A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 28, 2014

Não existem anjos entre nós: somos todos corruptos! Parte 2

Continuando com o tema do post anterior, não só eu, mas muitos ficam aborrecidos e entediados  com a época das eleições. O que se vê e ouve é muita mentira, muita omissão. Fico pasmo com a cara-de-pau de nossos políticos. Fazem promessas fantásticas, que todos sabemos que não vão ser cumpridas. O passado é apagado como se tivesse sido escrito com giz. Erros? Onde? Ninguém os cometeu, só os adversários.  Dura constatação. Aliados de ontem, digladiando-se. Adversários de anteontem se abraçando. O que o eleitor pode fazer?

eleições

E ainda somos obrigados a ouvir os candidatos que durante a campanha dizem: “Sou a favor da Educação, da honestidade, e contra a corrupção!” Oras… Isso todos deveriam ser, não?

Nos jornais e em todos os meios de comunicações, declarações de personalidades dizendo que o povo não sabe votar. De modo geral, as pessoas – sendo pobres, da classe média ou ricas – votam visando os seus próprios interesses. Por que os comerciantes optam por aqueles que prometem reduzir os impostos? Por que os fazendeiros votam nos candidatos ruralistas? Por que os industriais escolhem os que prometem dar mais incentivos, como isenção de impostos, à indústria? (more…)

maio 27, 2014

Não existem anjos entre nós: somos todos corruptos!

Este ano tem eleição. Logo começam as propagandas político partidárias, onde os candidatos vêm com aquela conversa mole, pedindo o nosso voto. E  nas rodas de conversa começamos a ouvir: “só lembram da gente de quatro em quatro anos!”

402269

Mas eu sempre digo e questiono: “vocês também só se lembram deles de quatro em quatro anos! Não é verdade?”  Você se lembra em quem votou nas últimas eleições? Tem acompanhado o trabalho de seus candidatos para saber se cumprem o prometido?

O Poder Público está tão distante da realidade da maioria dos brasileiros que perdemos completamente a noção não só de para que servem os mandatos que delegamos para os vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidente da República, como também esquecemos que nós, o povo, somos os responsáveis pela qualidade dos políticos que elegemos. A composição dos poderes legislativo e executivo de alguma maneira é um espelho no qual nos recusamos a nos ver refletidos. É ou não é? (more…)

outubro 4, 2013

São Francisco de Assis – “il poverello”

Hoje, dia 04 de outubro, comemora-se o Dia de São Francisco de Assis, para mim sempre muito especial – ele é o meu santo de fé! Mas quando acontecem tantas coincidências como agora, com pela primeira vez um papa latino-americano, pela primeira vez um papa jesuíta e pela primeira vez um papa que escolhe o nome de Francisco e que atendeu o chamado de Cristo para reconstruir a Igreja com tanta novidade é porque vai ser mesmo especial.

São Francisco nasceu em Assis, na Itália, no ano de 1182. Seu pai era um rico comerciante de tecidos, o que permitiu a Francisco uma infância e juventude de fartura e a possibilidade de continuar o comércio. Quando jovem, o santo sempre procurou a realização de grandes ideais e o dinheiro do pai ajudava em seus projetos – vestia as melhores roupas, dispunha de vinho e comida para promover festas entre amigos.

Durante uma revolta do povo contra os nobres da cidade de Assis, Francisco tomou partido na causa social. Durante os confrontos, ele foi preso e permaneceu no cárcere por um ano. Seu pai pagou pela libertação. Enfraquecido e sem projeto de vida, Francisco se empenhou no ideal de buscar voluntários para as suas lutas em defesa dos territórios.  (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: