A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

outubro 15, 2014

Corrupteca, do NUPPs da USP em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo e o Open Archives Initiative (OAI)

Ontem a noite esteve na bancada do Jornal da Cultura o Prof. José Álvaro Moisés, que é cientista político, jornalista e escritor, Professor Titular de Ciência Política da USP e Diretor do Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas – NUPPs da USP. Ele foi “alfinetado” por telespectadores pelo Twitter sobre suas preferências políticas, pois, seus comentários aparentemente tendiam mais para um candidato a Presidência da República do que para o outro. Falou sobre o seu posicionamento político e citou a Corrupteca do NUPPs, cujo nome é engraçado e fez referências à corrupção.

corrupteca

Sim, a Corrupteca é uma biblioteca especializada em  corrupção a qual é fruto de uma parceria inédita da USP com o Jornal o Estado de São Paulo e o Open Archives Initiative (OAI). A biblioteca digital aberta ao público fomenta a pesquisa do fenômeno da corrupção e seu impacto nas politicas públicas e na qualidade da democracia. Possui um acervo fantástico que engloba, desde livros históricos, até artigos recentes. (more…)

agosto 13, 2014

As mulheres e o assédio sexual nas ruas e nos transportes públicos

O projeto de lei que previa carros preferenciais para mulheres em trens e metrôs do estado de São Paulo, foi vetado pelo governador Geraldo Alckmin no último dia 11. O projeto denominado vagão rosa, como seria chamado o vagão exclusivo para as mulheres em trens e metrôs de São Paulo, foi questionado por alguns grupos que se mobilizaram para pedir o veto, que consideravam a medida segregacionista. “Desde o início não vi com bons olhos o projeto. Acho que segregar, separar, não parece ser o caminho adequado”, disse o Governador Geraldo Alckmin durante a coletiva de imprensa esta tarde no Palácio dos Bandeirantes, em nota divulgada pelo gabinete. Outras razões sustentam o veto. Segundo Alckmin, para coibir o assédio e motivar a denúncia, mais seguranças mulheres foram contratadas e há câmeras de vídeo instaladas em todas as estações e em “mais da metade dos trens”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O projeto de lei, que foi protocolado no começo do ano passado, tinha até amanhã, dia 14 de agosto, para ser sancionado pelo Governador Geraldo Alckmin, já que foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado em 4 de julho. Caso entrasse em vigor, as empresas responsáveis pelos trens e metrô no Estado teriam 90 dias para adaptar o serviço, ainda que não estivesse definido no projeto a quantidade exata de vagões exclusivos para mulheres. “No mínimo um vagão por trem”, dizia o texto. Pelo que vejo, essa é questão vai muito mais longe – tem que acontecer uma mudança de cultura, pois as mulheres saem dos ônibus ou do metrô e continuam sofrendo assédio. Não é só nos meios de transportes que ele acontece. (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: