A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

julho 29, 2014

Alta Gracia e o revolucionário Ernesto Che Guevara – parte 2

Voltando ao assunto Ernesto Che Guevara e sua relação com Alta Gracia, na Província de Córdoba, Argentina.

Era o ano de 1932, e as crises de asma já não davam trégua aos brônquios de “Ernestito”, c0mo Che era chamado quando criança.  Ele contava com apenas quatro anos de idade, quando sua família decidiu mudar-se para as serras, por recomendação médica. O clima seco aliviou parte do sofrimento do garoto, após muitos tratamentos ineficazes na solução da doença que o acompanhou por toda a vida.

Assim, a cidade de Alta Gracia vem fazer parte da história de “Che”. Ela está localizada a 35 km de Córdoba, capital da província argentina de mesmo nome e viu crescer quem futuramente seria conhecido como Che Guevara em toda a América Latina e por outras bandas. Foram 12 anos, mudando de casa em casa, durante a maior parte da infância e da adolescência do revolucionário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma destas casas foi definida pelo irmão de Che, Roberto Guevara, como a “casa de nossas recordações infantis”. A residência Villa Nydia, localizada na Calle Avellaneda 501, foi aberta ao público em 2001 e convertida no Museu Ernesto Che Guevara, que abriga réplicas de seus objetos pessoais e diversos registros da trajetória percorrida desde sua infância até sua fase guerrilheira.

Uma escultura de “Ernestito” sentado na varanda, logo na entrada da casa, é o primeiro dos elementos que vão desenhar a linha narrativa da história do personagem, desde a mudança à cidade em busca de uma cura para sua doença, passando pelas viagens pela América Latina e seu protagonismo na Revolução Cubana, até a descoberta de sua ossada em uma cidade do interior da Bolívia, em 1997. (more…)

Alta Gracia e o revolucionário Ernesto Che Guevara – parte 1

Meu amigos ficam intrigados e sempre me perguntam por que sou diferente da maioria quando o assunto é viagem. Procuro fazer incursões aleatórias rumo ao desconhecido, longe do lugar-comum, de roteiros pré-traçados por empresas de turismo. E sempre volto para casa com a certeza de ter feito a coisa certa.

Passei alguns dias em Buenos Aires (minha sexta visita!). No primeiro dia comprei passagens de ônibus de ida e volta para Buenos Aires/Córdoba/Buenos Aires e viajei a noite, ficando lá por 5 dias. E em um deles fui até a pequena Alta Gracia, uma cidade de cerca de 50 mil habitantes que fica na província de Córdoba, a noroeste de Buenos Aires. Foi naquela região que se instalaram os primeiros jesuítas que chegaram na América, no século 17. E foi lá que viveu um dos nomes mais reverenciados e, ao mesmo tempo, contestados do século passado, o revolucionário Ernesto Che Guevara.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas antes de entrar no assunto Che Guevara, seguem mais algumas coisas interessantes a se fazer em Alta Gracia.

Valem a pena uma visita:

- ao Museu Nacional Estância Jesuítica. A estrutura foi adquirida pelo governo da Argentina em 1969, e o museu foi inaugurado em 1977, preservando sua arquitetura original. Em 2 de dezembro de 2000, o local foi declarado como Patrimônio Histórico da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).  (more…)

julho 27, 2014

Buenos Aires e seu circuito Papal

A Buenos Aires que vou falar hoje não é a dos famosos bairros portenhos como a chique Recoleta, o boêmio San Telmo ou o turístico La Boca. Há poucos meses outra região de Buenos Aires entrou no circuito turístico, o bairro de Flores. E quem colocou esse lugar, pouco conhecido dos turistas, na lista dos visitantes foi um argentino, o papa Francisco.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jorge Mario Bergoglio nasceu e cresceu nesse bairro modesto de Buenos Aires, e de repente o bairro ganhou fama. Filho de imigrantes italianos, Bergoglio viveu com seus pais e irmãos na casa da Calle Membrillar, 531, que antes passava despercebida por quem caminhava por essa rua. Ainda em Flores, na esquina da sua residência, a pequena praça Herminia Brumana, que antes só era conhecida pelos vizinhos do bairro, também ganhou fama. Quando criança, o Papa costumava jogar bola ali com seus amigos do bairro. Talvez até tenha sido nessa época que a sua paixão pelo futebol surgiu.

Mesmo com todo o protocolo que o rodeia, o Papa não esconde seu fanatismo pelo clube de futebol do Clube San Lorenzo. A imagem dele segurando a camiseta azul e vermelha do time argentino deu a volta ao mundo e estampou jornais e revistas. (more…)

julho 25, 2014

Buenos Aires e o Parque de la Memoria – um monumento às Vítimas do Terrorismo de Estado

Em tudo o que diz respeito a memória, os hermanos são infinitamente melhores que nós. O Parque de la Memoria, localizado em Buenos Aires, é apenas um exemplo disso.

Ontem meu passeio saiu fora do roteirão que todos os turistas que veem para Buenos Aires fazem. Fui conhecer o Parque de la Memoria. Fiquei impressionado com a força e a tristeza do lugar. É um dos poucos espaços na cidade que familiares e amigos dos desaparecidos possuem para deixar uma flor. Em outra oportunidade que estive na cidade eu havia feito uma visita ao  Espacio Memoria y Derechos Humanos (ex ESMA) – a máquina do terror na ditadura Argentina!

Este slideshow necessita de JavaScript.

A entrada no Parque impressiona logo de cara é o Monumento a las Víctimas del Terrorismo de Estado -  um muro gigante que abriga 30 mil placas, sendo que 9 mil delas contêm nomes de pessoas desaparecidas, reunidas pelo ano em que foram sequestradas e em ordem alfabética. Outra informação é a idade que tinham na época e, no caso das mulheres, se estavam grávidas ou não. É impressionante o número de menores de idade, entre 14 e 18 anos. Esta lista se complementa com um arquivo digital que pode ser consultado por familiares, estudantes, investigadores e público em geral, e que contém fotos, desenhos e objetos pessoais de cada um deles.  É possível consultar, no site do parque, dados sobre as vítimas e ainda contribuir com informações (veja aqui). Esse é um monumento que está em constante reformulação, já que muitas informações da época da ditadura estão sendo reveladas aos poucos. Segundo uma das funcionárias, em pouco dias um sistema de busca on line  bem mais completo do que o existente hoje estará no ar.  (more…)

julho 24, 2014

Em Buenos Aires, faça seus passeios de bicicleta!

Buenos Aires tem um sistema gratuito de empréstimo de bicicletas para passeios pela cidade. Como nas grandes cidades do mundo, na cidade também é possível usar a bicicleta como meio de transporte. As ciclovias estão espalhadas por quase todos os pontos turísticos da cidade. A maioria das viagens realizadas em Buenos Aires são de menos de 5 km, distância a percorrer de bicicleta fácil, fácil. Tudo é muito plano!

E se você estiver fazendo turismo na cidade, agora poderá utilizar o Sistema de Transporte Público de Bicicletas para percorrê-la de uma maneira diferente.

buenos-aires-bicicleta

Vá até a estação mais próxima e apresente o seu passaporte ou RG e uma cópia. Além disso, terá que preencher seus dados pessoais e a informação de contato do lugar onde está hospedado: endereço, nome do hotel e telefone. Eles fazem uma foto e entregam para você um número de senha (PIN). Você assina a declaração juramentada de aceitação das condições e sai pedalando! Grátis! (more…)

julho 22, 2014

Buenos Aires e seus cafés, bares, billares e confiterías considerados notáveis!

Quem já visitou Buenos Aires sabe que não dá para imaginar a cidade sem os seus bares e cafés. Alguns deles são testemunhas de todos os períodos conturbados que a cidade já viveu.

Para preservar essa riqueza, em 1998 foi criada pela Prefeitura da cidade a “Comisión de protección y promoción de los cafés, bares, billares y confiterías notables”. Segundo o artigo 2º. da Lei 35/98, se enquadra todo os bares e cafés antigos e clássicos, com imóvel que tenha valor patrimonial e por estar relacionado com feitos culturais ou políticos significativos, por sua antiguidade, projeto arquitetônico ou relevância local.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A lista dos cafés notáveis foi elaborada em duas etapas e foi formada por 53 lugares (já são 73, ver lista ao final do post), mas a Comissão está analisando novos pedidos de locais que querem se integrar ao projeto.

No site do jornal La Nación estão todos eles, cada um mais distinto que o outro, mas os quais sempre têm algo em comum: são parte importantíssima da cidade. Os cafés e bares notáveis recebem da prefeitura apoio, treinamentos especiais e facilidades e incentivos para manter o clima antigo. Cada portenho tem o seu notável preferido, que vão desde o Café Tortoni, Cafeteria Las Violetas  ao El Britânico, em San Telmo. (more…)

julho 20, 2014

128ª Exposição Rural de Palermo – em Buenos Aires

Ontem fui visitar a maior e mais conhecida feira agropecuária da Argentina. É uma exposição de pecuária, agricultura e indústria internacional. Ocorre de 17 a 27 de julho na Av. Sarmiento, 2704, no bairro de Palermo, em Buenos Aires, Centro de Exposições da La Rural.  Tem uma área coberta de 45 mil metros quadrados e uma área externa de 10 mil metros quadrados. Esta é a 128° da Exposição de Pecuária, Agricultura e Indústria Internacional – e é o momento que o campo visita a cidade. É o principal evento tradicional da Argentina. Tanto a nível político-econômico como em nível de evento para a cidade de Buenos Aires e a Argentina como um todo. Para o Nível Político-econômico, o setor rural expõe todo o seu potencial. Animais, produtos e tecnologia focalizada e gerada por e para o campo. Assim, a Exposição se torna um evento politico nacional. Por outro lado, a exposição é a oportunidade de muitas crianças, famílias e pessoas conhecerem o coração e espírito do campo, sua diversidade e conhecer um pouco do que ele tem de melhor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O evento é bem interessante e dá oportunidade ao cidadão comum de entrar no mundo rural. Animais, competições, produtos, jogos, filmes, compras, comidas, uma experiência completa realmente. Tem estandes de todas as regiões da Argentina.

Ontem estava cheia de famílias e crianças. E se elas são crianças de Playstation, realmente a Rural pode ser uma experiência única. As crianças tem a chance de dar de comer aos animais ou tocar neles, andar a cavalo pela primeira vez… (more…)

Buenos Aires, o bairro de Palermo e suas subdivisões!

Em Palermo, um extenso bairro de Buenos Aires, convivem duas zonas de marcante diferença arquitetônica: Palermo Chico, onde se destacam os lagos e os grandes parques, e Palermo Viejo, um tradicional vizinho de ruas largas e antigas casas, quase todas enormes.

Palermo Chico: esta pequena zona se caracteriza por sua exclusividade  e pelas poucas lojas e comércio. Suas ruas se apresentam em forma circular, quase formando um pequeno labirinto. Ao recorre-las se pode observar os suntuosos palacetes de arquitetura francesa com amplos jardins.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Palermo Viejo é um antigo bairro formado por largas e arborizadas ruas que nos últimos anos tem se convertido em um bairro muito atrativo, tanto para os portenhos como para nós, os turistas. Este bairro se encontra, por sua vez, dividido em Palermo Soho e Palermo Hollywood e lá tem se desenvolvido uma ampla gama de propostas gastronômicas, comércios de design de moda e decoração. (more…)

julho 19, 2014

As deliciosas pizzas de Buenos Aires!

A Itália, sem dúvida, faz a melhor pizza do mundo. Pelo menos é o que eu penso. Mas,  arrisco dizer que os argentinos não ficam atrás. Nem só de carne e empanadas vivem os portenhos. Hoje fiquei sabendo que Buenos Aires conta com cerca de 650 pizzarias. Centenas delas com muita história e tradição; algumas se destacam pela massa ou pelo recheio; outras pela clientela. Motivos para comer uma pizza por aqui não faltam: reunião com os amigos, saída de jogo de futebol, aniversário, uma ida ao teatro ou qualquer reunião informal. Para eles tudo é pretexto para saborear uma ou várias fatias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma das regiões que concentra grande número de pizzarias é a Avenida Corrientes, onde fica o circuito de teatros . À noite, ao fim dos espetáculos, as pizzarias ficam lotadas. Com 80 anos de tradição, a Güerrín é uma das mais famosas e há pouco foi declarada como bem de interesse cultural. No cardápio, que tem cem variedades de pizza, as mais pedidas são a fugazza (muita cebola e queijo), a napolitana (alho e tomate), a clássica (só com mozarela) e a de pimentão, presunto e azeitonas. (more…)

julho 16, 2014

Era uma vez um morador de rua de Buenos Aires, que tinha TV a cabo!

Buenos Aires, assim como muitas cidades grandes, tem seus moradores de rua. Mas nela havia um morador que chamava a atenção de quem passava. Era Alejandro, de quase 40 anos, e que há mais de 12 vivia na Rua Scalabrini Ortiz esquina com Avenida Santa Fé, em pleno bairro de Palermo.

2

Alejandro, Alberto Cortés e Nino Bravo. Foto: Rodrigo Néspolo – Fonte: La Nación

E você deve estar se perguntando, por que ele chamava tanto a atenção? Porque em plena calçada a céu aberto, ele vivia em seu colchão com alguns poucos pertences e com seus dois cachorros, “Alberto Cortés” e “Nino Bravo” (em homenagem a cantores argentinos), assistindo TV a cabo! Isso mesmo que você leu, TV a cabo! Teve uma época no ano passado que  apareceu também uma gaiola com um passarinho para terminar de compor a cena. (more…)

Próxima Página »

O tema Rubric. Blog no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 326 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: