A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 4, 2013

EJA – Educação de Jovens e Adultos – como estudar para prestar os exames sem sair de casa!

Minha irmã, a Tereza, do blog Memórias de Tereza quer finalizar os estudos. Isso, para ela, significa concluir o ensino médio. Assim, me perguntou sobre como estudar para prestar o EJA – Educação de Jovens e Adultos (equivalente ao antigo exame supletivo). Tereza é minha irmã mais velha e tem só 3 anos a mais que eu. Meu pai achava que mulher não precisa estudar. Bastava saber ler e escrever! Assim, minhas irmãs foram “preparadas” para o casamento – bastava saber lavar, costurar, cozinhar e cuidar da casa. Nada mais!

Meu pai também achou besteira quando eu disse que queria fazer o segundo grau. Assim, comecei a trabalhar cedo. Quando fiz 18 anos e “consegui ser dono do meu nariz”, voltei a estudar.

Bem, voltando aos desejos da Tereza… Fiz uma pesquisa e vi que a LDB –  Lei de Diretrizes e Bases da educação estabelece o direito das pessoas que não concluíram seus estudos em idade apropriada a possibilidade da conclusão em qualquer época. Contudo ela não diz como isto deve ser feito, ou seja, se é presencial ou por EAD. A LDB, como o próprio nome sugere, determina as bases para a educação, mas como isto vai chegar até as pessoas, depende de várias circunstâncias.

Quando a gente fala em Supletivo a Distância, deve ficar claro que estamos falando que os estudos para as provas do EJA serão feitos a distância e não  a prova, que é realizada fisicamente. Então, quem quiser prestar o EJA pode estudar sem sair de casa, mas terá de fazer a prova presencialmente. (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: