A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

outubro 18, 2010

Breve histórico do Largo do Carmo e da Ladeira do Carmo, em São Paulo/SP

O Largo do Carmo no século XVIII era uma vasta esplanada apoiada em uma espécie de paredão.  Ao fundo ficavam a Igreja e o Convento de Nossa Senhora do Carmo, datados de 1594, e a igreja da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo, de 1775.  E ainda por volta de 1900 o Largo possuía um chafariz abastecedor de água das redondezas.

Em 1927 a Igreja do convento foi reformada e recebeu uma torre, mas em 1928 o Convento e a Igreja do Carmo foram demolidos para a abertura da Avenida Rangel Pestana e construção da Secretaria da Fazenda.

Altar da Igreja da Ordem Terceira do Carmo

A Igreja do Carmo está hoje na Rua Martiniano de Carvalho e é uma das mais belas igrejas da cidade. No local, só restou a Igreja da Ordem Terceira do Carmo que ainda está lá.

Ligando o planalto à Várzea do Carmo, em declive muito acentuado ficava a Ladeira do Carmo – atualmente o primeiro trecho da Avenida Rangel Pestana – que, quase despovoada levava às ruas do Brás.  No sopé do morro, a Rua do Hospício – atual Frederico Alvarenga – onde se achava o Hospício dos Alienados, e onde hoje está um quartel das forças do exército. A Ponte do Carmo, lançada sobre o rio Tamanduateí, comunicava a ladeira com a Várzea, pois o rio passava por trás do Hospício, aproximava-se bem junto do morro, percorria a Rua 25 de março, roçando quase o Mercado, chegando ao ponto das Sete Voltas, na rampa da atual Rua da Constituição.  Essa ponte era muito importante porque dava acesso ao bairro do Brás e também era saída para o Rio de Janeiro. Foi construída em entre 1802-1811, em granito com arco pleno.  No mesmo período se fez o Aterrado do Brás. (more…)

FAZESP – Escola Fazendária de São Paulo (antiga Escola Modelo do Carmo)

Texto adaptado do original de CARVALHO, Neuza Guerreiro de (2006), por Augusto Jeronimo Martini

Para quem sai do Poupa-Tempo, logo vê a “Escola Fazendária”, na esquina da Rua das Flores com Rua do Carmo. Ocupando um prédio que foi uma escola, depois, outra e depois outra. Pouca gente olha para ela e quase ninguém sabe a sua história. Em 1890 foi a “Escola Modelo do Carmo”.

Fazesp – Escola Fazendária de São Paulo

Foi conhecida durante muito tempo pela denominação de Escola Modelo do Carmo, ou Escola do Carmo, por haver funcionado, em seu início, nos fundos da igreja da Ordem Terceira do Carmo, local que mais tarde foi ocupado pelo Ginásio dos Reverendos Irmãos Maristas. (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: