A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

agosto 31, 2015

CouchSurfing (CS) – adote um viajante no sofá de sua casa!

Imagine que você irá tirar férias na semana que vem e decidiu ir para a Espanha ou Itália. No roteiro, estão cidades como Barcelona, Madri, Roma, Florença, Milão e Veneza. Mas, onde se hospedar? Hotéis e pousadas não faltam nessas cidades, são inúmeras as opções. E convenhamos – todas as opções são muito caras! Mas se você tem espírito aventureiro, quer fazer novas amizades, conhecer a cultura local de um povo e ouvir boas histórias, bem vindo ao Couchsurfing (CS), uma maneira fácil e econômica que os internautas descobriram para viajar.

image

Afinal, quem um dia não pensou em ir a algum lugar, mas tinha pouco dinheiro para se hospedar? Acho que isto passa pela cabeça de muitos leitores. Alguém pensou nesta questão com muita seriedade e resolveu fazer de seu sonho uma realidade, criando o movimento CouchSurfing (CS) – a rede mundial de pessoas que oferecem acolhimento de graça para viajantes nos “sofás” de suas casas. Em português este movimento recebe o nome de “surfando no sofá.” Isso mesmo! O criador desta categoria alternativa de hospedagem foi o americano Casey Fenton, em 1999.

Nela, as pessoas são recebidas de acordo com as regras do anfitrião, pois o CS não é um hotel e por hospedar pessoas em sua casa, os Couch Surfers, nome dado aos membros da comunidade CS, precisam seguir os princípios de comportamento de cada casa. Mais do que hospedar e conhecer pessoas, a comunidade CS tem a missão de conectar em redes, pessoas e lugares, com um padrão internacional; criando intercâmbios educacionais; aumentando a consciência coletiva; disseminando a tolerância e facilitando o entendimento entre as pessoas.

Os contatos são feitos através da internet pelo site http://www.couchsurfing.org , onde as pessoas se cadastram e buscam os “sofás” disponíveis no seu destino. O site indica através de uma busca interna as acomodações oferecidas, que em geral são mais modestas e dependem da condição social do anfitrião onde ficará o hospede. Tais acomodações vão de sofás a camas, para uma passagem de curto período, até conseguir o próximo sofá ou outro destino. As refeições não são incluídas na hospedagem, apenas são oferecidos locais para dormir. E o que a gente precisa mais que isso?

Os CounchSurfers são pessoas solidárias que se dispõe a receber turistas nacionais e internacionais em suas casas, como uma forma de diminuir a solidão das pessoas e aumentar a solidariedade, comprovando que as pessoas são receptivas hospitaleiras. Os turistas e os anfitriões são avaliados e têm suas referências e considerações disponíveis para serem visualizadas por outros interessados. Criando uma rede de confiança, comunitária. As pessoas recomendam ou não os lugares onde estiveram. Depois do movimento da hospedagem do CS, agora já existem outros modelos de Surfe de Sofá, como hospitalityclub, globalfreeloaders e BeWelcome e outros que citarei ao final do post.

E como começou esse projeto?

Era o final dos anos 1990 e o norte-americano Casey Fenton estava decidido: iria viajar à Islândia. Ter uma experiência turística tradicional não era seu objetivo e ele teve a ideia brilhante: levantou os e-mails de 1,5 mil estudantes da capital do país, Reykjakiv, e lhes escreveu uma mensagem, perguntando se poderia se hospedar, gratuitamente, na casa de algum deles. O resultado foi surpreendente: houve mais de 50 respostas positivas e Fenton embarcou para a conhecida terra do gelo.

Depois que voltou aos Estados Unidos, fascinado pela experiência, ele se juntou a três amigos e fundou o CouchSurfing. Um desses parceiros é o mineiro Leonardo Bassani, de 31 anos, que define o projeto como “um mundinho de super-hospitalidade”. Bassani, que vive hoje em Vitória (ES), diz que, quando viaja ao exterior, pratica o “CouchSurfing free style”. “Em muitos dos lugares que visito, abordo as pessoas na rua, apresento o projeto do CouchSurfing e elas acabam me hospedando em suas casas. Meu objetivo é difundir nosso ideal de solidariedade pelo mundo”.

Mas, é seguro se hospedar dessa forma?

O site do CS têm ferramentas que permitem um sistema de referências, onde as pessoas com quem você encontra deixam mensagens no seu perfil e te avaliam. Eu já me cadastrei e até coloquei um quarto do apartamento à disposição! Estes comentários não podem ser apagados pelo dono do perfil. Ou seja, se você recebe uma referencia negativa, ela fica lá publicada e seu perfil recebe uma marca por isso. Deste modo as pessoas decidem se querem hospedar alguém com referências negativas.

Existe uma confiança mútua que direciona a decisão de quem concordar ou não em receber um estranho. As consultas, referências e conversas entre os usuários são comuns para aqueles que decidem colocar suas casas a disposição dos viajantes. Problemas de relacionamento podem acontecer não apenas quando se recebe uma pessoa importuna, mas quando você se hospeda na casa de alguém.

O projeto CS possui 3 tipos de seguranças que se baseiam na confiança das pessoas:

1) Referências: as pessoas se baseiam nas referências para ver quem é confiável ou não; experiências positivas, negativas e neutras podem ser dadas para qualquer membro do CS. conhecendo pessoas que passam por sua cidade, chamando para tomar um café, conversar e indo aos encontros de Couch Surfers (Meetings) da região, participando de grupos na cidade ou estado. É recomendado deixar uma referência para a pessoa que conheceu, e se mostrou confiável, seja durante o passeio, mostrando a cidade, acompanhando em um barzinho, ajudando de alguma em assuntos no CS. Isso aumenta a credibilidade da pessoa. Uma boa referência escrita conta muito, então sempre elogie as qualidades para quem está escrevendo.

2) Membro Verificado: O usuário verificado é aquele que faz uma doação para o site através de um cartão de crédito internacional em seu nome e é emitida uma fatura do seu endereço residencial. O site confirma o nome e o endereço, provando que você mora no lugar que indicou. Esta contribuição é um símbolo contendo cifras que aparecem em alguns perfis. A verificação é um ‘tick’ (um V verde). A opção de doação não é obrigatória, e pode ser feita a qualquer momento se desejar.

3) Voucher (Voto de Confiança): os primeiros Couch Surfers (criadores do site) criaram um sistema de voto de confiança que foi passado para os membros em que eles realmente acreditavam; quando um membro recebe 3 votos de confiança, ele pode começar a dar o voto para todas pessoas que ele acha confiável (esse é um símbolo de 4 braços ligados que aparecem em alguns perfis). Para conseguir um voucher é preciso conhecer pessoas, fazer amizades e participar dos eventos CS da região, além de sempre ajudar o próximo. Trocar experiências com os veteranos no site pode gerar alguns vouchers com o tempo. Este é uma espécie de voto de extrema confiança que se conquista e por isto é muito importante na hora de analisar o perfil.

Além do CouchSurfing.com, outros sites permitem fazer reserva ou oferecer hospedagem gratuita. Abaixo alguns deles:

Servas
www.servas.org
Fundada em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, a associação está presente em 128 países. Tenta aproximar as pessoas com o objetivo de gerar entendimento, tolerância, respeito mútuo e a paz por meio da hospitalidade.

Youth For Understanding
www.yfu.org
Organização sem fins lucrativos, opera em 50 países e promove o intercâmbio de estudantes do ensino médio. Existe desde 1951 e chegou ao Brasil em 1963.

Hospitality Club
www.hospitalityclub.org
No ar desde 2000, o site foi um dos primeiros na Internet a reunir informações sobre os clubes de hospedagem e permitir a troca de experiências entre usuários.

Global Free Loaders
www.globalfreeloaders.com
Comunidade online de hospedagem gratuita criada por um estudante australiano que viajou durante cinco anos pela Europa, Ásia, África e Américas do Norte e do Sul.

Warm Showers
pt.warmshowers.org
Direcionada para qtuem viaja de bicicleta, a página ajuda os usuários a encontrar, por meio de mapas interativos, anfitriões em sua rota em cima da magrela.

Mais informações no site: http://www.couchsurfing.org

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: