A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

março 6, 2020

Simplicidade – Osho

Olhe para a imagem da carta que está estampada abaixo. E perceba o quanto ela se expressa por si só, sem ser preciso que falemos muito dela.

Um ser caminha pela natureza colhendo flores e nos remete à sensação do quanto o simples é belo. Tão simples que nos esquecemos de agradecer e contemplar a beleza que existe em pequenos gestos como colher uma flor, remover de um vaso as ervas daninhas, sentir o cheiro da terra ao receber a água que umedece e alimenta o solo.

Simplicidade

Na verdade, não é preciso que nada extraordinário nos aconteça para que haja união e integração dentro do nosso ser. Uma ação feita com amor e carinho pode nutrir profundamente nossa alma.

Vamos ler juntos o que o autor diz à pessoa que tirou esta carta:

“Neste momento, você passa por um período em que esta maneira cordata, natural e extremamente simples de encarar as situações que se apresentam trará resultados muito melhores do que qualquer tentativa de ser brilhante, perspicaz ou, de alguma forma, extraordinário. Deixe de lado toda pretensão de fazer alarde quanto a ter inventado mais alguma coisa útil, ou a vaidade de encantar seus amigos e colegas com seu talento de prima-dona. A contribuição especial que você tem para oferecer neste momento será maior se você encarar as coisas sem resistência e com simplicidade, um passo de cada vez”.

Se a descrição desta carta tocou seu coração e você tem sentido que está difícil ser feliz com pouco e na simplicidade, sugiro que faça este exercício com imagens mentais todos os dias, ao acordar, por 7 dias.

(more…)

março 5, 2020

Paciência – Osho

Filed under: amor,Atualidades,Coisas que eu gosto,Educação,Saúde,Tarô,Uncategorized,Yoga — Augusto Jeronimo Martini @ 16:27
Tags: , ,

A carta da Paciência, no Neo Tarot do Osho, revela que:

“Nós nos esquecemos de como esperar; este é um espaço quase abandonado. No entanto, ser capaz de esperar pelo momento certo é nosso maior tesouro. A existência inteira espera pelo momento certo. Até as árvores sabem disso – qual é o momento de florescer, e o de deixar que as folhas caiam, e de se erguerem nuas ao céu. Também nessa nudez elas são belas, esperando pela nova folhagem com grande confiança de que as folhas velhas tenham caído, e de que as folhas novas logo estarão chegando. E as folhas novas começarão a crescer. Nós nos esquecemos de como é esperar: queremos tudo com pressa. Trata-se de uma grande perda para a humanidade… Em silêncio e à espera, alguma coisa dentro de você vai crescendo – o seu autêntico ser. Um dia ele salta e se transforma numa labareda, e a sua personalidade inteira é estilhaçada: você é um novo homem. E esse novo homem sabe o que é uma cerimônia, esse novo homem conhece os sumos eternos da vida”.

(more…)

fevereiro 18, 2014

Osho Neo Tarô – carta Amor – Lembre-se de não armazenar seu amor, de não ser calculista!

A exigência básica do amor é: “Eu aceito a outra pessoa como ela é”  – e o amor nunca tenta mudar a pessoa em função da própria idéia que se tem do outro. Você não tenta cortar a pessoa aqui e ali e deixá-la do tamanho certo – o que tem sido feito em todos os lugares no mundo inteiro…Se você ama, não existem condições. Se você ama, então impor condições não é o caso. Você o ama como ele é. Se você não o ama então também não há problema. Ele não é ninguém para você; impor condições não é o caso. Ele pode fazer tudo que quiser fazer.Se o ciúme desaparece e o amor permanece, então você tem algo sólido em sua vida, o qual vale a pena possuir.

Quando você está compartilhando seu contentamento, você não cria uma prisão para ninguém, você simplesmente dá. Você nem mesmo espera gratidão ou agradecimento, porque você está dando não para conseguir alguma coisa, nem mesmo gratidão. Você está dando porque está tão repleto … você precisa dar. Assim, se alguém está grato, é você quem está grato à pessoa que ACEITOU seu amor, que aceitou seu PRESENTE. Ela o aliviou, permitiu a você que a banhasse. E quanto mais você compartilha e mais você dá, MAIS VOCÊ TEM.

Então isso não o torna um avarento, não cria um novo medo, o de que “eu posso perder isso”. Na realidade, quanto mais você o perde, mais águas frescas fluem, vindas de nascentes sobre as quais você não estava consciente anteriormente.

Se a existência toda é una e se a existência toma conta das árvores, dos animais, das montanhas, dos oceanos – desde a menor folhinha de grama até a maior estrela – então ela também toma conta de você.

Porque ser possessivo? A possessividade mostra simplesmente uma coisa – que você não consegue confiar na existência. Você tem que conseguir uma segurança pessoal separada, uma proteção pessoal separada. Você não pode confiar na existência. A não possessividade é basicamente confiança na existência.

Não há necessidade de possuir, porque o todo já é nosso.

Dar amor é a linda e verdadeira experiência, porque com ela você é um mestre de si mesmo. Receber amor é uma experiência muito pequena, é a experiência de um mendigo.

Não seja um mendigo, pelo menos tratando-se de amor, seja um imperador, porque o amor é uma qualidade inesgotável em você. Você pode dar tanto quanto quiser. Não tenha preocupação que ele esgotará. O amor não é uma quantidade, mas uma qualidade e qualidade de um certa categoria que cresce ao se dar e morre se você a segura. Seja realmente esbanjador!!

Não se importe para quem. Esta é na verdade a idéia de uma mente mesquinha: Eu darei amor a determinadas pessoas que tenham determinadas qualidades … Você não entende que tem em abundância, que é uma nuvem de chuva. A nuvem de chuva não se importa onde chove – nas pedras, nos jardins, nos oceanos – não importa. Ela quer descarregar-se e essa descarga é um tremendo alívio.

Assim o primeiro segredo é: não peça amor. Não espere, pensando que você dará se alguém lhe pedir – Dê!!

Tudo passa, mas você permanece – você é a realidade!

Carta 49 – AMOR
49
Lembre-se de não de armazenar seu amor, de não ser calculista. Não seja mesquinho. Assim você perderá tudo. Ao contrário, permita que seu amor floresça, e compartilhar-o, oferaça-o, permita que ele cresça. (more…)

fevereiro 7, 2014

Osho Neo Tarô – Carta Valor – Não tente provar seu valor, reduzindo a si mesmo a uma mercadoria!

Olha, de uns tempos para cá sempre acordo com a sensação de que viver é difícil, que o mundo é podre, que as pessoas são más, manipulativas e sentem necessidade de massagearem seus egos através da dor de seus semelhantes ou expondo-os ao ridículo. Sinto isso no trabalho. Mas, entendo que isso é um aprendizado, medito e jogo a energia ruim para o universo. A vida nos derrubará muitas vezes. Cabe a nós sermos fortes para nos levantarmos quantas vezes forem necessárias.O jeito é não dar importância para o que os outros dizem –  muitas pessoas são más – e qualquer um que fuja do padrão daquilo que elas julgam como uma “pessoa normal” acaba se tornando uma vítima destas mentes cruéis, mesmo sendo alguém de bom coração.Hoje, chegando ao trabalho assim, meio deprê, resolvi tirar uma carta do Neo Tarô do Osho. E ela saiu na medida para me dar um “up”. Vejam.
Carta 10 – VALOR
10
Não tente provar seu valor, reduzindo a si mesmo a uma mercadoria. Lembre-se, a maior experiência da vida não vem através do que você faz, mas através do amor, através da meditação.
Lao Tzu estava viajando com seus discípulos, e chegaram a uma floresta onde centenas de lenhadores cortavam árvores. Toda floresta havia sido cortada, exceto uma grande árvore com milhares de galhos. Ela era tão grande que dez mil pessoas podiam se sentar sob sua sombra. Lao Tzu pediu a seus discípulos que fossem perguntar por que aquela árvore foi poupada. Eles foram e perguntaram aos lenhadores, que disseram:
(more…)

março 19, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Entrega – Se você quer obter o beneficio máximo de uma situação, deve se entregar totalmente.

Você nunca está contente com aquilo que você é, seja o que for? Se sim, isso é ambição. Segundo Osho, então você permanecerá irremediavelmente miserável, porque você não pode ser outra coisa. Você só pode ser você mesmo; nada mais é possível. Tudo o mais é fútil, prejudicial, perigoso. Você pode desperdiçar sua vida inteira, toda a sua existência.

Aquilo que você é, seja o que for, esse é você! Aceite-o! Não deseje ser diferente. A não-ambição significa isso. A ausência de ambição é fundamental a toda transformação espiritual, pois quando você se aceita, muitas coisas começam a acontecer. Mas a primeira coisa… se você se aceitar totalmente, a primeira coisa que lhe acontecerá será uma vida não-tensa. Não haverá tensão. Você não deseja ser algo mais; não há nenhum lugar para ir. Então você pode estar aqui e agora. Não há comparação. Você próprio é único. Não pensa mais em termos de outros.

Quando você não está em luta… É isso o que significa confiar. Quando você não está em luta, a existência acontece a você. Se você está lutando com a existência, está simplesmente se destruindo, destruindo suas possibilidades, sua energia, sua vida, sua existência. Não lute! Entregue-se à existência. Aceite a si mesmo, do modo que o todo quer que você seja; não tente ser outra coisa, e a iluminação pode acontecer a qualquer momento. Pode acontecer neste exato momento; não é preciso esperar.

 

Carta 4 - Entrega

Carta 4 – Entrega

 

 ENTREGA.

Se você quer obter o beneficio máximo de uma situação, deve se entregar totalmente. Isto lhe dará a chave.

Bodhidharma tornou-se iluminado na Índia, onde procurou um discípulo, mas não pode encontrar nenhum. Assim, precisou ir á China… Ele tinha a chave, mas estava envelhecendo e não conseguia encontrar o sucessor certo…  (more…)

março 6, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Mente – É hora de parar de buscar fora de você àquilo que poderia fazê-lo feliz!

Quando você deseja algo, sua alegria depende disso. Se ela for retirada de você, você se sente um miserável. Se for dada a você, você ficará feliz, mas só por uns momentos. Isso também precisa ser compreendido. Sempre que seu desejo é realizado, ele o é apenas naquele momento em que você sente o prazer. O Desejo é passageiro, pois assim que você conseguir o que queria, sua mente novamente começa a desejar mais, desejar outras coisas.

A mente existe no ato de desejar e, portanto, a mente nunca pode deixá-lo sem desejos. Se você não estiver desejando nada, a mente morre imediatamente. Esse é todo o segredo da meditação.

Carta 44 - Desejo

Carta 44 – Desejo

A história dessa carta número 44 – Desejo, é significativa. Você já parou para pensar na sua própria tigela de esmolas? Tudo some: poder, prestígio, respeito, riquezas. Tudo isso desaparece e sua tigela de esmolas continua abrindo a boca e pedindo mais. E esse “mais” o tira daqui, do mundo real. Esse desejo lhe afasta desse momento.  (more…)

março 4, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Mente – Esteja aberto a uma nova possibilidade!

Será que desejamos sempre o que é bom para nós? Será que sabemos o que desejar? Será que sabemos realmente o que desejamos?
Tenho certeza que a maioria das pessoas,  se questionadas, dirão que o seu maior desejo é o de serem felizes, e, mais especificamente, dirão que isto se dá através do triângulo saúde, amor e dinheiro.
Mas, se formos investigar um pouco mais além, veremos que muita gente quer, mas não sabe exatamente o que quer. Acho que nem sequer param para pensar no que realmente querem. Vão querendo… Simplesmente querendo.

Carta 43 - Mente

Carta 43 – Mente

Somos o produto do que pensamos, de como pensamos, e podemos facilitar muito o caminho para as coisas chegarem até nós através da nossa forma de pensar, da nossa forma de construir pensamentos, e por conseguinte, os nossos desejos. Devemos focar os nossos desejos e intenções para que eles se venham a realizar.  (more…)

março 1, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Meditação – Você pode encontrar Deus em todo o lugar!

Temos que fazer tudo com a consciência relaxada. Mesmo que sejam as pequenas coisas da vida. Quando você estiver comendo, coma com totalidade – mastigue com totalidade, saboreie totalmente, cheire totalmente. Toque no seu pão, sinta a textura dele. Cheire-o, sinta o sabor. Mastigue-o, deixe-o dissolver-se no seu ser, e permaneça consciente – você estará meditando. A meditação nunca está separada da vida. Se estiver, algo está errado.

Lembre-se – sua vida não é uma distração. Ela é uma ocasião para meditação.

Carta 18  MEDITAÇÃO.

Preste atenção a tudo. Não existe nada “ grande” e nada “pequeno”. Tudo é divino. Você pode encontrar Deus em todo o lugar.

Carta 18 - Meditação

Carta 18 – Meditação

Um discípulo que estava praticando por algum tempo veio ver Ikkyu. Estava chovendo, e ao entrar, deixou seus sapatos e seu guarda chuva do lado de fora. Depois de apresentar seus cumprimentos, Ikkyu perguntou-lhe de que lado de seus sapatos ele havia deixado seu guarda chuva.  (more…)

fevereiro 25, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Simplicidade – Ser simplesmente comum é um milagre!

“A simplicidade é o mais elevado grau de sofisticação”.
Leonardo da Vinci

É muito comum em rodas de conversas ouvirmos: “a vida está difícil, a vida é um martírio, etc.”.

Curiosamente, estas queixas não partem daqueles para quem a vida nunca foi boa. Os queixosos, na maioria, são os mais privilegiados amigos que tenho.

De fato a vida não é fácil todos os dias. Há dias melhores, dias piores e dias mais ou menos. Mas, há pessoas, que diante da mínima contrariedade, por mais simples e leve que seja, soltam o seu pessimismo, clamando drama e a tragédia, por antecipação. A isto eu chamo de querer complicar a vida. Complicam a sua e a de quem com eles convive ou lida, provocando infelicidade, desânimo, e por vezes desespero. Os que assim agem, parece-me quererem mais do que aquilo que a vida lhes pode dar, ou a que têm direito, desvalorizando ou não dando valor ao que realmente têm. Querem mais e mais, e por mais que tenham, nunca estão satisfeitos. Há sempre algo melhor. São pessoas ambiciosas, presunçosas, egoístas, preconceituosas que se julgam superiores a tudo e a todos.

Carta 11- Simplicidade

Carta 11- Simplicidade

Penso que estas pessoas seriam mais felizes se fossem modestas, moderadas e sensatas, resumindo – simples.

Para ser simples não é preciso ser ou tornar-se pobre. As pessoas podem ser simples de várias maneiras, independentemente da sua situação social, intelectual, profissional ou outra. Cada um pode e deve tirar partido de tudo o que a vida lhe dá, levando sempre em conta sua conduta, seu comportamento, seu entendimento, sua tolerância e o sentimento pelos outros.  (more…)

fevereiro 22, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Prece – Não interfira no amor e na prece de outra pessoa!

Muitos acreditam que para falar com Deus é preciso seguir um ritual, talvez ter uma rotina todos os dias, mas na realidade para fazer uma boa oração é apenas preciso ser sincero e de fato falar o que precisa ou deseja. Saiba que não importa a maneira como você falará, mas o importante é sua sinceridade.

No momento em que fizer sua oração, escolha um lugar calmo, onde você não possa ser incomodado. Pode ter certeza que se você O buscar de todo o seu coração, Ele além de te ouvir, também lhe responderá.

Se você não sabe como começar a sua oração, comece chamando-O, então agradeça por tudo o que você possui por tudo o que você é e também pelo privilégio de poder falar com Ele. Peça perdão pelas suas falhas, pelos seus deslizes…

Carta 23- Prece

Carta 23- Prece

Saiba que Ele ouve todas as suas orações, até aquelas são rápidas e que saíram quase sem pensar. Se Ele vai lhe responder ou não depende unicamente de você, afinal de contas você provoca o milagre em sua vida – é você quem começa a mudança. Você apenas precisar crer e primeiramente falar com Ele. Nunca desista de nada, pois Deus quer lhe fazer grande, forte e capaz, basta você fazer a diferença.

Carta 23 – PRECE

Não interfira no amor e na prece de outra pessoa. Abandone a ideia de que você sabe a maneira de amar ou rezar. Simplesmente respeita as outras pessoas; seja qual for sua maneira de amar ou rezar, está é a forma perfeita para elas.  (more…)

« Página anteriorPróxima Página »

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: