A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 6, 2017

Respeito e compaixão pelos animais vira matéria nas escolas da Índia

“A grandeza de uma nação e seu progresso moral podem ser julgados pela maneira como seus animais são tratados”— Mahatma Gandhi

Os animais são parte do mundo natural, no entanto, ao longo da história, muitas vezes as pessoas trataram os animais mais como coisas do que como seres.

Desde a pouca idade, a natureza aflora em nós um encantador universo de descobertas e autoconhecimento. Na Índia, essa ideia é levada a sério e foi incluída na grade escolar de colégios de todo o país como atividade extracurricular. Por meio do projeto educacional Compassionate Citizen, as crianças aprendem a ter compaixão pelos animais, ampliando seu engajamento ambiental.

Compassionate-Citizen

Fonte: Hypeness

Direcionado para a garotada entre 8 e 12 anos, o programa é uma parceria entre as ONGs Animal Rahat e PETA, que atuam na defesa dos direitos dos animais.

O intuito é desenvolver nessas crianças e adolescentes atitudes de respeito, empatia, gentileza e não violência para com os outros seres vivos. “A maioria das crianças sente naturalmente preocupação e afeição pelos animais, mas elas absorvem o comportamento cruel da sociedade e gradualmente perdem sua compaixão. A falta de respeito por outras espécies pode se traduzir em insensibilidade e crueldade – inclusive para com outros seres humanos”, explica um comunicado oficial sobre o projeto. (more…)

Anúncios

outubro 27, 2017

Dicas para os amigos que já passaram dos 50 anos

Filed under: amor,Coisas que eu gosto,Educação,Uncategorized — Augusto Martini @ 22:24
Tags: , , , ,

 

(Texto de Gustavo Krause)


Dicas para meus amigos que já passaram dos 50 anos:
➖ Gaste o seu dinheiro com você, com seus gostos e caprichos.
➖ É hora de usar o dinheiro (pouco ou muito) que você conseguiu economizar . Use-o para você, não para guardá-lo e não para ser desfrutado por aqueles que não tem a menor noção do sacrifício que você fez para consegui-lo.
➖ Não é tempo para maravilhosos investimentos, por mais que possam parecer bons, eles só trazem problemas e é hora de ter muita paz e tranquilidade.
➖ PARE de PREOCUPAR-SE COM A SITUAÇÃO FINANCEIRA dos filhos e netos. Não se sinta culpado por gastar o seu dinheiro consigo mesmo. Você provavelmente já ofereceu o que foi possível na infância e juventude como uma boa educação. Agora, pois, a responsabilidade é deles. JÁ NÃO é época de sustentar qualquer pessoa de sua família.
➖ Seja um pouco egoísta. (more…)

outubro 20, 2017

Fazesp – Escola Fazendária de São Paulo

 

Parte de uma série de construções escolares realizadas pelo Estado no início do século 20, a Escola do Carmo foi recuperada para abrigar a Escola de Administração Fazendária (Fazesp) – onde trabalho. Houve um primeiro projeto de recuperação que teve início em 1999 e que terminou em 2002 e outro, mais recente, que teve início em 2015 foi finalizado em 2016.

O edifício, de linguagem neoclássica com a inserção de elementos art nouveau, passou por metódico trabalho de recomposição. A área do terreno é de 1.068,25 m2 e a área construída é de 2.834,96 m2.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Exemplar representativo da arquitetura escolar do início do século passado, o conjunto foi projetado pelo arquiteto alemão naturalizado brasileiro Carlos Rosencrantz, funcionário, desde 1913, da antiga Diretoria de Obras Públicas da Secretaria da Agricultura.

A Escola do Carmo é um de seus primeiros projetos, feito com Achilles Nacarato. Retrato das alterações pelas quais passou a cidade, a edificação declinou junto com o centro e – curiosamente – ressurge no momento em que ele está sendo redescoberto.

(more…)

outubro 19, 2017

O que é um museu?

O da Santa Casa de São Paulo valoriza o ensino e a pesquisa, buscando aproximar os visitantes

*June Locke Arruda, O Estado de S.Paulo

Quem nunca ouviu o ditado popular que diz que “quem vive de passado é museu”? Isso vem do fato de que museu ainda está relacionado a um lugar que guarda coisas antigas, que não têm mais utilidade para ninguém, ou, num linguajar mais popular, coisas velhas mesmo!

museu

Contudo já paramos para pensar qual a origem dessa história? Quando e por que se começou a reunir peças e objetos em forma de coleções? Qual a relevância que essa instituição teve ao longo dos séculos e que magnitude ela tem nos dias de hoje? Vejamos.

A origem etimológica da palavra museu vem do grego e quer dizer musas. As musas eram entidades da mitologia grega, filhas de Zeus e de Mnemosine, a deusa da memória. A casa das musas era o mouseion, uma mistura de templo com instituição de pesquisa voltada para o saber filosófico, onde eram depositados objetos preciosos oferecidos às divindades em sinal de agradecimento. A partir de então, todo objeto reunido ou compilado num determinado espaço com o intuito de contar ou resgatar alguma área do conhecimento passou a ser relacionado à palavra museu. (more…)

outubro 12, 2017

A teia do tempo

A teia do tempo

Por Augusto Jeronimo Martini

A coragem de sair – buscar novas terra sem mudar o céu,

Bisavós
Viver é preciso, mais que navegar, lançar raizes,

38EBF716-9FA7-403A-89FE-B3917146164A
Para tudo há um tempo, deixar que as sementes caiam na terra,

7569F0DE-CB33-42A9-8CBA-CD7777C2A6C7
Germinem e maturem,

7142AA24-6C28-4EE5-9D71-B872938F82F3

Para que a colheita se faça bela e generosa,

0C0E5554-5722-4673-9A8A-AA77BF212B74

Em outra terra, sob o mesmo céu.

 

outubro 11, 2017

Quem ganhou o prêmio Nobel da Paz no ano em que você nasceu

Fonte: El País

O Prêmio Nobel da Paz começou a ser oferecido no primeiro ano do século XX. Desde então, foram agraciadas 103 pessoas e 23 organizações. Eis um dado curioso: a idade média dos ganhadores é de 61 anos. Em 2017, o prêmio pacifista foi para a campanha internacional para proibir as armas nucleares, uma coalizão de organizações não governamentais de cerca de 100 países. Veja aqui quem ganhou o Nobel da Paz no ano em que você nasceu:

philip-noel-baker-baron-noel-baker-3.jpg

1901. Frédéric Passy (França) e Henri Dunant (Suíça)

1902. Charles Albert Gobat (Suíça) e Élie Ducommun (Suíça)

1903. William Randal Cremer (Reino Unido)

1904. Instituto de Direito Internacional (Bélgica)

1905. Bertha von Suttner (Áustria-Hungria)

1906. Theodore Roosevelt (Estados Unidos)

1907. Ernesto Teodoro Moneta (Itália) e Louis Renault (França)

1908. Fredrik Bajer (Dinamarca) e Klas Pontus Arnoldson (Suécia)

1909. Auguste Beernaert (Bélgica) e Paul d’Estournelles (França) (more…)

setembro 27, 2017

O Brasil e seus furacões

* por Augusto Bernardo Cecílio (Auditor fiscal da Secretaria da Fazenda do Amazonas)

Aqui e acolá escuto a comemoração de que “graças a Deus no Brasil não temos terremotos, furacões ou tsunamis”. Ledo engano. Temos sim, e dos mais arrasadores e violentos. Faz-se necessário usar esta comparação para buscar entender que a situação do Brasil, nas questões de saúde e educação, pode ficar pior.

Enquanto a Constituição Federal assegura a vida como sendo o bem maior dos direitos fundamentais, preceituando em seu artigo 196 que a saúde é um direito de todos e um dever do Estado, por outro lado o governo federal congela os gastos na saúde pública por 20 anos.

(more…)

setembro 22, 2017

A minha Primavera e a Primavera de Botticelli!

Quem não acorda com saudades de qualquer coisa?
Eu acordo sempre com saudade de ver os raios de sol entrarem pela janela em minha casa de infância, saudades do tempo perdido que uma pessoa não aproveitou como devia ser, saudades de um pouco de tudo…
A saudade é a luz viva e nítida que ilumina a estrada do passado. Hoje acordei com saudades da Primavera de antigamente… O tempo tem estado tão maluco que as estações do ano não são mais tão definidas.

De quanto criança, lembro da chuva, do nevoeiro, do  frio…

Mas hoje,  estamos na Primavera. A estação mais bela do ano! Céu claro, pássaros cantando, a vida florescendo. Luz para o corpo e alma.

Lembrei-me de partilhar com vocês este quadro de Sandro Botticelli. Porque o belo nos enche o peito! Porque a natureza nos devolve sentimentos adormecidos!

Feliz Primavera!

A Primavera vai entrando no jardim, lançando flores por onde passa, perfumando tudo, enchendo tudo de maravilha.

Esta obra foi criada no ano de 1482. Época em que os pintores renascentistas inspiravam-se em fábulas mitológicas para realizarem as obras destinadas a adornar edifícios. O quadro “A Primavera” foi encomendado por Lorenzo di Pierfrancesco de Médicis para ser colocado na villa Mediceia de Castello.  (more…)

setembro 15, 2017

#todosjuntoscontracorrupcao

todosjuntos

#todosjuntoscontracorrupcao é um dos três pilares do Programa Nacional de Prevenção Primária à Corrupção (PNPPC).

Pretende suscitar uma reflexão qualificada e abrangente sobre o tema auxiliando no enfrentamento efetivo da Corrupção. A Campanha também divulgará o Chamamento Público que visa receber propostas de prevenção primária à Corrupção de todo o Brasil. A partir desse chamamento as propostas serão selecionadas e formarão o Banco de Propostas de prevenção primária à corrupção que estará acessível a todos na internet. Esse é o segundo Pilar. O terceiro pilar é a Rede Colaborativa que será composta por empresas, órgãos governamentais, ONGs e Universidades que se identifiquem com o tema e que queiram apoiar e contribuir na execução, na expansão, no fortalecimento das propostas de combate à corrupção.

Leia mais

setembro 13, 2017

GESTÃO DOCUMENTAL E ACESSO À INFORMAÇÃO

O curso Gestão Documental e Acesso à Informação , promovido pelo Arquivo Público do Estado, é direcionado aos servidores e funcionários dos órgãos e entidades que compõem o Sistema de Arquivos do Estado de São Paulo e tem como objetivo capacitar seus quadros profissionais de forma a aprimorar o trabalho de profissionais que intervém, diariamente, na produção, uso, tramitação, destinação e acesso dos documentos públicos estaduais da administração direta e indireta.

Gestão documental e acesso à informação

Ao longo do período de duração do curso  (19/09 a 24/10) serão abordados aspectos essenciais da gestão documental na administração estadual, indo desde noções fundamentais da arquivística, passando pelo ordenamento legal da esfera estadual, até a sua importância para a efetivação do acesso à informação. (more…)

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: