A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

agosto 11, 2017

Cadastramento online de professores para o ano letivo de 2018 está disponível

Candidatos que ainda não fazem parte da rede poderão realizar, pela primeira vez, um cadastro online

A partir de agora, candidatos à contratação para atuar como professores temporários na rede estadual de ensino em 2018 poderão fazer o pré-cadastro pela internet. Até então, o cadastramento era feito pessoalmente.

a_15089

Foto: A2img / Daniel Guimarães

– Clique aqui para ter acesso ao passo a passo para realizar o pré-cadastro

Os candidatos à contratação devem acessar a Secretaria Escolar Digital até o dia 14 de agosto para realizar um pré-cadastro. O edital pode ser conferido nesse link. Em seguida, os dados do candidato serão analisados pela Diretoria de Ensino. (more…)

Anúncios

junho 15, 2015

Internet e vigilância – não estamos sozinhos!

Na rede mundial (internet), nada é gratuito. Sempre que nos interessamos por produto que aparentemente é grátis, é provável que na verdade estejamos pagando por ele com dados. Isso acontece com as redes sociais, os cartões de fidelidade de lojas e supermercados ou com infinitos aplicativos que oferecem serviços mais ou menos relevantes em troca, somente, dos nossos dados pessoais.

internet

Ilustração e informação: Olga Subirós (CC BY-NC-ND-2.0)

Tecnologia e dispositivos que produzem ou armazenam dados de nossas atividades diárias:

1/6/14. Videovigilância: as imagens podem ser interceptadas.

  1. Medidores de eletricidade e termostatos: fornecem informação sobre hábitos.

3/4. Televisores inteligentes e consoles de videogames: possuem câmeras e microfones.

  1. Controles biométricos de entrada e saída.
  2. Monitoramento remoto no trabalho: capturas de tela para medir a produtividade do trabalhador.
  3. Bases de dados pessoais: podem conter dados fiscais e de saúde dos clientes.
  4. Sensores de contagem de pessoas: monitoram o fluxo de compradores e os tempos de compra.
  5. Cartões de fidelidade: em troca de descontos, criam perfis do comprador.
  6. Ibeacons: enviam ofertas para celulares próximos.
  7. Wifi gratuito: pode ser oferecido em troca do acesso ao perfil do Facebook.
  8. Bilhetes de transportes públicos: cartões recarregáveis que produzem dados de deslocamentos.
  9. Redes de bicicletas públicas: registro dos trajetos.
  10. Carros: existem sistemas para ler as placas.
  11. Telefonia móvel: permite geolocalizar.
  12. Câmeras térmicas e sensores sonoros: medem o fluxo de pedestres e níveis de ruído.
  13. Mobiliário urbano que detecta a presença de pedestres.
  14. Sistemas de estacionamento: o pagamento com cartão de vagas azuis e verdes gera dados do usuário.

(more…)

julho 2, 2014

Web Denúncia: ele permite denúncias sigilosas pela internet!

A população de todo o Estado de São Paulo pode registrar denúncias pela Internet, a partir da ferramenta do Disque Denúncia (181), na Web. O site conta com mecanismos de segurança, que garantem o anonimato do denunciante, assim como já acontece no serviço por telefone.

Através deste sistema podem ser feitas denúncias sobre: tráfico de drogas, homicídio, latrocínio, roubo de veículos, roubo (outros), furto de veículos, procurados pela justiça e sequestro. Demais crimes podem ser denunciados através do Disque Denúncia 181.

Através deste sistema podem ser feitas denúncias sobre: tráfico de drogas, homicídio, latrocínio, roubo de veículos, roubo (outros), furto de veículos, procurados pela justiça e sequestro. Demais crimes podem ser denunciados através do Disque Denúncia 181.

Com Web Denúncia o cidadão pode registrar as denúncias usando o computador, o tablet ou celulares que tenham acesso à Internet. A ferramenta tem o objetivo de facilitar o serviço e torná-lo mais prático e ágil. (more…)

maio 23, 2014

Perfil @aminhaempregada, no Twitter, escancara a doença do preconceito no Brasil

Gosto muito de ler o jornal El País. Seus colunistas são fantásticos e há uma versão on line em português para aqueles que não dominam o Espanhol. Li ontem um texto intrigante – algo mais para a coleção das histórias de discriminação que acontecem em nosso País. Falava de um perfil criado no Twitter e que satiriza a herança escravocrata brasileira sob o codinome @aminhaempregada. A pseudo “brincadeira” toca em um assunto sério, a começar pela inclusão do pronome possessivo “minha” no codinome do perfil virtual, que demonstra um papel de posse de alguém que lhe serve. O autor, que preferiu ficar no anonimato, responde os posts preconceituosos de parte dos brasileiros, que em algum lugar de sua imaginação se acham seres superiores em relação a seus empregados.

empregada

Twitter @aminhaempregada

 “Minha empregada não chega, disse que tá sem ônibus, minha casa tá imunda. Vadia, vem andando!”, diz alguém, nem se importando com a greve de ônibus que deixou São Paulo com 260 km de congetionamento no último dia 20. “Minha empregada é anta, ela tava arrumando meu quarto, tocou quatro vezes o celular e ela nem para me levar e nem avisa!”, diz outra, essa sim, uma anta tuiteira. Chocante, não?

Mais chocante ainda é saber que esse tipo de comentário faz parte do cotidiano do brasileiro, mesmo depois de 126 anos da abolição da escravatura. No caso do perfil @aminhaempregada, alguém apenas decidiu reuni-los, para que pudessem ser “apreciados” em toda sua crueza. Mas, há um lado muito positivo dessa história toda. O perfil no Twitter materializa um preconceito que em sua essência é intangível e que ganha a função de espelho, onde o brasileiro pode se reconhecer como um idiota por adotar atitudes similares aos que estão sendo expostos na rede por seus comentários. (more…)

maio 9, 2014

Um estudo oficial revela quais e como são os consumos e hábitos culturais na Argentina

Você é daqueles que criticam os Argentinos? Pois, leia o texto abaixo e veja quem é que deveria ser criticado!

O que, como e quanta música escutam os argentinos? A quais e quantos recitais eles participam? Para que usam seus computadores e a Internet? Quanto dinheiro gastam com cultura? Algumas destas perguntas começaram a ser respondidas dias atrás, quando a Pesquisa Nacional de Consumo Cultural Digital e Meio Ambiente (Encuesta Nacional de Consumos Culturales y Entorno Digital  – ENCCyED) foi apresentada, talvez a última contribuição do secretário de Cultura Jorge Coscia, no governo de Cristina Kirchner.

images

Os dados mostram que nas casas dos argentinos há uma média de 82 livros e 76 CDs de música; também no país se consomem mais de duas horas de rádio e televisão por dia, na internet a maioria acessa o Facebook e eles valorizam muito o cinema nacional. (more…)

março 12, 2014

Hoje, a World Wide Web completa 25 anos!

Em 12 de março de 1989 o britânico Tim Berners-Lee descreveu o protocolo de transferências de hipertextos!

Há exatos 25 anos a Internet não era mais que uma ideia de um especialista em informática e ninguém sonharia que pouco depois a World Wide Web (www) iria se transformar num fenômeno mundial que mudou a vida de bilhões de pessoas. O britânico Tim Berners-Lee trabalhava num laboratório do CERN, Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, quando pensou numa maneira fácil de acessar os arquivos de computadores interconectados. Ele deu forma a essa ideia num artigo publicado no dia 12 Março de 1989, data adotada como a partida para o nascimento da World Wide Web.

A ideia era tão ousada que corria o risco de nunca transformar-se em realidade. “Existiu uma grande dose de orgulho no início do projeto”, disse em entrevista à AFP Marc Weber, criador e curador do programa sobre a história da Internet no Museu da História do Computador em Mountain View, Califórnia. E completou: “Tim Berners-Lee propôs do nada, sem que alguém tivesse pedido, todo esse sistema de gestão de documentos”, e no início os seus colegas o ignoraram por completo. (more…)

fevereiro 6, 2014

Wi-fi grátis no Mercado Municipal de São Paulo e em mais 120 pontos da Capital!

No último dia 23 de janeiro começou a ser implementado em São Paulo o projetoWi-Fi Livre SP. A ideia é espalhar por espaços públicos da cidade o acesso à rede sem fio gratuita e de qualidade para todos. A expectativa é de que a rede atenda mais de 190 mil usuários por mês!

Projeto prevê a instalação de 120 pontos de internet gratuita em praças e parques da capital paulista

Projeto prevê a instalação de 120 pontos de internet gratuita em praças e parques da capital paulista

A partir de hoje os frequentadores do Mercado Municipal de São Paulo poderão acessar gratuitamente a internet pela rede sem fio. O plano Wi-Fi livre foi lançado agora há pouco, às 11h00, pelo prefeito Fernando Haddad no Mercadão, o terceiro ponto turístico da capital a oferecer internet de qualidade, gratuita e sem fio. Antes do Mercadão, o Páteo do Colégio e a Praça Dilva Gomes Martins, em Artur Alvim, na Zona Leste de São Paulo, já contam o serviço. Os próximos locais a receberem o projeto Praças Digitais são o vão livre do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp), as praças Benedito Calixto, em Pinheiros, na Zona Oeste, e Fortunato da Silveira, em São Miguel Paulista, na Zona Leste. (more…)

agosto 7, 2013

A utilização da internet na Educação!

Faz já algum tempo que a distância no que diz respeito ao aspecto geográfico não é mais considerada, mas sim a do ponto de vista cultural, econômico, da educação, das tecnologias da comunicação. 

O que mais está em evidência é a internet que se faz muito presente na educação. Escolas e universidades estão cada vez mais utilizando esse recurso.

Vale a pena conferir a palestra “Como a Internet está mudando nossas vidas?”!

Na internet você encontra muitos tipos de práticas educacionais como: pesquisas, divulgações, etc., que servem como suporte nas atividades de ensino, fornecendo textos, imagens, livros, revistas, vídeos, etc.   (more…)

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: