A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 6, 2015

Professores, pobreza, analfabetismo, salários e greve!

O Brasil ocupa os últimos lugares no ranking que avalia o desempenho escolar no mundo:  10% da população é analfabeta e 20% são classificados como analfabetos funcionais – ou seja, um em cada três brasileiros adultos não tem capacidade para ler e interpretar um simples texto. A maioria das Escolas de Ensino Básico funcionam em ambientes degradados, com professores desestimulados por conta da baixa remuneração, pequena inserção social, insalubridade etc., e ainda atormentados pelo medo – medo dos alunos e de seus pais. Não é tão diferente o que acontece nas escolas privadas, cujas mensalidades podem ultrapassar a 4 mil reais – e por lá, a elite arrogante trata os professores de seus filhos como subalternos, não como aliados.

E em um país que há muita ignorância também há muita violência. Segundo artigo que li no El País, de cada 100 assassinatos ocorridos no mundo, 13 ocorrem no Brasil – proporcionalmente, ocupamos o 11º lugar geral no ranking de homicídios. Somos ainda o sétimo lugar entre os países com maior número de mulheres vítimas de violência doméstica, taxa média de 4,5 assassinatos por grupo de 100 mil habitantes, com um saldo, na última década, de 50.000 mulheres mortas. Outras 50.000 pessoas, em sua maioria mulheres, são estupradas por ano. Também por ano acumulamos mais de 120.000 denúncias de maus-tratos contra crianças e adolescentes e 313 homossexuais são mortos por conta de suas opções. (more…)

março 6, 2014

Orgulho de ser brasileiro? Não, obrigado!

Terminei o post de ontem com a frase de um amigo que diz: “Não tenho orgulho de ser brasileiro, apenas me conformo”. Penso como ele. Orgulho é algo que representa muito mais que a sorte de nascer em certa região geográfica. Sentir orgulho é ter a satisfação de sair com os amigos sem ter o medo de ser assaltado ou morto, a satisfação de ser bem atendido nos hospitais públicos, AMAs, UBSs, Prontos Socorros quando necessitado, a satisfação de ter uma educação de qualidade com professores bem pagos, a satisfação de saber que todos têm direitos iguais perante o governo e não só alguns privilegiados de “colarinho branco”, a satisfação de ser ouvido e ser respeitado. E essas satisfações é algo que o Brasil atual não dá a mim e nem à maioria da população.

politico-corrupcao2

O Brasileiro de verdade não quer ser o país do futebol, o país do samba, o país das praias maravilhosas, das mulheres bonitas que são apresentadas ao mundo como “mulheres de vida fácil”, ou o país da gente sorridente. Esse deveria ser o país da justiça, o país da igualdade, o país da educação, o país da paz, o país da gente feliz porque tem os seus direitos respeitados, o país da verdadeira Ordem e Progresso! A Copa do Mundo de 2014, assim como as Olimpíadas de 2016, deveriam ter grandes torcidas, mas não de times de futebol, e sim torcidas de justiça e democracia. (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: