A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

fevereiro 2, 2015

“Boletim da falta d’água em SP”, de Camila Pavanelli de Lorenzi

O nome dela é Camila Pavanelli de Lorenzi, tem 32 anos, é paulistana e psicóloga. Era um dia comum e ela estava até as tampas em ouvir, ler e ver notícias sobre a falta d’água em São Paulo. Resolveu reunir e resumir tudo o que leu e postou no Facebook. Continuou com isso por uma semana, sob a forma de Boletins. Fez tanto sucesso que seus seguidores e amigos sugeriram que criasse um Blog ou um tumbrl para eles. Aceitou a sugestão e criou um tumbrl, mas continua postando os boletins no facebook. O Boletim da Falta D’água foi criado em outubro de 2014.

Carro abandonado em Atibainha, que integra o sistema Cantareira. / ANDRÉ PENNER (AP ) – El Pais

No começo Camila escrevia um boletim a cada dia. Acessava os sites de notícia, todos eles, desde os renomados até os mais comuns, e os órgãos oficiais do governo. Se saísse uma notícia sobre um processo ou decisão judicial, pesquisava o documento. Fez pesquisas em manuais de hidrologia para entender os conceitos um pouco melhor. E assim foi construindo uma narrativa sobre a falta d’água no estado de São Paulo, dia a dia. (more…)

dezembro 9, 2014

“Grande Sertão: Veredas”, de Guimarães Rosa é adaptado para quadrinhos

A história de Riobaldo Tatarana, ex-jagunço que relembra lutas e a paixão reprimida por Diadorim, é traçada por uma travessia pelo sertão e pelas águas do rio São Francisco, retratada em Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa. O clássico da literatura brasileira ganhou adaptação em quadrinhos, com roteiro de Eloar Guazzelli e arte de Rodrigo Rosa.  A edição teve seu lançamento na Livraria Cultura, em São Paulo, no último dia 04/12.

diado

Ilustração de Rodrigo Rosa

Certamente é uma das maiores obras da literatura brasileira – “Grande Sertão: Veredas” – lançada em 1956 pelo escritor mineiro João Guimarães Rosa, foi adaptada em forma de quadrinhos. O roteiro foi escrito por Eloar Guazzelli e as ilustrações feitas por Rodrigo Rosa. A família do ilustre escritor deu aval ao projeto e acompanhou de perto todo o processo de criação. A adaptação, de 180 páginas, mantém o estilo em prosa poética utilizado por Guimarães Rosa para contar as histórias de lutas no sertão mineiro. (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: