A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

abril 16, 2019

Stonehenge: eu fui!

Stonehenge, no sul da Inglaterra, está entre os sítios arqueológicos mais emblemáticos do mundo e um de seus maiores enigmas. O círculo megalítico na Planície de Salisbury inspira temor e fascinação – mas também intenso debate, cerca de 4.600 anos depois de ter sido construído por antigos britânicos que não deixaram nenhum registro escrito. Em minhas últimas férias estive visitando o local, acompanhado de Carlos André dos Santos e Luíza, sua filha, que gentilmente apresentaram-me o lugar fantástico e cheio de energia!

O misterioso passado do monumento gerou inúmeras histórias e contos. Segundo o folclore, Stonehenge foi criado por Merlin, o mago da lenda arturiana, que transportou magicamente as pedras maciças da Irlanda, e seres gigantes montaram o círculo. Outra lenda diz que os dinamarqueses invasores ergueram as pedras, e outra teoria diz que eram as ruínas de um templo romano. As interpretações modernas não são menos fantasiosas: alguns argumentam que Stonehenge é uma área de pouso de espaçonaves para alienígenas, e ainda mais dizem que é um símbolo gigante de fertilidade na forma de genitália feminina.

(more…)
Anúncios

abril 11, 2019

Orvieto – uma preciosidade da Umbria, centro da Itália

A cidade de Orvieto está na região da Umbria e localiza-se no centro da Itália. Antes da ascensão dos romanos e do seu Império, a civilização mais desenvolvida e importante na região era a etrusca, que dominou a região cerca de mil anos deixando muita coisa dessa cultura intrínseca nas construções de lá. O seu território estendeu-se desde o norte da Toscana até ao rio Tibre (Tevere, em italiano), no norte do Lácio. Eles fundaram muitas cidades, e algumas delas persistem quase intactas, até os dias de hoje. Orvieto é um destes tesouros.

Uma das razões e provavelmente a mais significativa para esta cidade existir até hoje é a sua impressionante localização. Ela está situada no topo plano de um maciço de rochas vulcânicas, no meio do caminho que ligava Roma a Florença. A localização elevada e as muralhas construídas à volta da cidade deram-lhe proteção suficiente, tornando-a quase impossível de conquistar.

O ponto alto de Orvieto como cidade foi durante a Idade Média, especialmente nos séculos XII e XIV. Durante este período, a cidade viu surgir em seu entorno novos e belos palácios e monumentos.

(more…)

março 26, 2019

Perugia – um itinerário de arte sacra entre as igrejas do centro

Perugia e um itinerário de arte sacra entre as igrejas do centro: Sant’Ercolano

Exausto dos museus e edifícios históricos, no antigo círculo das muralhas etruscas? Não se preocupe: ainda existem muitas igrejas para visitar. Se você é um amante da arte e da arquitetura sagrada há muito o que ver em Perugia. Uma das igrejas mais fascinantes e curiosas é certamente Sant’Ercolano: um edifício octogonal que cresce em altura, quase como uma torre. Seus interiores são totalmente afrescados: uma obra-prima do barroco.

A trindade e os santos na capela de San Severo

A pequena capela de San Severo é outra igreja que é preciso ver, porque dentro dela você pode admirar outra das obras-primas feitas por Perugino e Rafael: o afresco da Trindade e dos Santos.

O Arco de Augusto

Um antigo complexo monástico: Santa Maria Nuova

Pertencente aos beneditinos, o complexo monástico de Santa Maria Nuova, com sua igreja e seu campanário histórico projetado por Galeazzo Alessi, não está longe de San Severo e remonta ao século XIII. Seus interiores são um dos mais belos exemplos do final da Renascença de Perugia.

A Igreja do Jesus: uma arquitetura “hierárquica”

Entre os edifícios sagrados de Perugia, a Igreja do Gesù é certamente a mais curiosa do ponto de vista arquitetônico. Há, de fato, três diferentes oratórios sobrepostos no interior, seguindo as hierarquias sociais do século XVI: um oratório para os nobres, um para os artistas (mas também os artesãos) e outro para os colonos (que cultivavam a terra).

Um exemplar do barroco na cidade medieval: San Filippo Neri

É também chamada de Igreja Nova e é um belo exemplo de arte e arquitetura do século XVII em uma cidade onde as vistas mais características são medievais e renascentistas. A igreja de San Filippo Neri é uma verdadeira obra-prima e certamente merece uma visita.

(more…)

Perugia, a capital e o coração da Úmbria – paixão entre arte e chocolate!

Fundada pelos etruscos e rica em evidências da Idade Média e do Renascimento, Perugia é uma cidade sem igual. Em minhas últimas férias estive hospedado na cidade por nove dias inesquecíveis. Desde a hospedagem, reservada pelo Airbnb, em imóvel do Gabriele – em um apartamento localizado na Via dei Priori, em pleno centro histórico, tudo foi fantástico. Como também foi fantástica a recepção durante a chegada ao local por sua irmã Francesca e pelo cuidado que teve nos dias seguintes.

O centro histórico de Perugia contêm imponentes edifícios, igrejas e museus, e muitos recantos pitorescos a se descobrir, juntamente com as premissas de uma das suas tradições mais típicas: o chocolate.

Então, o que ver em Perugia e quais caminhos seguir em suas ruas e praças? Aqui está uma visão geral dos principais locais de interesse. Mas eu aconselho: perca-se por Perugia. Não tenha medo. Não irá se arrepender!

(more…)

março 25, 2019

Único Museu do Eucalipto do Mundo fica no Brasil e completou 103 anos!

Hoje o museu do Eucalipto, em Rio Claro/SP, completa 103 anos!

A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

Você conhece o único Museu do Eucalipto do Mundo? Talvez não, não é mesmo? Mas ele existe. E está aqui pertinho, em Rio Claro (SP). E esse ano completou um centenário.

Isso mesmo!

Existe um único Museu do Eucalipto que fica no Brasil e existe há 100 anos!

Idealizado pelo engenheiro agrônomo Edmundo Navarro de Andrade para sistematizar e expor os resultados de pesquisas relacionadas à introdução de espécies de eucalipto no Brasil, ele foi fundado em 1916. Ele fica localizado dentro da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, no município de Rio Claro (SP) e é tombado pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) desde 1977.

imageFoto de Carlos Beduschi

CeluloseOnline – Qual a importância do Museu nos aspectos: regional, histórico e para o setor de florestas?

A divulgação das pesquisas de Edmundo Navarro de Andrade com o eucalipto e…

Ver o post original 793 mais palavras

janeiro 20, 2019

Especulação imobiliária no centro de São Paulo

Olá! Desde que decidi morar e trabalhar em São Paulo, minha opção foi por viver no centro histórico, mais precisamente no que costumam chamar de “centro novo” onde tudo acontece. Apesar do pouco investimento público na área, sempre prometido e nunca executado, penso ser o melhor lugar para se viver. Tenho tudo sempre por perto, duas linhas do metrô quase na porta de casa, linhas de ônibus em frente ao edifício… É claro que nem tudo é uma maravilha. O centro da cidade concentra tudo o que tem de melhor e também o que tem de pior. Moradores de rua, centenas deles, usuários de crack, também aos montes. Lixo. Muito lixo que é colocado no canteiro central do boulevard da Avenida Vieira de Carvalho em horários inapropriados, os quais são imediatamente abertos e espalhados pelas ruas. Na região há muitos bares e restaurantes. Assim, esse é um lixo, digamos, “chamativo”. Muitas latas de bebidas em alumínio, restos de comida, etc.

De uns tempos para cá, o centro tem atraído muitos restaurantes de renome. Posso citar: Ramona, Paribar, Casa do Porco, Mandíbula, Drosophyla, Dona Onça, Apfel, Salada Record, Ponto Chic, Esther Rooftop, Tibiriçá, La Casserole, La Central, Santinho, Barouche, Buraco, Casa de Francisca, Mundo Pão do Olivier, e outros restaurantes, ou bares, que também mereciam fazer parte desta lista, têm algo que os identifica, além da notoriedade e de serem frequentados por uma clientela fiel.

(more…)

dezembro 28, 2018

Viagens – programe-se, aproveite-as, mas sobretudo aprenda!

Que eu adoro viajar todos que passam por aqui já sabem. Minhas viagens são sempre econômicas, mas busco tirar o máximo que posso de cada lugar. Ver, aprender, conviver, tudo isso sem gastar muito. Esse é o meu lema.

Em minhas viagens, muitas vezes vejo as pessoas fazendo uma foto e saindo rápido em busca do próximo local para uma selfie. Acabam não aprendendo nada sobre o local, não leem nada a respeito antes, durante ou depois da visita, não interagem com os locais de verdade. Querem apenas mostrar que estiveram no local, que comeram tal comida em tal lugar…

Meus queridos, se vocês podem viajar, tendo ou não condições para tudo o que gostariam de fazer, façam uma viagem envolvente, que mude algo em vocês! Leiam a respeito, pesquisem e vivenciem o local, não se prendam aos clichês dos pontos turísticos ou do restaurante famoso.

Minhas viagens são sempre muito bem planejadas, com passagens e trechos comprados antes, para não correr o risco de entrar em uma furada. De chegar ao local e ter que enfrentar uma fila gigante para comprar a entrada. Então, ao pensar em uma viagem, tomem coragem, planejem-se financeiramente e em relação ao tempo e as dificuldades que poderão enfrentar.

Sou daqueles que sempre viajam com pouco dinheiro, ficando em Airbnbs da vida, visitando supermercados, comendo comida feita em casa, pegando caronas de bla bla car.  E saibam, isso é possível, mas que as vezes exige muito esforço e planejamento! E vale a pena! Eu garanto!

Da forma como vocês decidirem suas viagens, por favor, viajem com a cabeça aberta e voltem diferentes, aprendendo mais e mais sempre!

Abaixo, compartilho um texto que li na internet e que gostei muito. Vai ao encontro de tudo o que penso!

Boas férias!!

“Eu sempre acreditei que, ao fazer uma viagem, o mais importante é ter a cabeça aberta. Cabeça aberta e livre de preconceitos pra entender a cultura que você está emergindo. Pra experimentar as comidas típicas. Pra conversar com os locais além de taxista, garçom e atendente do hotel. E eu te peço, não vá viajar apenas como turista, pra tirar algumas fotos em frente à monumentos, postar no Instagram e voltar pra casa. Explore os lugares que você visita. Converse com as pessoas, ande sem direção pelas cidades, mergulhe de cabeça nas diferentes culturas que você conhecer ao longo da sua vida. Deixe o mapa de lado e se perca. As vezes é se perdendo por uma cidade desconhecida que você se encontra na vida. Se for um país pobre, não ande com medo dos locais. Se for um país rico, não o ache melhor que os demais países. Entenda e respeite as diferenças de cada lugar. Dessa forma, você terá sempre um pouquinho de cada cultura dentro de si, e nunca andará sozinho por aí. Não volte de uma viagem do mesmo jeito que chegou, apenas com umas fotos bonitas a mais no celular e uns dólares a menos na conta do banco. Volte sempre diferente, com novos aprendizados, novos amigos, novas histórias. O conhecido já estará te esperando em casa, pra quando você voltar. Fuja o máximo possível dele enquanto estiver longe. Brinque com as crianças na rua, compre comida nas feiras, ande de transporte público, se vista com as roupas típicas, saia a noite com os locais. Se uma viagem não te desafiar a sair da sua bolha, ela não estará te agregando em nada. Crie laços com o desconhecido, é ele que vai te levar mais longe.” Texto da Amanda Areias disponível no: Mochila Brasil.

dezembro 19, 2018

Natal Iluminado em São Paulo – é grátis!

Gratuito, Natal Iluminado trará anjos voando em edifícios do centro

O Natal Iluminado, já reconhecido como uma das principais atrações gratuitas da cidade de São Paulo no mês de dezembro, vem com novidades em 2018. De 14 a 23 de dezembro, o evento apresenta espetáculos diários que unem projeção mapeada nas fachadas, Folia de Reis com bonecos gigantes dos Três Reis Magos, cenas de presépio representando o nascimento de Cristo, além de balé aéreo, performances de anjos e música ao vivo. Tudo acontece em três construções históricas do centro de São Paulo: Edifício Matarazzo, Igreja do Mosteiro de São Bento e Pátio do Colégio.

Sobre o Natal Iluminado

O Natal Iluminado foi concebido pela Associação Comercial de São Paulo para oferecer ao público uma atração que vai além das iluminações e enfeites típicos do fim do ano. O espetáculo, que une projeções, teatro, música, dança, bonecos e circo, se uniu à tradicional decoração dos prédios da ACSP, que, desde o ano de 2000, monta cenários especiais na sede paulistana e em 15 Sedes Distritais. O espetáculo é produzido pelo Guaimbé Bureau de Cultura e tem sido patrocinado pelo Ministério da Cultura, Bradesco, Cielo e Grupo Tricury.

PROGRAMAÇÃO

1. Chegada do Espírito Natalino 
Local: Edifício Matarazzo
Endereço: Viaduto do Chá, 15, Centro
Horário: 19h às 22h 
19h – Concentração da Folia de Reis 
19h25 – Saída do cortejo com a Folia de Reis em direção ao Mosteiro de São Bento 
19h30 às 21h – Projeção 
21h15– Todo o roteiro acima se repete, com projeção até às 22h

Mosteiro de São Bento

2. Anunciação e seres celestiais 
Local: Igreja e Mosteiro de São Bento 
Endereço: Largo de São Bento, 48 – Centro, São Paulo – SP
Horário: 19h50 às 22h 
19h50 – Primeira entrada da projeção, com duração de 5 a 7minutos 
20h – Chegada da Folia de Reis. Os músicos se apresentam e seguem em cortejo até o Pátio do Colégio 
20h20 – Projeção volta e permanece até́ às 21h 
21h – Reapresentação do Cortejo da Folia Reis 
19h às 22 – Apresentações aéreas intercaladas e estatua viva no local

(more…)

novembro 15, 2018

Relíquias Franciscanas – expostas em São Paulo

Hoje é o último dia da exposição de Relíquias de Santos Franciscanos
no Convento e Santuário São Francisco, de São Paulo.
A exposição ‘Relíquias Franciscanas – Transcendência e Sacralidade na vida e no corpo dos Santos’ conta com cerca de 60 peças, a maioria apresentada em relicários – usados para preservar os fragmentos. Destacam-se a relíquia da verdadeira Cruz de Cristo, recuperada por Santa Helena, mãe do Imperador Constantino, o mesmo que cristianizou o Império Romano no século IV. Santa Helena também foi a responsável pela chegada das várias relíquias vindas de Jerusalém e que hoje estão espalhadas por Roma, entre elas este fragmento que hoje pertence ao acervo dos franciscanos.

De acordo com o Frei Alvaci Mendes da Luz, OFM, Reitor do Santuário São Francisco, trata-se de uma oportunidade única de se aproximar de um tesouro histórico e de grande importância para os fiéis. “Sabemos da importância e da força espiritual de podermos ver, tocar e venerar o que sobrou do corpo terreno desses homens e mulheres que nos antecederam no seguimento de Jesus e que nos ensinam a fazê-lo de maneira mais intensa”, afirmou o religioso.

Aberta ao público e gratuita, a exposição ‘Relíquias Franciscanas’ poderá ser visitada até hoje, dia 15 de novembro,  das 9h às 16h. O Convento e Santuário São Francisco estão localizados na capital paulista, no Largo São Francisco, 133, Sé.

outubro 16, 2018

Como funciona o trem que vai do centro de São Paulo ao Aeroporto de Guarulhos

O serviço começou a operar no dia 16 de outubro de 2018 e custa R$ 8,00

Fonte: O Estado de S.Paulo

16 Outubro 2018 | 03h00

Como funciona o trem que vai do centro ao Aeroporto de GuarulhosComposição fará trajeto em 35 minutos Foto: Gabriela Biló/Estadão

O serviço de trem que liga a Estação da Luz, no centro de São Paulo, ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, começou a operar nesta terça-feira, 16 de outubro. O serviço havia sido prometido para agosto. Entenda como funcionará.

Qual é o preço?

Segundo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o bilhete do Airport Express vai custar R$ 8 e o embarque e o desembarque serão realizados em plataformas exclusivas.

Quando vai operar?

A composição vai funcionar de segunda a sexta-feira. Segundo a CPTM, o primeiro trem vai partir às 10 horas da Estação da Luz e não fará nenhuma parada durante a viagem. Lá, também haverá trens às 12, 14, 16 e 22 horas. Por sua vez, as composições na Estação Aeroporto-Guarulhos saem às 9, 11, 13, 15 e 21 horas.

Qual a duração do trajeto?

O trem cumprirá o trajeto em 35 minutos, sem fazer paradas. A composição chegará até a Estação Aeroporto-Guarulhos, da Linha 13-Jade, que dá acesso ao Terminal 1 de Cumbica, onde operam as empresas aéreas Azul e Passaredo. Já para chegar aos outros terminais é preciso pegar um ônibus gratuito, oferecido pela GRU-Airport, concessionária responsável pelo aeroporto.

Outro serviço

Outro serviço, o Connect, funciona desde o dia 3 de outubro e liga a Estação Brás a Cumbica. O trem, no entanto, para nas estações e a tarifa é comum, de R$ 4. No sentido Brás, as viagens do Connect são feitas, de segunda a sexta, às 6h20, 7h, 7h40, 18h, 18h40 e 19h20. Aos sábados, o trem sai às 6h20, 7h e 7h40. No sentido aeroporto, os horários são 6h25, 7h05, 7h45, 18h05, 18h45 e 19h25, de segunda a sexta; e 6h25, 7h05 e 7h45, aos sábados. O serviço não funciona aos domingos.

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

O ato de comer alimentos saudáveis envolve fornecer ao corpo as substâncias essenciais que precisamos para viver bem. O conjunto de alimentos que comemos deve atender as nossas necessidades diárias recomendadas e fornecer os componentes promotores de saúde para aumentar a expectativa e qualidade de vida. Desfrute de uma refeição saudável e elaborada com qualidade.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Isso é coisa de Lilly

http://twitter.com/coisadelilly

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: