A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

agosto 10, 2020

Celebração – Tarot Zen – OSHO

Filed under: amor,Coisas que eu gosto,Saúde,Uncategorized,Yoga — Augusto Jeronimo Martini @ 18:30
Tags: , ,

A vida é um momento para ser celebrado, desfrutado. Torne-a divertida, uma celebração, e então você entzrará no Templo. Esse templo não é para os tristes e desanimados, nunca foi para eles. Olhe para a vida: você vê tristeza em alguma parte? Você já viu uma árvore deprimida? Você já encontrou um pássaro movido por ansiedade? Já viu um animal neurótico? Não, a vida não é assim, absolutamente. Só o homem é que seguiu um caminho errado, se desviou em algum lugar, porque ele se considera muito sábio, muito esperto.

Sua esperteza é o seu mal. Não seja sábio demais. Lembre-se sempre de parar; não vá a extremos. Um pouco de tolice e um pouco de sabedoria fazem bem, e a combinação certa faz de você um buda…

Osho I Celebrate Myself Chapter 4

Comentário:

Estas três mulheres dançando ao vento e na chuva, nos fazem lembrar de que uma celebração nunca precisa ficar na dependência de circunstâncias exteriores. Não é preciso esperar por um feriado especial ou por uma ocasião formal, nem por um dia de sol sem nuvens. A verdadeira celebração nasce de uma alegria que primeiro é experienciada profundamente dentro do seu ser, e que se derrama num transbordamento de canto e dança, de riso, e até mesmo de lágrimas de gratidão.

Quando você tira esta carta, é um sinal de que está se tornando cada vez mais disponível e aberto às muitas oportunidades que existem para celebrar na vida e contagiar outras pessoas. Não se preocupe em programar uma festa na sua agenda. Deixe o cabelo ao natural, tire os sapatos, e comece a pular nas poças d`água agora mesmo. A festa está acontecendo à sua volta, a cada momento!

fevereiro 19, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Desafio – Um pouco de luta é uma necessidade!

Tenho sempre na gaveta de minha mesa de trabalho o tarô zen, do Osho.  Ele não é um tarô tradicional, no sentido de lidar com predições. Trata-se antes de um jogo transcendental do zen que espelha o momento presente, apresentando o que existe aqui e agora. Ele é um jogo que tem um chamado para o despertar, para sintonizar-se com a sensibilidade, a intuição, a compaixão, a receptividade, a coragem e a individualidade.  Essa ênfase na consciência é uma das muitas inovações em relação aos velhos sistemas e maneiras de se jogar o tarô, e isso é a primeira coisa que aquele que utilizar o baralho perceberá.
Hoje, ao chegar ao trabalho, senti a necessidade de fazer uma meditação visualizando só coisas boas e depois tirar uma carta do baralho. A carta que abri foi a de número 48 – DESAFIO, e sua mensagem é a seguinte:

neo-tarot-48-DESAFIO

Carta 48 – Desafio

“Um pouco de luta é uma necessidade. Tornamos-nos mais ricos com as tempestades – relâmpagos, trovões tristezas assim como a alegria e a felicidade”.

Ouvi uma antiga parábola – deve ser muito antiga, porque naquela época Deus costumava morar na terra…  (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: