A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

agosto 11, 2017

Cadastramento online de professores para o ano letivo de 2018 está disponível

Candidatos que ainda não fazem parte da rede poderão realizar, pela primeira vez, um cadastro online

A partir de agora, candidatos à contratação para atuar como professores temporários na rede estadual de ensino em 2018 poderão fazer o pré-cadastro pela internet. Até então, o cadastramento era feito pessoalmente.

a_15089

Foto: A2img / Daniel Guimarães

– Clique aqui para ter acesso ao passo a passo para realizar o pré-cadastro

Os candidatos à contratação devem acessar a Secretaria Escolar Digital até o dia 14 de agosto para realizar um pré-cadastro. O edital pode ser conferido nesse link. Em seguida, os dados do candidato serão analisados pela Diretoria de Ensino. (more…)

junho 15, 2015

Internet e vigilância – não estamos sozinhos!

Na rede mundial (internet), nada é gratuito. Sempre que nos interessamos por produto que aparentemente é grátis, é provável que na verdade estejamos pagando por ele com dados. Isso acontece com as redes sociais, os cartões de fidelidade de lojas e supermercados ou com infinitos aplicativos que oferecem serviços mais ou menos relevantes em troca, somente, dos nossos dados pessoais.

internet

Ilustração e informação: Olga Subirós (CC BY-NC-ND-2.0)

Tecnologia e dispositivos que produzem ou armazenam dados de nossas atividades diárias:

1/6/14. Videovigilância: as imagens podem ser interceptadas.

  1. Medidores de eletricidade e termostatos: fornecem informação sobre hábitos.

3/4. Televisores inteligentes e consoles de videogames: possuem câmeras e microfones.

  1. Controles biométricos de entrada e saída.
  2. Monitoramento remoto no trabalho: capturas de tela para medir a produtividade do trabalhador.
  3. Bases de dados pessoais: podem conter dados fiscais e de saúde dos clientes.
  4. Sensores de contagem de pessoas: monitoram o fluxo de compradores e os tempos de compra.
  5. Cartões de fidelidade: em troca de descontos, criam perfis do comprador.
  6. Ibeacons: enviam ofertas para celulares próximos.
  7. Wifi gratuito: pode ser oferecido em troca do acesso ao perfil do Facebook.
  8. Bilhetes de transportes públicos: cartões recarregáveis que produzem dados de deslocamentos.
  9. Redes de bicicletas públicas: registro dos trajetos.
  10. Carros: existem sistemas para ler as placas.
  11. Telefonia móvel: permite geolocalizar.
  12. Câmeras térmicas e sensores sonoros: medem o fluxo de pedestres e níveis de ruído.
  13. Mobiliário urbano que detecta a presença de pedestres.
  14. Sistemas de estacionamento: o pagamento com cartão de vagas azuis e verdes gera dados do usuário.

(more…)

julho 2, 2014

Web Denúncia: ele permite denúncias sigilosas pela internet!

A população de todo o Estado de São Paulo pode registrar denúncias pela Internet, a partir da ferramenta do Disque Denúncia (181), na Web. O site conta com mecanismos de segurança, que garantem o anonimato do denunciante, assim como já acontece no serviço por telefone.

Através deste sistema podem ser feitas denúncias sobre: tráfico de drogas, homicídio, latrocínio, roubo de veículos, roubo (outros), furto de veículos, procurados pela justiça e sequestro. Demais crimes podem ser denunciados através do Disque Denúncia 181.

Através deste sistema podem ser feitas denúncias sobre: tráfico de drogas, homicídio, latrocínio, roubo de veículos, roubo (outros), furto de veículos, procurados pela justiça e sequestro. Demais crimes podem ser denunciados através do Disque Denúncia 181.

Com Web Denúncia o cidadão pode registrar as denúncias usando o computador, o tablet ou celulares que tenham acesso à Internet. A ferramenta tem o objetivo de facilitar o serviço e torná-lo mais prático e ágil. (more…)

maio 23, 2014

Perfil @aminhaempregada, no Twitter, escancara a doença do preconceito no Brasil

Gosto muito de ler o jornal El País. Seus colunistas são fantásticos e há uma versão on line em português para aqueles que não dominam o Espanhol. Li ontem um texto intrigante – algo mais para a coleção das histórias de discriminação que acontecem em nosso País. Falava de um perfil criado no Twitter e que satiriza a herança escravocrata brasileira sob o codinome @aminhaempregada. A pseudo “brincadeira” toca em um assunto sério, a começar pela inclusão do pronome possessivo “minha” no codinome do perfil virtual, que demonstra um papel de posse de alguém que lhe serve. O autor, que preferiu ficar no anonimato, responde os posts preconceituosos de parte dos brasileiros, que em algum lugar de sua imaginação se acham seres superiores em relação a seus empregados.

empregada

Twitter @aminhaempregada

 “Minha empregada não chega, disse que tá sem ônibus, minha casa tá imunda. Vadia, vem andando!”, diz alguém, nem se importando com a greve de ônibus que deixou São Paulo com 260 km de congetionamento no último dia 20. “Minha empregada é anta, ela tava arrumando meu quarto, tocou quatro vezes o celular e ela nem para me levar e nem avisa!”, diz outra, essa sim, uma anta tuiteira. Chocante, não?

Mais chocante ainda é saber que esse tipo de comentário faz parte do cotidiano do brasileiro, mesmo depois de 126 anos da abolição da escravatura. No caso do perfil @aminhaempregada, alguém apenas decidiu reuni-los, para que pudessem ser “apreciados” em toda sua crueza. Mas, há um lado muito positivo dessa história toda. O perfil no Twitter materializa um preconceito que em sua essência é intangível e que ganha a função de espelho, onde o brasileiro pode se reconhecer como um idiota por adotar atitudes similares aos que estão sendo expostos na rede por seus comentários. (more…)

maio 9, 2014

Um estudo oficial revela quais e como são os consumos e hábitos culturais na Argentina

Você é daqueles que criticam os Argentinos? Pois, leia o texto abaixo e veja quem é que deveria ser criticado!

O que, como e quanta música escutam os argentinos? A quais e quantos recitais eles participam? Para que usam seus computadores e a Internet? Quanto dinheiro gastam com cultura? Algumas destas perguntas começaram a ser respondidas dias atrás, quando a Pesquisa Nacional de Consumo Cultural Digital e Meio Ambiente (Encuesta Nacional de Consumos Culturales y Entorno Digital  – ENCCyED) foi apresentada, talvez a última contribuição do secretário de Cultura Jorge Coscia, no governo de Cristina Kirchner.

images

Os dados mostram que nas casas dos argentinos há uma média de 82 livros e 76 CDs de música; também no país se consomem mais de duas horas de rádio e televisão por dia, na internet a maioria acessa o Facebook e eles valorizam muito o cinema nacional. (more…)

março 12, 2014

Hoje, a World Wide Web completa 25 anos!

Em 12 de março de 1989 o britânico Tim Berners-Lee descreveu o protocolo de transferências de hipertextos!

Há exatos 25 anos a Internet não era mais que uma ideia de um especialista em informática e ninguém sonharia que pouco depois a World Wide Web (www) iria se transformar num fenômeno mundial que mudou a vida de bilhões de pessoas. O britânico Tim Berners-Lee trabalhava num laboratório do CERN, Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, quando pensou numa maneira fácil de acessar os arquivos de computadores interconectados. Ele deu forma a essa ideia num artigo publicado no dia 12 Março de 1989, data adotada como a partida para o nascimento da World Wide Web.

A ideia era tão ousada que corria o risco de nunca transformar-se em realidade. “Existiu uma grande dose de orgulho no início do projeto”, disse em entrevista à AFP Marc Weber, criador e curador do programa sobre a história da Internet no Museu da História do Computador em Mountain View, Califórnia. E completou: “Tim Berners-Lee propôs do nada, sem que alguém tivesse pedido, todo esse sistema de gestão de documentos”, e no início os seus colegas o ignoraram por completo. (more…)

fevereiro 6, 2014

Wi-fi grátis no Mercado Municipal de São Paulo e em mais 120 pontos da Capital!

No último dia 23 de janeiro começou a ser implementado em São Paulo o projetoWi-Fi Livre SP. A ideia é espalhar por espaços públicos da cidade o acesso à rede sem fio gratuita e de qualidade para todos. A expectativa é de que a rede atenda mais de 190 mil usuários por mês!

Projeto prevê a instalação de 120 pontos de internet gratuita em praças e parques da capital paulista

Projeto prevê a instalação de 120 pontos de internet gratuita em praças e parques da capital paulista

A partir de hoje os frequentadores do Mercado Municipal de São Paulo poderão acessar gratuitamente a internet pela rede sem fio. O plano Wi-Fi livre foi lançado agora há pouco, às 11h00, pelo prefeito Fernando Haddad no Mercadão, o terceiro ponto turístico da capital a oferecer internet de qualidade, gratuita e sem fio. Antes do Mercadão, o Páteo do Colégio e a Praça Dilva Gomes Martins, em Artur Alvim, na Zona Leste de São Paulo, já contam o serviço. Os próximos locais a receberem o projeto Praças Digitais são o vão livre do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp), as praças Benedito Calixto, em Pinheiros, na Zona Oeste, e Fortunato da Silveira, em São Miguel Paulista, na Zona Leste. (more…)

agosto 7, 2013

A utilização da internet na Educação!

Faz já algum tempo que a distância no que diz respeito ao aspecto geográfico não é mais considerada, mas sim a do ponto de vista cultural, econômico, da educação, das tecnologias da comunicação. 

O que mais está em evidência é a internet que se faz muito presente na educação. Escolas e universidades estão cada vez mais utilizando esse recurso.

Vale a pena conferir a palestra “Como a Internet está mudando nossas vidas?”!

Na internet você encontra muitos tipos de práticas educacionais como: pesquisas, divulgações, etc., que servem como suporte nas atividades de ensino, fornecendo textos, imagens, livros, revistas, vídeos, etc.   (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: