiveram no local, que comeram tal comida em tal lugar…

Meus queridos, se vocês podem viajar, tendo ou não condições para tudo o que gostariam de fazer, façam uma viagem envolvente, que mude algo em vocês! Leiam a respeito, pesquisem e vivenciem o local, não se prendam aos clichês dos pontos turísticos ou do restaurante famoso.

Minhas viagens são sempre muito bem planejadas, com passagens e trechos comprados antes, para não correr o risco de entrar em uma furada. De chegar ao local e ter que enfrentar uma fila gigante para comprar a entrada. Então, ao pensar em uma viagem, tomem coragem, planejem-se financeiramente e em relação ao tempo e as dificuldades que poderão enfrentar.

Sou daqueles que sempre viajam com pouco dinheiro, ficando em Airbnbs da vida, visitando supermercados, comendo comida feita em casa, pegando caronas de bla bla car.  E saibam, isso é possível, mas que as vezes exige muito esforço e planejamento! E vale a pena! Eu garanto!

Da forma como vocês decidirem suas viagens, por favor, viajem com a cabeça aberta e voltem diferentes, aprendendo mais e mais sempre!

Abaixo, compartilho um texto que li na internet e que gostei muito. Vai ao encontro de tudo o que penso!

Boas férias!!

“Eu sempre acreditei que, ao fazer uma viagem, o mais importante é ter a cabeça aberta. Cabeça aberta e livre de preconceitos pra entender a cultura que você está emergindo. Pra experimentar as comidas típicas. Pra conversar com os locais além de taxista, garçom e atendente do hotel. E eu te peço, não vá viajar apenas como turista, pra tirar algumas fotos em frente à monumentos, postar no Instagram e voltar pra casa. Explore os lugares que você visita. Converse com as pessoas, ande sem direção pelas cidades, mergulhe de cabeça nas diferentes culturas que você conhecer ao longo da sua vida. Deixe o mapa de lado e se perca. As vezes é se perdendo por uma cidade desconhecida que você se encontra na vida. Se for um país pobre, não ande com medo dos locais. Se for um país rico, não o ache melhor que os demais países. Entenda e respeite as diferenças de cada lugar. Dessa forma, você terá sempre um pouquinho de cada cultura dentro de si, e nunca andará sozinho por aí. Não volte de uma viagem do mesmo jeito que chegou, apenas com umas fotos bonitas a mais no celular e uns dólares a menos na conta do banco. Volte sempre diferente, com novos aprendizados, novos amigos, novas histórias. O conhecido já estará te esperando em casa, pra quando você voltar. Fuja o máximo possível dele enquanto estiver longe. Brinque com as crianças na rua, compre comida nas feiras, ande de transporte público, se vista com as roupas típicas, saia a noite com os locais. Se uma viagem não te desafiar a sair da sua bolha, ela não estará te agregando em nada. Crie laços com o desconhecido, é ele que vai te levar mais longe.” Texto da Amanda Areias disponível no: Mochila Brasil.

fevereiro 28, 2018

Férias na Europa – inverno de 2018

Como sabem, minhas viagens são planejadas com muita antecedência e as passagens compradas com pelo menos 6 meses antes da viagem. Fico sempre em busca de promoções de voos e para mim não tem importância se terei que fazer uma escala ou duas para chegar ao destino. Pois bem, em março de 2017 comprei passagens promocionais da Latam, trechos de Guarulhos para Roma e vice-versa, com escala de 5h30 minutos em Londres.

Pensei em um roteiro que atendesse aos meus anseios em conhecer novos lugares.


Posso parecer maluco, mas o roteiro foi o seguinte:

ROTEIRO FÉRIAS INVERNO 2018 EUROPA

Duração das férias: DE 23 JANEIRO À 13 DE FEVEREIRO

23/01/2018

SÃO PAULO>LONDRES>ROMA Latam (more…)

novembro 25, 2017

Tiradentes/MG e seu queijo premiado na França!

Uma das melhores coisas de Tiradentes são os moradores. Todos muito simpáticos, adoram conversar, são prestativos em dar informações e sempre com o delicioso e típico sotaque mineiro, uai!

Nos cinco dias que estive lá, fui convidado para tomar café, bati longos papos com pessoas na rua e nas lojas de comércio.

Uma dessas conversas foi com a Lúcia Maria Resende, que é produtora do queijo “Sabores do Sítio”, em Tiradentes, na Região de Campos das Vertentes, e que ganhou a medalha de Bronze no “Mondial du Fromage”, em Paris, França. Seu queijo tem a característica suave, textura macia, todo feito com leite do rebanho do gado Jersey.

IMG_2778

Ela disse que em 2016 conquistou o seu primeiro prêmio: o primeiro lugar em um concurso estadual em Minas (desbancou os deliciosos queijos da Canastra). E, neste ano, na primeira participação em um concurso mundial, conseguiu a Medalha de Bronze. Cerca de 80% do queijo que produz é vendido na Feirinha da Estação do Trem, em Tiradentes, mas o produto também tem destino certo, como Barbacena e Belo Horizonte. (more…)

janeiro 23, 2017

Madrid – passeios imperdíveis

Como prometi, seguem algumas dicas de lugares imperdíveis em Madri. Algumas indicações são do blog Vamos para Espanha o qual vale muito a pena uma visita!

Fiz quase todos os trajetos a pé. Utilizei muito pouco o metrô. Mas, se você não é de andar, não desanime. O metrô de Madri tem 98 anos e muitas estações! Vejam que São Paulo tem muito a aprender com a cidade. Em 1919, quando foi inaugurado, a linha 1 de Madri tinha apenas 8 estações e 4 km.  Hoje é um dos melhores do mundo. Tem 301 estações e é a terceira cidade no mundo no ranking dos Metrôs. Somente Nova York e Paris a superam em número de estações. Tem 294 km de extensão (a quarta rede do mundo em extensão). Tem 13 linhas, sendo a maior parte subterrânea. Mas isso é assunto para outro post. Vamos para as dicas.

O Museo del Prado – é uma das maiores pinacotecas do mundo e, desde a sua inauguração em 1819 se tornou um dos primeiros museus de arte do mundo. O edifício, construído na década de 1780-90, foi projetado por um arquiteto neoclássico, Juan de Villanueva, o mesmo que desenhou a bandeira do Jardim Botânico.  O Museo del Prado tem mais de 9.000 obras em seu acervo exibe maravilhas como “As Meninas” de Velásquez, Rafael, El Greco, Rembrandt, Fra Angelico, etc.  Site Oficial

O Palácio Real, que começou como fortaleza, posteriormente o Antigo Alcázar e finalmente Palácio Real. Conhecido por ser a residência oficial da Vossa Majestade o Rei de Espanha, o certo é que o Rei Juan Carlos não mora lá. Imponente e ricamente decorado serve de cerimonial para eventos  e recepções oficiais do Estado, encontros diplomáticos, onde também é possível visitar seu museu.

As origens do palácio datam do século IX, quando o reino muçulmano de Toledo, preocupado pela sua defesa ante as investidas cristãs, edificou uma fortaleza que mais tarde seria usada pelos reis de Castela. No século XVI foi construído o forte sobre os mesmos alicerces.

O palácio foi incendiado no Natal de 1734 e reconstruído durante o governo de Felipe V. O edifício, cujas obras se realizariam entre 1738 e 1755, foi contemplado com uma estrutura abobadada, com pedras e tijolos, sem matérias inflamáveis. Carlos III foi o primeiro monarca que estabeleceu neste a sua residência em 1764. Imperdível!

Com um lindo jardim, o museu tem um magnífico acervo, com obras de   Juan de Flandres (Políptico de Isabel a Católica), Caravaggio (Salomé com a cabeça de João Batista), Velázquez e Goya, além de instrumentos musicais, como o quarteto realizado por Stradivarius, e as peças da Real Armaria. Visita virtual.  Site Oficial

Este slideshow necessita de JavaScript.

Catedral de la Almudena – ao lado do Palácio Real, esta igreja começou a ser construída no fim do séc. XIX , onde havia a antiga muralha árabe que rodeava a cidade e foi terminada em 1993 consagrada pelo Papa João Paulo II. Neoclássica por fora e gótica por dentro, é linda com pinturas coloridas no teto, tendo como destaque a  impressionante imagem da N. Sra. de la Almudena em madeira prata (veja sua história aqui) e o túmulo de San Isidro, padroeiro de Madrid. Em 2004 foi cenário do casamento dos Príncipes de Astúrias.

Real Jardim Botânico – estava fechado para restauro nos dias que estive em Madri, mas deve ser uma delícia passear pelas alamedas, descobrir suas flores, seus perfumes. Criado em 1755 por Fernando VI às margens do rio Manzanares, com mais de 2000 plantas foi transferido em 1744 para o Passeio do Prado, com projeto de Sabatini e Juan de Villanueva, com estufas, labirintos, e sua bela coleção de plantas ornamentais, aromáticas e medicinais. É um lugar imperdível para passear e apreciar plantas e flores do mundo todo, com  5000 espécies de árvores, plantas e rosas coloridas.  Site Oficial

(more…)

Madri ou Madrid – encantadora

Tinha muita curiosidade para conhecer Madri. Já havia lido muito sobre ela e conversado outro tanto com pessoas que ali moraram. Embora possa parecer uma cidade antiga, Madri é uma cidade jovem se comparada com outras tantas da Europa.

No século IX, durante a ocupação por parte dos Árabes, o Rei Mohammed I mandou construir uma fortaleza junto ao Rio Al-Magrit, atualmente Rio Manzanares, a partir de onde podia avistar toda a cidade. Em 1085, a cidade foi reconquistada por Alfonso VI e a fortaleza tornou-se o Palácio Real. Inicialmente, os Árabes e os Judeus foram bem tolerados, embora as suas posses tenham sido confiscadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em 1492, os Reis Católicos, Fernando de Aragão e Isabel de Castela, acabaram a Reconquista, com a expulsão dos últimos Mouros, da cidade de Granada. Posteriormente, em 1561, o país foi reunificado pelo Rei Carlos I. O seu filho, Felipe II, transferiu a Corte Real de Valladolid para Madri, e desde essa época até aos nossos dias, tem sido a capital de Espanha.

Nos séculos XVI e XVII, séculos de ouro do Império Espanhol, a cidade cresceu, mas era ainda pequena, quando comparada com outras cidades, tais como Sevilha ou Cádiz.

O tempo passou e a situação foi mudando. Passaram os séculos de ouro da Espanha e chegamos ao século XVIII, com Carlos III, considerado por alguns como o melhor monarca da história de Madri, que culminou esta etapa dourada, muito embora os primeiros movimentos turbulentos não tenham verdadeiramente chegado antes do seu sucessor, Carlos IV, que presenciou a agitação em que o país se encontrava. Finalmente, com Fernando VII, conhecido como absolutista, acabou toda a prosperidade que tinha existido trazida pelos últimos monarcas. Tinha terminado um ciclo.

Em 1808, chegam as Invasões Napoleônicas, tanto em Madri, como em muitos outros pontos de Espanha. Estávamos no século XIX e a Europa agitava-se. Napoleão perdeu Madri e Espanha e o seu império capitulou no Inverno russo.

Na Espanha, o século XX começa também com revoltas e tensões, uma situação que resultou na Guerra Civil, entre 1936 e 1939. Nesta guerra, dois grupos, os Nacionalistas e os Republicanos, respectivamente autoritários e democratas, lutaram em todo o território espanhol até finalmente a parte republicana ter triunfado, tendo colocado Francisco Franco no poder – e que o deteve durante 40 anos.

Depois da morte de Franco, em 1975, a democracia foi instaurada em Espanha, sob um regime de Monarquia Parlamentar. (more…)

janeiro 22, 2017

Espanha e Portugal – viajando bem e barato

Viajando bem e barato – esse é o meu lema. Sempre planejo a viagem com muitos meses de antecedência. Procuro por passagens em promoção (dessa vez viajei com a Air China e recomendo)! Sempre fujo dos pacotes turísticos. Todas as pesquisas de lugares a visitar, trajetos, passagens de trem/ônibus/avião, ingressos – tudo isso já saio daqui com o esquema traçado, comprados e pagos.

16123292_398515577154080_2450388694746529792_n

Dessa vez fui para Madrid, Lisboa, Sintra, Coimbra, Porto, Santiago de Compostela, Barcelona, Valência e de novo em Madrid somente para pegar o voo de volta. O trecho de Porto a Santiago de Compostela foi feito em ônibus. E de Santiago de Compostela para Barcelona pela Ryan Air. Todos os outros foram por trem.

O roteiro funcionou muito bem. Fiz várias pesquisas na internet e muitas delas bem aproveitadas. Nos próximos posts escreverei um pouco sobre cada uma das cidades, prometo.

2

O tempo de três a cinco dias em cada cidade (menos em Valência, que fiquei poucas horas) foi suficiente para os passeios principais. Os melhores lugares deixaram um gosto de quero mais. O que poderia ter sido melhor? Não mudaria quase nada, pois fui com a ideia de aproveitar cada segundo, sem exigir que fosse tudo perfeito. (more…)

janeiro 10, 2016

Dicas para uma viagem econômica

Prometi – e estou sendo cobrado! (rs) de que iria falar sobre como faço o planejamento de minhas viagens – sempre muito econômicas. Então vamos para algumas dicas.

Roteiro da viagem de final de ano

São Paulo/Milão – 08/12, com chegada em 09/12
Milão/Budapeste – entre 09/12 a 14/12
Berlim – 14 a 20/12 (dia 18 Potsdam)
Milão – 20 a 29/12 (dia 24 – Lago de Como e dia 28 – Bérgamo)
Veneza –  bate e volta 26 e 27/12
Milão/São Paulo – 30/12

Este slideshow necessita de JavaScript.

Começando pela passagem aérea – que representa grande parte dos custos da viagem e onde invisto grande parte do planejamento.
Minhas férias são de 30 dias e sempre as divido em dois blocos de 15 – um na metade do ano e outro no final do ano. Sempre procuro tirá-las perto de um feriado e assim ganho dias a mais. Os roteiros sempre são feitos com muita antecedência. Entre doze a 6 meses. Começo a pesquisar preços de passagens em sites confiáveis. Assino o blog Melhores Destinos que sempre tem dicas e pesquisas excelentes! Por exemplo – em 2013 viajei para a Itália pela Ibéria, por cerca de R$ 800,00 reais! (ida e volta, já com as taxas em pesquisa divulgada no site). Portanto, comece a pesquisar os preços e roteiros com bastante antecedência e quando surgir, seja rápido na compra. Dica – o Melhores Destinos tem aplicativos para Iphone e Android. (more…)

agosto 31, 2015

CouchSurfing (CS) – adote um viajante no sofá de sua casa!

Imagine que você irá tirar férias na semana que vem e decidiu ir para a Espanha ou Itália. No roteiro, estão cidades como Barcelona, Madri, Roma, Florença, Milão e Veneza. Mas, onde se hospedar? Hotéis e pousadas não faltam nessas cidades, são inúmeras as opções. E convenhamos – todas as opções são muito caras! Mas se você tem espírito aventureiro, quer fazer novas amizades, conhecer a cultura local de um povo e ouvir boas histórias, bem vindo ao Couchsurfing (CS), uma maneira fácil e econômica que os internautas descobriram para viajar.

image

Afinal, quem um dia não pensou em ir a algum lugar, mas tinha pouco dinheiro para se hospedar? Acho que isto passa pela cabeça de muitos leitores. Alguém pensou nesta questão com muita seriedade e resolveu fazer de seu sonho uma realidade, criando o movimento CouchSurfing (CS) – a rede mundial de pessoas que oferecem acolhimento de graça para viajantes nos “sofás” de suas casas. Em português este movimento recebe o nome de “surfando no sofá.” Isso mesmo! O criador desta categoria alternativa de hospedagem foi o americano Casey Fenton, em 1999. (more…)

junho 11, 2014

“Amigos de Aluguel: você vai viajar? “Alugue” um morador local e fuja dos roteiros turísticos comuns!

O site Rent a local friend foi criado em 2010 pela carioca Alice Moura, que morava em Lisboa e costumava levar amigos e conhecidos para passear pela cidade.

 Se você é desses viajantes que gosta de fugir de roteiros habituais dos turista, como visitas guiadas, com filas enormes, nos museus, vai gostar dessa novidade novidade: o projeto Rent a Local Friend nasceu para incentivar quem viaja a alugar uma pessoa pra passar umas horas na cidade, em programas alternativos.

[vimeo http://vimeo.com/55903175]

Usá-lo é simples. Disponível em inglês, alemão, francês, italiano, espanhol e, claro, português, o site tem uma base de pessoas dispostas a serem guias por um dia em todos os continentes. Há “amigos locais” em lugares como Indonésia, Austrália, África do Sul, México, Estados Unidos, Noruega, Itália, Portugal e Brasil, isso para pontuar apenas alguns lugares. Para conseguir o guia especializado, que estará pronto para mostrar os espaços fora dos pontos turísticos tradicionais, é preciso enviar um e-mail com o pedido e o destino.  (more…)

dezembro 4, 2013

Roma não é uma cidade barata!

Comer bem e pagar pouco,  em Roma, não é uma tarefa fácil. Roma é uma cidade grande e aqui pode se comer bem, mas você pode estourar o seu orçamento com comida. Não é possível comer bem em restaurantes e com pouco dinheiro. Fazendo piqueniques fica mais barato. O que de mais barato encontrei por aqui foram as pizzas al taglio (média de 2,50 euros por pedaço) e os kebabs, que custam em média 5,00 euros (é o nosso churrasquinho grego, só que aqui com muito melhor qualidade – e são deliciosos!). Estou aqui faz 9 dias e esta constatação estou fazendo in loco.

Uma refeição simples em restaurantes comuns não saem por menos de 12,00 a 15,00 euros (sem bebidas).
Algumas dicas:
– beber um café e comer o almoço ou lanche em pé. Quase sempre é mais caro sentar-se num café do que ficar em pé no bar, e muitas vezes, custa ainda mais para se sentar nas mesas ao ar livre. E o café expresso aqui é um quarto do tamanho do expresso no Brasil. E não sai por menos de 1,00 euro (taxa cambial de hoje: 1,00 euro = R$ 3,30).

Este slideshow necessita de JavaScript.

– compre nos mercadinhos ou “Alimentari” (lojas de alimentos), e faça piquenique quantas vezes forem possíveis. Você vai economizar muito dinheiro se fizer isso, pelo menos, em duas refeições ao dia. Se você tiver uma geladeira em seu quarto, melhor ainda. Não correrá o risco da comida estragar.  (more…)
Próxima Página »

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: