A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

abril 2, 2018

Reciclagem de lixo urbano

Meu pai era grande conhecer de plantas medicinais, árvores e todo tipo de mato. Por ter nascido na roça e vivido nela 20 e poucos anos de sua vida, tornou-se um expert no assunto. Também conseguia fazer a previsão do tempo – olhava para o céu e sabia se faria sol, chuva ou frio. Olhava a movimentação das formigas e dizia que viria chuva forte. Meu gosto por terra e plantas herdei dele.

Sempre teve uma pequena oficina nos fundos de nossa casa. E nela tinha de tudo. Ele era um acumulador no bom sentido. Tudo o que achava na rua, em caçambas e no lixo que jogavam em terrenos baldios e que tivesse alguma utilidade, levava para casa. Nesse rol estavam incluídos pregos, parafusos, e principalmente madeiras, que era sua matéria prima.

Tinha uma carrocinha (fotos nesse post), feita por ele e com ela saía pelo bairro em busca de material. Encostava rente ao meio-fio e colocava dentro dela, do jeito que dava, uma poltrona velha “esquecida” na calçada, uma cadeira quebrada, tábuas de demolição, pedaços de caibro, restos de móveis. O processo não durava mais de três minutos e se repetia com frequência. As vezes demorava mais, pois volta e meia parava para recolher objetos maiores como porta, janela…

1

Meu pai, Antonio Martini, era um ecologista nato

3

Ele construiu essa carrocinha das fotos e com ela saía pelas ruas de Rio Claro pegando pedaços de madeira que estavam jogados em terrenos e caçambas… que se transformavam em cadeiras, bancos, escadas… As sobras das madeiras alimentavam o fogão a lenha.

5

Herdei a carrocinha e pensava em reforma-la para usar em minha chácara, meu sonho de consumo para quando aposentar. Agora nem sei mais se realizarei o sonho de morar em uma chácara! Assim, a dei de presente ao meu primo José Carlos Duarte, que a reformou e a levou para sua Pousada das Seriemas, em Minas Gerais.

2

A carrocinha reformada. Fiquei muito emocionado.

4

O banco de madeira dessa foto tem nome: Toni, em homenagem ao meu pai. O Zé o confeccionou com o serrote que era dele. “Seu” Antônio deve estar muito feliz vendo que os tesouros dele estão sendo preservados.

Quando chegava em casa matutava o que fazer com a peça. Ficava tentando adivinhar em que aquele lixi iria se transformar. Para ele, lixo era uma economia. Ele não tinha vergonha ou nojo do que fazia – reciclar o lixo urbano.

Continue lendo…

(more…)

novembro 23, 2014

São Paulo – pague a conta da luz com o seu lixo!

Hoje fiquei sabendo de uma ação aqui em São Paulo, desconhecida por mim e acredito que pela maioria da população paulistana; Trata-se  de uma ação da AES Eletropaulo  que segundo a distribuidora está tendo resultados positivos. No Rio Grande do Sul, em Canoas, em iniciativa parecida, já foram arrecadados mais de 10 mil toneladas de material reciclável. Os clientes que aderiram obtiveram R$ 78,00 de desconto, em média, na fatura de energia elétrica.

Projeto Recicle, da Eletropaulo.

Projeto Recicle, da Eletropaulo.

Esse projeto funciona da seguinte maneira: O cliente deverá dirigir-se até um dos 7 pontos de coleta existentes, munido de sua conta de luz, para efetuar o cadastro. Com isso ganhará um cartão personalizado para ser identificado sempre que comparecer ao ponto de coleta. De posse do cartão, o cliente começará a missão de reciclagem. (more…)

setembro 13, 2012

VOCÊ TEM: CHAPAS DE RX DE 1900 E BOLINHAS, CDS USADOS, DISQUETES ?

Se você tem em casa: Chapas de Raio X, CDs Usados, Disquetes entre outros materiais que não sabe como dar destino. DOE!!!

Os Mensageiros da Esperança estão aceitando doações destes e de outros materiais recicláveis tais como: Garrafas pet, latinhas de alumínio, jornais, revistas, livros velhos, objetos de ferro(grades, telas,etc), óleo de cozinha usado, entre outros.

Mensageiros da Esperança é uma Associação Sem Fins Lucrativos, fundada em 23 de Outubro de 1998, localizada na zona Norte, no bairro da Brasilândia, São Paulo, local que se apresenta entre os 19 Distritos com maior vulnerabilidade juvenil do município e que atende mais de 600 educandos por ano, utilizando como ferramentas de educação: a arte, cultura, inclusão digital e capacitações profissionais em áreas como Varejo, as TIC’s, Empreendedorismo e Reciclagem.

Além de dar o destino certo para estes materiais contribuindo com o processo de reciclagem, utilizam boa parte na confecção de objetos decorativos, cenografias, luminárias, entre outros, onde os recursos arrecadados são destinados ao projetos sociais da ONG Mensageiros da esperança. (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: