A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 30, 2013

Florença e sua magnífica catedral – Il Doumo!

O Duomo de Florença, como o vemos hoje, é o resultado de um trabalho que se estendeu por seis séculos. E é uma das visões mais bonitas que meus olhos já viram. Foi construído sobre as ruínas da Catedral de Santa Reparata, que funcionou durante nove séculos até ser demolida completamente em 1375 e, inicialmente projetado por Arnolfo di Cambio. Entretanto, sua principal característica – a gigantesca cúpula – foi projetada por Filippo Brunelleschi depois deste ter vencido um concurso de desenho, onde concorreu com outros artistas florentinos e arquitetos, incluindo Lorenzo Ghiberti. A fachada teve de esperar até o século XIX para ser concluída. Ao longo deste tempo, várias intervenções estruturais e decorativas no exterior e interior enriqueceram o monumento.
duomo

Em 1293, durante a República Florentina, a ideia era a substituição de Santa Reparata por uma catedral ainda maior e mais magnificente, de tal forma que “a indústria e o poder do homem não pudessem inventar ou mesmo tentar nada maior ou mais belo”. O projeto foi confiado a Arnolfo em 1294, que cerimoniosamente lançou a pedra fundamental em 8 de setembro de 1296.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Arnolfo trabalhou na construção até 1302, ano de sua morte, e embora o estilo dominante da época fosse o gótico, seu projeto foi concebido com uma grandiosidade clássica. Arnolfo só pôde trabalhar em duas capelas e na fachada, que ele teve tempo de completar e decorar só em parte. Após sua morte, Giotto di Bondone foi indicado supervisor, em 1334, e mesmo que não tivesse muito tempo de vida (morreu em 1337), decidiu concentrar suas energias na construção do campanário. Giotto foi sucedido por Andrea Pisano até 1348, quando a peste reduziu a população da cidade de 90 mil para 45 mil habitantes.
Sob a supervisão de Francesco Talenti, entre 1349 e 1359, o campanário foi concluído e preparou-se um novo projeto para o Duomo com a colaboração de Giovanni di Lapo Ghini.

imagesPlanta da catedral ao longo de sua construção

Em 1370 a construção já estava bem adiantada e Santa Reparata terminou de ser demolida em 1375. Ao mesmo tempo continuou o trabalho de revestimento externo com mármores e decoração em torno das entradas laterais, a Porta dei Canonici (sul) e a Porta della Mandorla (norte), esta coroada com um relevo da Assunção, última obra de Nanni di Banco. Ambas as portas são decoradas com esculturas de Nanni di Banco, Donatello e Jacopo dela Quercia. (more…)

novembro 29, 2013

Roma merece o meu amor! Parte 3

Roma – aqui tudo é imensamente grandioso. E e ssa grandiosidade tem uma imagem, seja de onde você estiver observando a cidade. Aqui, qualquer um pode sentar para comer algo em qualquer lugar – na rua, numa escadaria, nos jardins, na Praça de São Pedro… Você pode sentar e comer sem que alguém ache isso estranho e, depois olhar à volta, por entre o cuidado das estátuas de santos que observam.
DSC03634
Ah, e como é lindo sentar-se na Praça de Praça de São Pedro! Ela foi concebida em oval porque assim é a forma do mundo e assim é o abraço intencional que o Vaticano queria dar a quem fizesse a Via della Conciliazione, ou do lado oposto, no terraço do Castel Sant’Angelo, sob a espada protetora do anjo que está no teto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há muitas histórias em Roma que podem ser contadas, mas nenhuma é melhor do que aquela que você construirá para você em sua visita.

Será difícil não imaginar uma Roma a partir dos filmes. Aqui, ha muitas coisas que fazem-nos lembrar deles. Como os turistas que fazem fila para testarem a verdade na enorme boca que fica na Piazza Bocca della Verità. O musico que toca na escadaria da Piazza di Spagnia.  A impassividade dos rapazes da guarda suíça, que, desafiando qualquer lógica oferecem uma performance de resiliência a quem os fotografa.

(more…)

novembro 27, 2013

Roma merece o meu amor! Parte 2

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vou continuar a mostrar Roma para vocês, sob a minha visão.  E verão porque é que esta cidade é ponto de visita obrigatório para qualquer pessoa. Estão prontos para mais este ‘dia’ de passeio?

Acima, o Monumento Nazionale a Vittorio Emanuele II, obra concluída já no século XX, e é uma das construções mais imponentes e maravilhosamente celestiais (pelo branco predominante do mármore puro) que o turista pode encontrar em toda a cidade. Está localizado na Piazza Venezia, uma das mais bonitas de Roma. Hoje o visitei por completo. Entrei dentro. Amanhã postarei as fotos. Nele, há o Museo de la Unificacion Italiana. E o melhor: é grátis. Aqui, em qualquer museu você não paga menos de 10 ou 12 Euros para visitar. Até mais. Alguns custam 18 euros ( 1 Euro = 3,34 reais!). Não dá para ir em todos, concordam?
Fontana di Trevi- – que é  paragem obrigatória, e não menos obrigatório é pedir um desejo e atirar uma moeda de costas para a fonte! Fica até difícil de andar de tanto turista ao redor. É linda, romântica, cheia de histórias!  (more…)

novembro 26, 2013

Roma merece o meu amor! Parte 1

Para iniciar as férias, nada melhor que dizer que estou longe, bem longe do Brasil. Em agosto de 2007 fui de férias para Itália, um dos países que mais curiosidade tinha de visitar, pois, todos os meus antepassados vieram dele. E aquela foi uma dass viagens da minha vida. Passeei por Roma, Florença, Veneza e Milão, mas ficou ainda muito por ver… Tudo na Itália parece um museu a céu aberto, com tanta cultura, arte maravilhosa, e divina gastronomia. É verdadeiramente uma experiência para todos os sentidos. E hoje, estou novamente em Roma!! E quero leva-los  a visitar Roma, uma cidade imponente, cheia de riqueza e repleta de vestígios de um dos maiores impérios de todos os tempos. Vale a pena sentir a cidade, o seu burburinho inerente, o trânsito caótico, mas de um caos organizado. Ver as frutas frescas, as fontes espalhadas por toda a cidade.

Nas fotos acima, loba, que alimentou Rómulo e Remo, os irmãos fundadores de Roma, e a zona do Capitólio, onde se encontra a escultura.
Acima, o Arco de Constantino e as ruínas do fórum romano, ainda com alguns vestígios dos templos construídos aos deuses da epoca.
Li em algum lugar que o escritor Gore Vidal disse que além de Roma não  deve haver outra cidade para assistir ao fim do mundo. E, no entanto, foi daqui que o mundo partiu. Sera que regressaremos? Entre as histórias que querem que vejamos e o que imaginamos, é em Roma que a ideia de eterno se revalida.  (more…)

novembro 23, 2013

Roma: a cidade da história!

Roma é maravilhosa e merece ser explorada com calma, no melhor estilo slow travel, ao longo de dias, visitando todas as praças e entrando em todas as atrações e  museus, saboreando cada minuto essa cidade literalmente divina. 

Com quase 3 milhões de habitantes e mais de 28 séculos de história, Roma é uma cidade composta de camadas: camadas de pedras, camadas de tempo, camadas de história, camadas de mitos, camadas de conhecimento, camadas de surpresas, camadas de paixões…

Conhecida como a Cidade eterna, é cheia de monumentos, museus, ruínas, igrejas, fontes, praças, escavações, pintores, arquitetos, escultores…

Roma foi construída sobre sete Colinas: Aventino, Palatino, Quirinale, Viminale, Celio, Esquilino e Campidoglio. Até hoje o coração da cidade, isto é, sua parte mais antiga e histórica se estende através delas.

Além de ser um extraordinário museu a céu aberto, Roma é principalmente um lugar fervilhante e romântico. Suas praças e fontes com água cristalina e potável, desenhadas pelos melhores artistas da Antiguidade e do Renascimento estão sempre tomadas por casais apaixonados e por gente de todas as partes do planeta.

Abaixo, um pouco dessa cidade encantadora, mostrada por Franco Zeffirelli. E tem um trecho de lucevan le stelle (e reluziam as estrelas, em português) que é uma ária do terceiro ato da ópera Tosca, de Giacomo Puccini, cantado por Andrea Bocelli!!!


E para que fique com mais vontade ainda de conhecer esse País encantador, visite-o através dos filmes abaixo. Garanto que o instigará ainda mais a ir para lá em breve!

Abaixo, a versão integral do filme feito por Franco Zeffirelli. Delicie-se, caso tenha tempo:

1. Sob o Sol da Toscana (Audrey Wells, 2003)
Baseado na biografia da americana Frances Mayes, Under the Tuscan Sun (Sob o Sol da Toscana), a história é semelhante ao livro: uma mulher que resolve comprar e reformar uma velha casa em Cortona, uma pequena cidade com todos os estereótipos que um vilarejo da Toscana poderia ter. 
(more…)

novembro 22, 2013

As meninas não brincam mais com bonecas!

Na TV,  uma enxurrada de comerciais de brinquedos de Natal.  Mas, a empresa GoldieBox desenvolveu um comercial totalmente diferente daqueles em que aparecem bonecas, tão comum aos que estamos acostumados a ver nessa época que antecede o Natal. Esta empresa cria brinquedos educativos para estimular meninas a criar gosto pela engenharia.

No vídeo, três meninas brincam ao som da música  Girls de Beastie Boyse e a tornam em um hino feminista. Enquanto cantam, ignoram as princesas que aparecem na televisão e fazem uso de uma variada coleção de brinquedos e utensílios domésticos para montar um complicado rude Goldberg (que é uma daquelas máquinas que desencadeia uma série de ações depois que é acionada por uma bola que aciona uma alavanca para esta acionar um outro objeto e assim por diante).

Assim, as três meninas interpretam  a música cativante repetindo frases como “é hora de mudar … porque todos os nossos brinquedos iguais e nós gostaríamos de usar o cérebro” ou “tudo o que precisamos são pequenas coisas, é a nossa chance, não subestimem as meninas. “

Você pode ler a história completa em ardósia .

novembro 21, 2013

São Luis do Maranhão – Patrimônio da Humanidade e Capital brasileira da Cultura!

São Luís do Maranhão foi fundada pelos franceses, mas com alma portuguesa. Basta andar pelas ruas do centro histórico, um tanto abandonado, a bem da verdade, para perceber isso.

O nome da cidade é uma homenagem ao então Rei da França, Luís XIII. São Luís foi fundada em 8 de setembro de 1612 pelos franceses Daniel de La Touche e Fraçois de Rasilly, com o objetivo de estabelecer em terras tupiniquins a França Equinocial.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nascida no mar, caracterizada como porto fluvial e marítimo, à semelhança de outras cidades brasileiras da época colonial, a capital do Maranhão desempenhou importante papel na produção econômica do Brasil Colônia durante os séculos XVII ao XIX, tendo sido considerada o quarto centro exportador de algodão e arroz, depois de Salvador, Recife e Rio de Janeiro.  (more…)

X Congresso de Arquivologia do Mercosul – Santa Cruz de La Sierra – Bolívia, entre os dias 12 e 14 de março de 2014

O Comitê Coordenador do X CAM – Congresso Mercosul de Arquivologia divulga site com informações sobre o Evento que será realizado em Santa Cruz de La Sierra – Bolívia, entre os dias 12 e 14 de março de 2014.

Acompanhe todas as informações do Evento através do

link:http://www.xcam.org.bo/

O X CAM estará a cargo da Coordinación General de la Biblioteca y Archivo Histórico de la Asamblea Legislativa Plurinacional de Bolivia e reunirá especialistas, professores, funcionários de arquivos e demais interessados e será gratuito para todos os participantes.  (more…)

novembro 20, 2013

Febrafite entrega Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2013

A Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais – Febrafite premiou, na noite do dia 19/11 cinco projetos vencedores do Prêmio Nacional de Educação Fiscal, na Câmera Legislativa do Distrito Federal.

Febrafite entrega Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2013

Segundo o presidente da Febrafite, Roberto Kupski, foram inscritos 190 trabalhos oriundos de 19 unidades da Federação. Ele agradeceu a todas as instituições que apoiaram e patrocinaram o prêmio, cujos objetivos principais são promover a conscientização sobre a importância social do tributo e incentivar os cidadãos a exercerem o controle sobre a correta aplicação dos impostos. Esclareceu que todas as iniciativas inscritas foram verificadas localmente pela comissão julgadora e destacou que seriam entregues certificados aos dez finalistas e premiação dos cinco vencedores. (more…)

novembro 13, 2013

Oficina de Técnica de Preservação e Processamento Arquivístico de Documentos Audiovisuais e Iconográficos

As atividades serão realizadas em Vitória durante uma semana. A participação nas oficinas é gratuita.

Arquivistas, bibliotecários, museólogos, historiadores, estudantes e demais profissionais da área preparem-se. A Fundação Nacional de Artes (Funarte) e a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) abriram as inscrições para a oficina de Técnica de Preservação e Processamento Arquivístico de Documentos Audiovisuais e Iconográficos. Essas atividades fazem parte do Programa de Capacitação em Atividades Culturais, e oferecem uma excelente oportunidade para os profissionais aperfeiçoarem seus conhecimentos e se qualificarem.

As inscrições começaram no dia 07 e permanecem até amanhã, dia 14. Inteiramente gratuitas, as oficinas acontecem entre os dias 18 a 22 de novembro e serão realizadas na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Vitória. A seleção dos candidatos será feita mediante análise de currículo apresentado na ficha de inscrição (veja links para as Fichas de Inscrição no final do post), sendo apenas  40 vagas.  (more…)

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: