A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

janeiro 22, 2017

São Paulo, 463 anos: não sou conduzido, conduzo!

O dia do aniversário de São Paulo é comemorado em 25 de Janeiro, data em que foi celebrada a primeira missa no então planalto de Piratininga, terra escolhida pelos padres jesuítas José de Anchieta e Manoel da Nobrega para iniciar o processo de catequização dos índios.

Em 1553, José de Anchieta e Manoel da Nobrega estavam em busca de um local seguro para a construção de um Colégio de Jesuítas, e saíram do litoral rumo ao interior, onde encontraram o planalto de Piratininga, que reunia as condições necessárias, e tinha um clima parecido com alguns lugares da Europa, como a Espanha.

Quando terminaram a construção do Colégio foi celebrada uma missa em 25 de Janeiro de 1554, mesmo dia em que se celebra na tradição católica a conversão do apóstolo Paulo ao cristianismo, para marcar o início daquela fase de catequização, a data que seria escolhida posteriormente como o aniversário da cidade, que passaria a ser chamada de São Paulo em razão daquela tradição.

Apesar de a data ser considerada como a fundação de São Paulo, o planalto de Piratininga somente foi reconhecido como a Cidade de São Paulo 157 anos depois com o reconhecimento do Rei de Portugal.

(more…)

novembro 20, 2016

Giacomo Puccini e sua Tosca – para mim, ele é pop!

Sim eu aprecio muito a música clássica. Apesar de não ter um profundo conhecimento sobre a mesma, gosto imensamente. Enquanto meus amigos ouviam Rock eu já gostava de ouvir Mozart,  Frederic Choppin, Beethoven, J. S. Bach e outros famosos compositores deste gênero de música. Todos os anos na noite de Natal na minha paróquia ouvia Messias Hallelujan de G. F. Handel. E me emocionava!

Eu adoro música, sou bem versátil. Tenho o certo dia para o tipo de música. Tem dias que posso escutar bossa nova o dia todo. Outro dia Frank Sinatra, Nat King Cole, Celine Dion, Barbara Streisand, Rod Stewart,  Tony Bennett, Neil Diamond, Dionne Warwick, Elvis, Elton John, etc, etc..

Também aprecio chorinho, samba enredo ,bolero e tango. Quando toca uma música eu logo digo: adoro esta música. Qual música que realmente não gosto? Rapp e funk!

Bem já escrevi bastante sobre o assunto por aqui, mas é sempre  o que acontece quando escrevo sobre algum assunto apaixonante. Boa música é uma coisa de Deus!

Adoro as óperas e suas árias, principalmente trechos de La Boheme, Madame Buterfly, Tosca (deu para perceber que gosto de Puccini e que ele é um de meus preferidos, não é?). Mas, como música, nada se compara ao intermezzo de Cavalleria rusticana (ouça e me diga se não é verdade). Porém, adoro também as óperas de Mozart.

Voltando ao Giacomo Puccini, li o trecho que segue abaixo no site Sobretudo, música  e o transcrevo.

Sentimentos poderosos como o amor e seu oposto, o ódio, e uma variante desses dois elementos – o ciúme –, fazem parte do enredo de Tosca, uma das óperas mais conhecidas de Giacomo Puccini. Ah, e o poder personificado no mal. Você conhece esse enredo, não? Pensando bem, faz parte da vida cotidiana.

Nas óperas, na literatura e em alguns casos da vida real, esses elementos se apresentam potencializados; essa é a diferença. Quem sabe, críticas em relação a determinado esquematismo dos “librettos” ou aos roteiros dos musicais, sejam injustos: se na ficção alguma coisa parece exagerada, pensando bem, a realidade é mais tudo e mais alguma coisa em sua crueza; a mulher traída mutila seu par, o traficante deixa expostas cabeças cortadas de suas vítimas para servirem de exemplo, o vizinho estupra e mata o amigo em guerras. (more…)

setembro 29, 2016

XV de Piracicaba e seu hino caipira

Não sou muito ligado em futebol, mas em Rio Claro, minha cidade natal, gostava muito de assistir ao derby rio-clarense. Era um clássico, com guerra entre as torcidas do Velo Clube Rio-clarense – conhecido como Rubro Verde (meu time de coração por lá!) e o Rio Claro Futebol Clube, conhecido como Galo Azul ou Azulão. Outro jogo bem concorrido era quando um desses dois times jogava com o XV de Piracicaba.

xv

O XV é um dos clubes mais conhecidos do futebol do interior paulista. Fundado em 1913, e igual aos times da região, nunca foi uma equipe de títulos expressivos. Mas é um time conhecido por sua simpatia entre todos. Porém há sempre quem tente ofuscar o grande “Nhô Quim” (Sinhô Quinze), confundindo os fãs e torcedores com o mesmo nome. (more…)

outubro 21, 2015

De volta para o futuro 2 – hoje é o dia em que passado, presente e futuro vão colidir

Hoje é o dia em que passado, presente e futuro vão colidir. É o dia em que Marty McFly aterrissou no futuro 2015 para salvar Marty Jr., seu filho ainda não nascido, em De volta para o futuro II (1989). Além disso, em 2015 se comemora o 30o aniversário do primeiro filme da saga criada por Robert Zemeckis.

No ano de 2015 imaginado por Robert Zemeckis, os carros e os skates voavam. Ainda havia aparelhos de fax, mas os cadarços de tênis se amarravam sozinhos e se bebia Pepsi Perfect, que a empresa lança agora para o aniversário do filme.

Quando Zemeckis rodou De volta para o futuro II em 1989, realmente imaginou que as telas invadiriam nossas vidas, que as televisões seriam planas, que haveria videoconferências e que o 3D estaria em toda parte. E ele diz não entender o mau uso que se faz hoje da tecnologia como isca para a audiência. (more…)

abril 17, 2015

Quais são as coisas que te fazem feliz?

“Tem dias que a gente se sente, como quem partiu ou morreu…” ou então acordamos cansados, desanimados, não é?

Mas, para você não se sentir assim, acesse o #100happydays – que é um projeto que incentiva as pessoas a enviar uma foto das coisas que as fazem felizes, durante 100 dias. Então, que tal participar? Veja no site como funciona o projeto e envie as suas fotos também. Não deixe o desânimo e o cansaço tomarem conta do seu dia. Pense bem! Sempre temos muitos motivos para sorrir, não é?

Acesse o site http://www.100happydays.com/pt/

1

2 3 4

fevereiro 5, 2015

A música como protagonista de sentimentos

Catástrofes, perdas, mortes, alegrias, tudo isso nos deixa confusos. O que temos de mais básico se perde ou se mistura a sentimentos confusos. Nesses momentos falamos demais ou não falamos nada, e buscamos explicações estranhas que não cabem no mais evidente, que não funcionam na luz e que muitas vezes se escondem numa escuridão inexplicável e tumultuada.

E são nesses momentos que muitas vezes uma música passa ser a nossa trilha sonora. E tem a música que pega a gente na madrugada, quando não conseguimos dormir. Ou em qualquer hora do dia. Aquela que te vê desprevenido, chega e causa um sentimento indefinível. São os hits perfeitos tocando na rádio durante a madrugada ou em CD rodando no aparelho de som. Música romântica ou qualquer outra que te faça lembrar de alguém ou de algum lugar. Garanto que todo mundo tem a sua.

Muitas vezes coloco a música como protagonista – e fico de fundo, só no deleite… Esparramado na rede ou no sofá, ou fazendo uma faxina no apartamento. Sim, tem música boa para fazer faxina. Para mim, são as músicas bregas! E penso que a música pode dar respostas e cobrir ausências. Essa é uma tática para inverter a prática de usar a música para passar o tempo e para complementar algo mais importante.

A importância ou fuga passa a ter nome, duração, compositor e intérprete. Usar a música para certas ocasiões é ter um interlocutor que fala bonito, que modula, que faz a gente chorar, ou sair pulando ou gritar. Música para descobrir todo dia e receber com admiração, desprezo, surpresa… Música para falar mal, lembrar, esquecer e ignorar algo ruim na vida.

Escrever sobre, descrever a música é um pecado – ela necessita estar em corpo presente. Uma música pode nos tornar um ser de outro planeta, excêntrico, isolado – é assim que muita gente nos vê/sente por gostar de coisas estranhas, obscuras e passar a imagem de elitista.

Mas em algum momento, naquele dia bacana, você encontra alguém que gosta de uma música que sempre achou que só você e o compositor que a compôs e/ou gravou gostavam. E acontece uma afinidade eletiva. Música é pano de fundo, e tal qual o pano pode cobrir a cena e dar a cor que ela merece.

E claro, não dá para falar de música sem ouvir… A música abaixo foi o pano de fundo do meu domingo… Na hora do almoço. Na cozinha, preparando a comida e junto com a pessoa que mais amo.

Da missa Requiem de Mozart – Lacrimosa – Karl Böhm  e a Sinfônica de Viena

janeiro 14, 2015

Paris não é para quem pode, é para quem merece.

Quem é que já não teve vontade de conhecer Paris? Ela é a cidade do amor, onde as mais belas obras de arte estão em cada rua, em cada esquina, em cada ponte sobre o rio Sena, onde os deliciosos cafés e boulangeries nos deixam em dúvida o que escolher…  enfim, todos os clichês são válidos quando se fala em Paris. Tudo o que você possa imaginar sobre a cidade é superado em uma visita à capital francesa.

Clique na imagem abaixo e veja Paris em 360º!

paris panoramica Dicas para curtir Paris com economia

Mas, onde ficar? Como sabem, minhas viagens são todas muito econômicas. E Paris definitivamente não é uma cidade barata! Assim, o ideal mesmo é não ficar muito longe do Rio Sena. Os bairros mais práticos são MaraisChâtelet-Les Halles e Palais Royale, na Rive Droite (a margem direita do Sena) e St-Germain e Quartier Latin, na Rive Gauche (a margem esquerda do Sena). São perto de tudo e animados, com muitos locais onde se pode comer sem gastar demais. Mas, se quiser ainda mais economia com a comida, o ideal é entrar em um supermercado, comprar uma deliciosa baguete, queijo (são mais de trezentos de tipos, um mais delicioso que o outro) ou outro acompanhamento que lhe convier, uma garrafa de vinho, ou champagne, ou suco, sentar em algum lugar público para comer e ficar apreciando a bela paisagem! (more…)

janeiro 8, 2015

Elvis Presley morreu?

Muitos acreditam que não! Ele nasceu há 80 anos, e segundo muitos de seus fãs nunca morreu. Muitas teorias sobre sua morte já foram inventadas. 

Hoje, dia 08 de janeiro de 2015, Elvis Presley completaria hoje 80 anos e como forma de marcar a data foi lançado um novo site e anunciados diversos eventos que ocorrerão ao longo de todo o ano, incluindo reedições da sua discografia.

elvis

Elvis, o rei do rock.

Já está disponível no iTunesThe Complete ’60s Albums Collection Vol. 1 , que reúne discos que o “rei do rock” lançou na primeira metade da década de 60, remasterizados digitalmente, entre os quais estão Elvis is Back , G.I. Blues , Blue Hawaii , Fun in Acapulco ou Girl Happy .

Também foi lançado um novo site, ElvisTheMusic.com , que inclui uma exaustiva base de dados sobre o artista. Em Graceland, propriedade oficial de Presley, hoje acontecerá uma celebração especial que contará com a presença de Priscilla Presley, ex-mulher do artista.  (more…)

outubro 13, 2014

A lista – Oswaldo Montenegro

“…Quantas canções que você não cantava/Hoje assobia pra sobreviver?”

Profunda e verdadeira frase de uma música maravilhosa, escrita e cantada por Oswaldo Montenegro…

Dizem que as músicas, com o passar dos anos, contam nossa história em suas entrelinhas. Será mesmo?

Muitas vezes penso nisso e em outras tantas eu penso que sim – as músicas contam a nossa história!! Muitas contam coisas de minha vida em parte da letra ou simplesmente de uma frase, ou então, lembram momentos que passei – momentos alegres, tristes, coisas simples, do dia-a-dia.

Essa, abaixo, marcou muito a minha vida!

 

A LISTA – OSWALDO MONTENEGRO

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais…
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar…
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?

julho 13, 2014

Ballet Don Quijote, com um pedido de casamento que foi ovacionado pelo público

Matías Mauro pediu Mariela Ragessi em casamento ao final da função do dia de ontem, no Teatro El Libertador, em Córdoba, o que levou o público a ovacioná-los com aplausos e emoção. 

ARCHI_225614

atías Mauro pediu Mariela Ragessi em casamento

A última função do ballet Don Quijote no dia de ontem na cidade de Córdoba foi  inesquecível. Em primeiro lugar porque o Ballet Oficial da Província de Córdoba esteve espetacular – professores, bailarinos e técnicos levaram para a cena esta peça do repertório clássico de forma magnífica e também porque em todas as cinco funções o El Libertador esteve lotado. O Corpo Oficial de Bailado apresentou a peça baseada no segundo capítulo da emblemática novela de Miguel de Cervantes, com música de Ludwig Minkus. (more…)

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: