A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

agosto 5, 2018

Céu e Inferno

Quanto eu era garoto em Rio Claro/SP, passava muito tempo do lado de fora da casa, parte do tempo olhando para o céu da noite. A luz dos postes era bem fraca. Então, a luz da lua era quase a única a desafiar a luz das estrelas. E elas me davam uma sensação inexpressível de admiração. E minha mãe ensinava: “ali está o Cruzeiro do Sul. Aquelas são as Três Marias”. E, ao mesmo tempo dizia: “não aponte as estrelas com o dedo menino!”. Na crença popular, o apontar estrelas com os dedos acarretaria em “ganhar” verrugas nas mãos.

Quando ia para o sítio de meus avós essa admiração pelo céu noturno era ainda maior. Pois o espetáculo que se apresentava frente aos olhos era magnífico por conta da escuridão da noite!

A minha avó paterna, Virgínia Calore Rosin Martini, me disse que o céu ficava ali, “no céu das estrelas”: o lugar onde Deus mora. O lugar onde pessoas boas vão quando morrem.

hieronymus-bosch-garden-of-earthly-delights-art-poster-print_a-G-8830862-0

Insira uma legenda

Ela também me avisou sobre um outro lugar – o inferno. O lugar para onde você vai quando é mau. Aos sete anos de idade, essas ideias eram esmagadoras, assustadoras, inspiradoras, eu acho. E acho que muitas pessoas, não importa qual a sua fé, também tiveram que lidar com esses pensamentos e medos. O que é o céu? E o que é o inferno? Como esses lugares que nunca foram vistos mudaram a forma como nós vivemos na Terra?

Muitas fés têm muitas crenças sobre o céu e o inferno. Céu é simplesmente amor. E esse é o poder do céu e do inferno. Como eles nos afetam emocionalmente? Como nos enchem de amor por nossos irmãos e irmãs? E de medo, o que nos afasta do mal? E de esperança por um futuro melhor?

A fé nos leva a fazer mudanças positivas. Não em um outro mundo. Mas bem aqui na Terra!

março 4, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Mente – Esteja aberto a uma nova possibilidade!

Será que desejamos sempre o que é bom para nós? Será que sabemos o que desejar? Será que sabemos realmente o que desejamos?
Tenho certeza que a maioria das pessoas,  se questionadas, dirão que o seu maior desejo é o de serem felizes, e, mais especificamente, dirão que isto se dá através do triângulo saúde, amor e dinheiro.
Mas, se formos investigar um pouco mais além, veremos que muita gente quer, mas não sabe exatamente o que quer. Acho que nem sequer param para pensar no que realmente querem. Vão querendo… Simplesmente querendo.
Carta 43 - Mente

Carta 43 – Mente

Somos o produto do que pensamos, de como pensamos, e podemos facilitar muito o caminho para as coisas chegarem até nós através da nossa forma de pensar, da nossa forma de construir pensamentos, e por conseguinte, os nossos desejos. Devemos focar os nossos desejos e intenções para que eles se venham a realizar.  (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: