A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

outubro 3, 2017

Veganos no Centro de São Paulo!

Os leitores frequentes desse blog sabem que moro no centro de São Paulo e que por ele tenho uma relação de amor e ódio (muito mais amor que ódio, convenhamos). Na semana passada uma amiga me apresentou a  startup  A Vida no Centro – um hub de inovação, lançado por Denize Bacoccina e Clayton Melo. Nele está sempre em foco a cultura e experiências sobre o centro de São Paulo. Segundo os idealizadores, o projeto tem como propósito ser um instrumento que, por meio de diferentes ações, ajude a melhorar a vida na região central da Metrópole e, assim, contribua para tornar São Paulo uma cidade mais aberta, sustentável e inovadora. A empresa atua por meio de diferentes ferramentas e serviços, como plataforma digital, curadoria de tendências e comportamento e experiências, como eventos temáticos ou outros projetos de marketing customizados para empresas.

Tenho muitos amigos veganos. Ontem, zapeando pelo site, encontrei um post muito bacana sobre os restaurantes veganos aqui do centrão. Escrevi pedindo autorização para colocar no blog e a Denize gentilmente liberou. Segue abaixo.

Assinem a newsletter  e fiquem por dentro de todas as iniciativas divulgadas por eles. Ou sigam no Facebook.

Vegano no centro de São Paulo? Veja aqui boas opções de bares e restaurantes
Procurando um lugar para almoçar ou jantar no centro de São Paulo? Fomos conferir e indicamos várias boas opções de restaurantes e bares veganos na região. Veja nossas dicas.

É possível ser vegano sem abrir mão de uma vida social, frequentar bares e restaurantes com a família ou amigos? Há alguns anos, talvez fosse difícil combinar na mesma frase veganismo e vida social. Muitas vezes era preciso levar comida de casa para o almoço ou ficar sabatinando o garçom e contar com a boa vontade do cozinheiro para ter certeza de que nenhum produto de origem animal seria de fato usado no prato.

Esse cenário mudou bastante nos últimos anos em São Paulo e hoje já é possível comer fora ou sair com os amigos sem ter que abrir mão da alimentação escolhida. Ainda é mais fácil encontrar restaurantes vegetarianos do que veganos, já que muitos restaurantes que não têm carne usam ovos e leite nos preparos. Mas já existem boas opções de veganos. Fomos conferir e indicamos aqui algumas boas opções no centro de São Paulo.

Subte Vegan, no mezanino da Galeria Boulevar do Centro

Subte Vegan, no mezanino da Galeria Boulevar do Centro

Subte Vegan

É um lugar relativamente novo neste endereço e faz parte do processo de reocupação do centro por uma moçada interessada em transformar a região em um lugar cada vez mais interessante. Fica instalada no mezanino de uma galeria que ainda não passou por um banho de loja e assusta à primeira vista. Mas não deixe de subir as escadas e caminhar até o restaurante. Lá dentro, o clima é outro. Comida maravilhosa (a feijoada vegana é a melhor que já provamos, com legumes reconhecíveis dentro do molho escuro e não imitações de salsichas), atendimento simpático e um clima acolhedor, com trilha sonora de primeira na vitrola. Tem feito bastante sucesso e em alguns dias tem fila para conseguir mesa. Os preços são muito camaradas. E as sobremesas também são excelentes. Promove happy hour com música alguns dias. Fique de olho na programação no Facebook.

(more…)

Anúncios

julho 25, 2017

O abate do porco

O olfato e a memória gustativa é algo fantástico. Nos remetem a lembranças do passado  que ficam guardadas com carinho no cantinho da memória.  Quem não lembra do cheiro da comida da avó, dos pães que a mãe enrolava e assava no forno, do suave aroma que vinha das panelas que ficavam sobre a chapa do fogão a lenha?

Nem precisamos provar novamente a comida. Basta lembrar para entrarmos novamente na cena que esteve tão presente em algum momento da vida. São receitas antigas, como o pão, a macarronada, o bolo de fubá, o bolinho de chuva, a linguiça caseira…

porco

Imagem: listenandlearn.com.br

Lembro muito bem das brincadeiras de infância no sítio de meu avô e com os amigos de minha rua. Mas também estão muito presentes as situações ligadas à comida. Algumas dessas últimas não tão agradáveis…

Tínhamos um quintal grande na casa popular recém-construída no bairro Vila Nova, em Rio Claro/SP, levantada com o financiamento da Caixa Econômica Federal. Era uma casa simples, de dois quartos, sala, cozinha e banheiro, com cômodos bem pequenos, mas, como dizia meu pai “um dia será nosso”. E, nesse quintal tínhamos nossa horta e um pequeno pomar, quase sempre galinhas e um porco, criado em chiqueiro. (more…)

junho 17, 2016

Cartilha dos Alimentos Orgânicos

Os adeptos dos alimentos orgânicos devem saber que o Ziraldo escreveu uma cartilha sobre o assunto que tem o propósito de abrir os olhos do consumidor. Não só isso! O intuito também é o de promover o desenvolvimento sustentável e a competitividade do agronegócio em benefício da sociedade brasileira.

cartilha ziraldo

Produzida em 2009, com uma tiragem de 620.000 exemplares e com o patrocínio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,  a primeira tiragem rapidamente se esgotou e não houve uma outra.

Mas, se você clicar no link a seguir poderá baixá-la em PDF. cartilha_organicos

É uma excelente leitura para o consumidor desses produtos.

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: