A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

dezembro 31, 2013

Feliz 2014!!!

Com o post dessa madrugada: Projeto  “A nossa jornada”... quis encerrar as postagens desse ano. Mas, resolvi escrever mais algumas linhas com pensamentos e agradecimentos.

Esse ano algumas pessoas foram embora de minha vida, mas muitas pessoas chegaram. Passei por momentos ótimos, outros ruins, que serviram de teste, mas, foram momentos que decidi que nada iria me abalar e realmente nada me abalou… Claro que teve aqueles momentos que joguei a toalha e me permiti sofrer a minha dor e chorar,

Em 2013 teve de tudo – pessoas quase desconhecidas que me ofereceram lugar para dormir, que me ofereceram emprego, carona, que me deram um sorriso, um abraço, outras que se tornaram minhas amigas em questão de minutos… Quero guardar para sempre essas pessoas queridas que conheci durante esse ano e que apesar de saber que talvez algumas delas eu nunca mais verei, devo dizer que elas agora fazem parte da minha história.

Para fechar o post,  vou deixar algumas fotos dos lugares mais bonitos que conheci ou que revi em 2013, pois, apesar de saber que a felicidade está dentro de mim, contemplar paisagens maravilhosas foi sem dúvida uma forma de felicidade!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Feliz 2014 para todos vocês, meus leitores e seguidores que estão no meu pensamento agora! Que esse seja um ano de conquistas incríveis e verdade interior para vocês e seus queridos. Beijos e abraços para vocês. Paz e bem! Namaskár!

DSC05954 DSC03393 - Cópia DSC03219 DSC03162

junho 9, 2013

Pomaire e seu artesanato em “greda”, nas proximidades de Santiago

Existem vilarejos de artesãos em todo o Chile, mas o mais próximo de Santiago é Pomaire. Situado há uns 60 km ao oeste, pela Rota 78. É famoso não somente por seus potes, panelas, taças e pratos de argila (greda) escura, como também por sua comida típica, como cazuelas e empanadas gigantes. Os ônibus para Pomaire saem do Terminal San Borja. Metro Estación Central.

Pomaire é um vilarejo de origem indígena, pré-colombiano, fundado por volta de 1771. Foi graças a um período de domínio Inca, como diz a tradição local, que as técnicas artesanais avançaram ao grau que conferem hoje à cidadezinha a fama de seu lindo artesanato – a maior parte dele, à base de cerâmica de argila (greda, na linguagem local).

Este slideshow necessita de JavaScript.

No vilarejo a impressão é que o tempo parou. Suas ruas com pavimentação rústica nos levam para lojas de moradores que exibem seus artesanatos em cerâmica, já nas calçadas, quase sempre ao som da música local. (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: