A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 15, 2013

Consumo consciente!

Podemos definir o conceito de consumo consciente como uma atitude e comportamento de consumo mais humanos e conscientes do impacto ambiental dos produtos, tendo em conta todo o seu ciclo de vida, desde a produção até ao seu consumo. Propõe mudanças nos padrões de produção, distribuição e consumo e a salvaguarda dos bens ambientais.

Consumo consciente significa mais qualidade de vida. Isto não quer dizer que devemos deixar de consumir. Devemos, sim, consumir de forma diferente, de uma maneira em que os bens e serviços deixem de ser um fim nas nossas vidas e ocupem o seu verdadeiro lugar, passando, apenas, a ser meios para vivermos mais e melhor, de maneira sustentável e solidária.

planeta

Consumir de forma consciente significa mais horas de lazer e menos no trânsito, significa economia de água, de energia e de recursos naturais, significa prestar atenção ao que compramos e lembrar que cada produto tem uma história que é a “cadeia de produção”. Todos os fornecedores e empresas integrados nessa cadeia devem ser tão responsáveis quanto o consumidor. O consumidor consciente deve exigir produtos éticos e saudáveis, sem publicidade enganosa, sem poluição ambiental, sem desperdício de recursos naturais e de energia e sem qualquer tipo de exploração no trabalho. (more…)

fevereiro 25, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Simplicidade – Ser simplesmente comum é um milagre!

“A simplicidade é o mais elevado grau de sofisticação”.
Leonardo da Vinci

É muito comum em rodas de conversas ouvirmos: “a vida está difícil, a vida é um martírio, etc.”.

Curiosamente, estas queixas não partem daqueles para quem a vida nunca foi boa. Os queixosos, na maioria, são os mais privilegiados amigos que tenho.

De fato a vida não é fácil todos os dias. Há dias melhores, dias piores e dias mais ou menos. Mas, há pessoas, que diante da mínima contrariedade, por mais simples e leve que seja, soltam o seu pessimismo, clamando drama e a tragédia, por antecipação. A isto eu chamo de querer complicar a vida. Complicam a sua e a de quem com eles convive ou lida, provocando infelicidade, desânimo, e por vezes desespero. Os que assim agem, parece-me quererem mais do que aquilo que a vida lhes pode dar, ou a que têm direito, desvalorizando ou não dando valor ao que realmente têm. Querem mais e mais, e por mais que tenham, nunca estão satisfeitos. Há sempre algo melhor. São pessoas ambiciosas, presunçosas, egoístas, preconceituosas que se julgam superiores a tudo e a todos.

Carta 11- Simplicidade

Carta 11- Simplicidade

Penso que estas pessoas seriam mais felizes se fossem modestas, moderadas e sensatas, resumindo – simples.

Para ser simples não é preciso ser ou tornar-se pobre. As pessoas podem ser simples de várias maneiras, independentemente da sua situação social, intelectual, profissional ou outra. Cada um pode e deve tirar partido de tudo o que a vida lhe dá, levando sempre em conta sua conduta, seu comportamento, seu entendimento, sua tolerância e o sentimento pelos outros.  (more…)

fevereiro 20, 2013

Você tem coragem de ser feliz?

Eu acredito na felicidade e acho que é possível a acharmos mesmo num mundo atribulado e cheio de problemas, os quais vivenciamos todos os dias. Basta apenas que procuremos ser pessoas mais resolvidas e determinadas em nosso dia-a-dia, não importa os problemas pelos quais passamos, não importa as barreiras que venhamos a ultrapassar.

O fato de eu ser feliz ou não, não depende de ninguém e sim apenas de nós mesmos. Você deve pensar sempre – eu sou a única pessoa da qual depende a minha felicidade. Você é quem determina ser feliz em cada situação e em cada momento da sua vida, pois se a sua felicidade dependesse de alguma pessoa, coisa ou circunstância, você estaria com sérios problemas! Tudo o que existe nesta vida muda constantemente: o ser humano, as riquezas, o emprego, o seu corpo, o clima, o seu chefe, os prazeres, os amigos, sua saúde física e mental. E assim eu poderia citar uma lista enorme de coisas. Você decide ser feliz! Se você tem hoje sua casa vazia ou cheia: é feliz! Se vai sair acompanhado ou sozinho: é feliz! Se seu emprego é bem remunerado ou não: você é feliz!

feliz

A Felicidade está dentro de cada um de nós!

Devemos aprender com as experiências passageiras e viver as que são eternas como amar, perdoar, ajudar, compreender, aceitar, consolar.

 Há pessoas que dizem: hoje não posso ser feliz porque estou doente, porque não tenho dinheiro, porque faz muito calor, porque alguém me insultou, porque alguém deixou de me amar, porque eu não soube me dar valor, porque meus filhos não me fazem felizes, porque meus amigos não me fazem felizes, porque meu emprego é medíocre, etc., etc.  (more…)

janeiro 3, 2013

Prazeres simples da vida…

“Quero tudo novo de novo. Quero não sentir medo. Quero me entregar mais, me jogar mais, amar mais.

Viajar até cansar. Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes e comer mais pipoca, ler mais. Sair mais. Quero um trabalho novo. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinho, quero ter momentos de paz. Quero dançar mais. Comer mais brigadeiro de panela, acordar mais cedo e economizar mais. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Pensar mais e pensar menos. Andar mais de bicicleta. Ir mais vezes ao parque. Quero ser feliz, quero sossego, quero outra tatuagem. Quero me olhar mais. Cortar mais os cabelos. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais.

Não quero esperar mais, quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. Quero olhar para frente e só o necessário para trás. Quero olhar nos olhos de quem me fez sofrer e sorrir e abraçar, sem mágoa. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. Quero aceitar menos, indagar mais, ousar mais. Experimentar mais. Quero menos “mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais.”

(Autor desconhecido)

“E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha”. Poema – Tabacaria  (65º verso) Autor – Álvaro de Campos
(Heterônimo de Fernando Pessoa)

Andar descalço na chuva

Andar descalço na chuva

O que a gente precisa é tomar um banho de chuva… Um banho de chuva…

Mas, aqui em São Paulo o que me falta é coragem. E tempo. Tempo de olhar em volta e coragem de bater de frente.  (more…)

janeiro 2, 2013

Dicas para viver bem em 2013…

Saúde:
1. Beba muita água;
2. Coma ao café da manhã como um rei, ao almoço como um príncipe e ao jantar como um pedinte;
3. Coma o que nasce em árvores e plantas, e menos comida produzida em fábricas;
4. Viva com os 3 E’s: Energia, Entusiasmo e Empatia;
5. Arranje tempo para orar;
6. Jogue mais jogos;
7. Leia mais livros do que já leu;
8. Sente-se em silêncio pelo menos 10 minutos por dia;
9. Durma 8 horas por dia;
10. Faça caminhadas de 20-60 minutos por dia e, enquanto caminha, sorria.

Personalidade:   (more…)

« Página anterior

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: