A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

setembro 10, 2021

Jardim Chervezon, em Rio Claro/SP

O “Grande Cervezão” é um complexo formado por mais de uma dezena de bairros, surgidos quase todos de loteamentos clandestinos. Dentre eles, destaca-se o Jardim Chervezon, um bairro que pode ser visto como uma outra cidade, cheia de histórias e controvérsias.

A criação do Distrito Industrial no setor Norte de Rio Claro, em 1970, favoreceu o surgimento de novos loteamentos nas proximidades, forçando uma expansão territorial urbana.

No dia 7 de Janeiro daquele ano, Santo Oliva Chervezon requereu, junto à Divisão de Protocolo e Arquivo da Prefeitura Municipal, o loteamento de uma área de 274.390 metros quadrados, que fazia divisa com a FEPASA, com os loteamentos Parque das Indústrias e Jardim Independência, bem como com terras dos Irmãos Brescansin e de Sílvio Hilsdorf e Filhos. Essa área de terreno era denominada “Chácara Potreiro”; e, nela, seria implantado um futuro bairro: o Jardim Chervezon.

O projeto contava com 35 quadras, 10 áreas institucionais e 5 sistemas de lazer. O acesso se daria pelas ruas 6 (antiga estrada de acesso a Brotas) e M-4 e pela avenida M-21.

O requerimento foi recusado com base nas considerações do Departamento de Engenharia, que dizia que a área compunha-se por terrenos baixos para onde escoavam as águas pluviais e alguns córregos da região Norte de Rio Claro. Eram, portanto, terrenos alagadiços, a princípio impróprios para que ali se assentassem edificações. Afim de se tornarem adequados à utilização urbana, teriam que passar por uma ampla drenagem.

(more…)

maio 16, 2021

Prefeitura lança Manual Ilustrado do Centro Histórico de São Paulo

Cartilha ilustrada traz dicas e orientações para que proprietários e locatários de 380 imóveis no perímetro do Triângulo Histórico recuperem as suas fachadas e tornem a arquitetura dessa região ainda mais valorizada.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) e a São Paulo Urbanismo, acaba de publicar o “Manual Centro Histórico – Manutenção, Conservação, Reforma, Restauro”. O objetivo é sensibilizar a população quanto à importância da paisagem urbana, orientando as ações individuais e coletivas que possam ajudar a manter e preservar a cidade. Confira aqui a publicação.

Mapa do Centro Histórico de São Paulo

O caderno tem como área de estudo o Triângulo Histórico, recorte especial do Centro formado pelas ruas Benjamin Constant, Boa Vista e Líbero Badaró, com área de aproximadamente 185 mil m² e por onde circulam diariamente 600 mil pessoas. A ideia do Manual é incentivar e orientar os proprietários e locatórios dos 380 imóveis contidos nesse perímetro para que mantenham ou promovam as devidas intervenções nas suas fachadas a fim de realçar a beleza da arquitetura de São Paulo.

Cabe destacar que no perímetro do projeto todos os imóveis são tombados ou encontram-se em áreas envoltórias de tombamento. A cartilha foi elaborada de forma ilustrada, a fim de facilitar e ampliar o acesso à informação quanto às normas legais para esses bens, além de prestar orientações sobre a inserção de elementos na paisagem tendo em vista a valorização, reforma e preservação do imóvel.

(more…)

abril 23, 2020

Inovação na Administração Pública

Filed under: Atualidades,Brasil,Educação,São Paulo,Uncategorized — Augusto Jeronimo Martini @ 15:03
Tags: , , ,

Daniel Laporta, assessor técnico do Centro de Conhecimento, Pesquisa e Inovação da Escola de Governo do Estado de São Paulo (Egesp), concedeu uma entrevista sobre a inovação na administração pública para o programa Alesp Conecta. 

Laporta explicou para a apresentadora July Stanzioni qual o trabalho do Centro de Conhecimento, Pesquisa e Inovação da Egesp: “Busca trazer boas práticas, conhecimentos, coisas que estão dispersas, seja em outros governos ou no próprio governo do Estado de São Paulo, fazendo uma gestão disso, organizando esse conhecimento para depois difundir entre os servidores”, explicou.

O servidor destacou que inovar é pensar em algo diferente. Não necessariamente algo grandioso, não necessariamente trazer grandes tecnologias. Mas, por exemplo, melhorar a forma como é realizado o atendimento ao cidadão.

“Repensar como é o atendimento ao cidadão, entender suas dores e se conectar com ele são pequenos detalhes que fazem a diferença. Nada adianta investir em tecnologias palpáveis de última geração se não entendermos o que o cidadão está sentindo ou se aquilo vai efetivamente trazer melhorias para a experiência dele com o setor público”, ressaltou.

(more…)

março 26, 2020

O centro de São Paulo e o coronavírus

Filed under: amor,Atualidades,Brasil,São Paulo,Uncategorized — Augusto Jeronimo Martini @ 16:16
Tags: , , ,

Moro na Avenida Vieira de Carvalho há 12 anos, em pleno centro histórico de São Paulo, e poucas vezes há vi tão limpa e vazia. Parabéns aos coletores e varredores de ruas e avenidas. Estão fazendo um trabalho exemplar.

Estou em quarentena há alguns dias. Trabalho desde casa e esporadicamente vou até as janelas ver o movimento da rua. Hoje, do lado de fora, tudo parece estar mais bonito. Sol, luz, rua limpa, manjericão florindo, antúrios recebendo a luz solar.

Mas, no meio do boulevard, o índio vigia, pois o inimigo invisível está à espreita. Fora #Covid19, fora #coronavírus!

janeiro 23, 2020

Prefeitura de São Paulo inicia projeto-piloto de visitação aos parques naturais

Serão 05 unidades de conservação, sendo quatro na zona sul e uma na zona leste. São elas: o Parque Natural Municipal Itaim, Parque Natural Municipal Bororé, Parque Natural Municipal Jaceguava, Parque Natural Municipal Varginha, na zona sul, e o Parque Natural Municipal Fazenda do Carmo, na zona leste. São áreas gigantescas – o tamanho do Parque Natural Municipal Itaim equivale a quase 500 campos de futebol, e as cinco unidades juntas somam mais de 2 mil hectares!


A Divisão de Gestão das Unidades de Conservação (DGUC) da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) iniciará em janeiro de 2020 um projeto inédito de visitação piloto aos Parques Naturais Municipais (PMNs), até então visitados exclusivamente mediante agendamento prévio. A atividade terá início no dia 14 de janeiro, com o PNM Itaim, contemplando quatro PNM da região sul. No dia 4 de fevereiro, entra na agenda o PNM Fazenda do Carmo, na zona leste, com visita sempre às terças-feiras.

O objetivo é oferecer à população a possibilidade de visitar áreas com a presença de remanescentes de Mata Atlântica, realizando trilhas e participando de outras atividades educativas voltadas à sensibilização para a conservação da biodiversidade. O projeto contempla quatro parques naturais em janeiro (Itaim, Jaceguava, Varginha e Bororé) e mais um em fevereiro (Fazenda do Carmo), sempre prevendo um dia da semana para cada espaço.

Piloto
A primeira visita monitorada está prevista para o dia 14 de janeiro, uma terça-feira, às 10h, no PNM Itaim, região sul de São Paulo – cada parque terá seu dia fixo de visitação, conforme a agenda/quadro abaixo. Para surpreender o visitante, em cada um deles foi implantada uma trilha, de acordo com suas características físicas, capacidade (número de visitantes simultâneos) e grau de dificuldade. Técnicos do Herbário Municipal e da Divisão da Fauna Silvestre contribuíram para identificar a vegetação e os animais que podem ser avistados ao longo das trilhas, definindo assim seus atrativos. Como a visita será monitorada, as informações complementares serão fornecidas ao longo da caminhada.

Mas as atrações vão além do que os olhos podem definir. Em números, os Parques Naturais Municipais da zona sul possuem mais de 1500ha de remanescentes de Mata Atlântica. Os parques atualmente contam com gestores e equipes terceirizadas de manejo e vigilância. 

(more…)

janeiro 14, 2020

13 prédios icônicos do Centro de São Paulo para você visitar

Sabe aquele dia que você quer passear, mas não quer gastar muito?

E se a gente te contar que pode visitar diversos prédios históricos da capital, chegar de metrô e andar entre um e outro a pé, em caminhadas de poucos minutos. Vários desses prédios abrigam hoje centros culturais, com programação de excelente qualidade, muitas vezes de graça ou pagando muito pouco. E em alguns deles você ainda pode ter vistas incríveis da cidade. Dá uma olhada nas nossas opções para aproveitar o que o Centro de São Paulo tem de melhor. E anote as dicas de transporte para se locomover sem estresse.

1. CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil

Bem no coração da história de São Paulo, fica este belíssimo edifício de 1901 com mais de quatro mil metros quadrados e quatro andares. O espaço abriga shows, teatro, exposições, cinema e outras manifestações artísticas. Sempre tem alguma programação rolando e as exposições são sempre excelentes – e gratuitas. No andar térreo há um café aconchegante e uma loja com artigos culturais, e no terceiro andar um restaurante.

CCBB Centro SP

Rua Álvares Penteado, 112
De quarta a segunda, das 9h às 21h
Terças é fechado
Telefone: (11) 3113 3651

COMO CHEGAR: Desça na estação Sé do metrô (linha vermelha) e ande em direção à Rua Quinze de Novembro, depois vire à esquerda na Rua da Quitanda.

2. Farol Santander

O prédio mais alto do país está de cara nova! Inaugurado no aniversário de São Paulo de 2018, o edifício de 35 andares hoje oferece exposições temporárias de arte contemporânea e uma instalação contando a história do prédio e da cidade. Tem ainda uma pista de skate e um café no mirante, com vista para a cidade. É preciso comprar ingresso pela internet, por este link.

Farol Santander Centro SP

R. João Brícola, 24
De terça a sábado, das 9h às 20h
Domingo das 9h às 19h
Segunda é fechado
Telefone: (11) 3553-5627

COMO CHEGAR: Desça na estação São Bento do metrô (linha azul), ande na direção da Rua Boa Vista e chegue a Rua João Brícola.

3. Bolsa de Valores

O coração financeiro de São Paulo está aberto ao público e dá a oportunidade para que você conheça como funciona um mercado de ações. Além da imponência do prédio, é possível fazer uma visita guiada e entender como funciona o mercado de ações de uma das maiores bolsas do mundo.

Bolsa de Valores Centro SP

R. Quinze de Novembro, 275
Segunda a sexta, das 9h às 17h
Sábados e domingos é fechado
Telefone: (11) 2565-4000

COMO CHEGAR: Desça na estação São Bento do metrô (linha azul), ande na direção da Rua João Brícola. Agora é só ir em direção a Rua Quinze de Novembro.

(more…)

novembro 28, 2019

50 coisas que você tem que fazer em São Paulo pelo menos uma vez na vida

Fonte: Guia da Semana – https://www.guiadasemana.com.br/

Quem mora em São Paulo (ou conhece bem a cidade) sabe que existem programas quase que obrigatórios. Não por serem badalados ou algo do tipo, mas pelo fato de que oferecem diferentes pedacinhos do melhor da capital.

Pensando nisso, o Guia da Semana listou 50 coisas que você tem que fazer em SP pelo menos uma vez na vida. Confira:

* Vale lembrar que diante da imensidão de nossa cidade, existem muitos outros lugares e programas incríveis que não estão na lista. Esta é apenas uma das muitas possibilidades de seleção. Caso você ache que algum local deveria estar na matéria, sugira nos comentários.

FAZER UMAS COMPRINHAS NA 25 DE MARÇO

Faça chuva ou faça sol, a Rua 25 de Março está sempre lotada. Tradicional quando o assunto é compra barata, o local, que oferece artigos decorativos, passando por bijuterias, calçados, óculos, roupas, tecidos, utensílios domésticos, guarda-chuvas, equipamentos eletrônicos e muitas bugigangas.

TOMAR UMA CERVEJA NO TRADICIONAL BAR BRAHMA CENTRO

Bar Brahma do Centro era reduto de intelectuais, músicos e políticos nas décadas de 50 e 60. O bar foi resgatado em 2001 pelos empresários Álvaro Aoas e Luis Marcelo, e hoje aposta temporadas fixas de nomes da velha-guarda do samba ou MPB em seu salão principal.

São cerca de 1500 apresentações por ano. Entre elas, destaque para artistas como Cauby Peixoto, Demônios da Garoa, Mariana Belém e Elza Soares. Para beber, escolha entre as boas caipirinhas e o chopp Brahma.

AZER UM HAPPY HOUR EM UM DOS BARES DA AUGUSTA E ESTICAR PARA BALADA

A região da rua Augusta sempre teve e sempre terá uma das noites mais vivas da cidade de São Paulo. Seus bares e casas noturnas recebem gente de todos os estilos e é abrigo para qualquer um que queira curtir as melhores baladas e bons momentos no happy hour.

Sugestões: Caos, Ibotirama, Igrejinha, Violeta Bar, Bar Augusta 472, Exquisito, Tex, The Pub, Dona Teresa…

(more…)

novembro 27, 2019

A poliglota da praça

Moro e trabalho no centro histórico de São Paulo. São 25 minutos de caminhada até a Escola de Governo e outros 25 minutos na volta pra casa, na avenida Vieira de Carvalho. Caminhada que faço com o maior prazer, todos os dias, apesar do cheiro e da sujeira que imperam na “SP.megalópole”.

Quase obrigatoriamente “me obrigo” a passar pela Praça da Sé. Para observar a rotina da cidade, os passantes e, principalmente, os moradores de rua.

Cercado de tanta gente, uma pessoa em especial sempre chamou a minha atenção. A mulher da foto atrai minha atenção e desperta minha curiosidade. Dela gostaria de ter maiores informações. [Por isso, caro leitor, se souber algo sobre ela, registre no espaço de comentários, após o texto. Agradeço!]

Ela está quase sempre por lá, em qualquer horário do dia. Sentada ou deitada aos pés desta frondosa árvore que você vê na foto, quase na “boca” da entrada principal da estação Sé do metrô, vizinha do posto da guarda municipal.

(more…)

novembro 21, 2019

As 50 comidas e bebidas mais lembradas de Sampa

As 50 comidas e bebidas mais lembradas de SAMPA foram reunidas em uma lista. Quantas delas você já experimentou?

Veja e faça seu ranking!
1 — Feijoada — do Sujinho, na Consolação
2 — Pastel com Caldo de Cana — da Barraca do Zé, na Feira do Pacaembu
3 — Sanduíche de Pernil — do Bar Estadão, Viaduto Nove de Julho
4 — Bauru — do Ponto Chic, no Largo do Paiçandu
5 — Disco de Fraldinha — do Lambe-Lambe, em Higienópolis
6 — Pão de Queijo com Carne de Panela — da Venda Baianeira, na Barra Funda
7 — Picadinho — do Bar da Dona Onça, na Avenida Ipiranga
8 — Coxinha — do Veloso, na Vila Mariana
9 — Croissant de Chocolate — da Benjamin, em Higienópolis
10 — Virado à Paulista — do Bar do Vardemá, na Mooca
11 — Dadinho de Tapioca — do Mocotó, na Vila Medeiros
12 — Talharim à Corano — da Cantina Piolin, na Rua Augusta
13 — Sanduíche de Mortadela com Pão — do Mercado Municipal
14 — Esfiha de Carne — da Esfiha Juventus, na Mooca
15 — Batida de Maracujá com Limão — do Cu do Padre, em Pinheiros
16 — Hambúrguer — do Seu Oswaldo, no Ipiranga
17 — Mousse de Chocolate — do L’Entrecôte d’Olivier, na Avenida Lorena
18 — Espaguete à Carbonara — da Famiglia Mancini, na Rua Avanhandava
19 — Penne do Bruno — da Cantina C… Que Sabe!, no Bixiga

(more…)

outubro 22, 2019

Mapa digital da cidade de São Paulo

Fonte: https://www.archdaily.com.br

Com mais de 1,3 milhão de acessos no ano passado, a plataforma GeoSampa, mapa digital em formato aberto da cidade de São Paulo, tem ampliado seu alcance desde que foi criado em 2016. O resultado demonstra que o portal permanece como referência em dados geoespaciais de São Paulo, fortalecendo, assim, a transparência do poder público – uma das diretrizes do Plano Diretor Estratégico.

Nesta edição, o SPlica te ajuda a usar o Geosampa, mapa digital em formato aberto da cidade de São Paulo. É possível encontrar na plataforma, dados sobre equipamentos públicos, fiscais, geolocalização, trânsito, patrimônio cultural e muito mais sem sair de casa

Um dos motivos para esse sucesso é o conteúdo disponibilizado e constantemente atualizado pelas secretarias responsáveis, entre elas Saúde, Habitação, Assistência Social, Educação, Transportes, Cultura, Verde, Segurança Urbana, Fazenda, Esporte e Urbanismo. A praticidade proporcionada pela plataforma é outro diferencial, visto que o munícipe pode encontrar dados sobre um equipamento público, dados fiscais ou zoneamento sem sair de casa. Pode-se destacar ainda o canal de atendimento ao munícipe oferecido pela equipe do GeoSampa, acessível pelo próprio site.

(more…)
Próxima Página »

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: