A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

junho 14, 2014

Trud – uma imigrante romena de alma brasileira! Parte 2

Em setembro de 2012 escrevi um texto sobre a Trud, minha vizinha romena que vivia aqui, no prédio onde moro. Quando ela e o marido emigraram para Israel, fugindo do regime comunista “até aliança, eu deixei para trás”, lembrava a Trud. Mais tarde, ela e o marido – já falecido e sepultado no cemitério do Butantã –, se instalaram definitivamente em São Paulo.

032

Seu nome de batismo é Gertrud Milstein e é nascida na Transilvânia, a “terra do Drácula”, como ela mesmo diz.  Há aproximadamente um ano e meio começou a desenvolver o mal de Alzheimer e atualmente vive no Residencial Israelita na Vila Mariana. 

Hoje fiz uma visita a ela. Como de costume, muito simpática e sorridente, veio me receber no corredor e mostrou o apartamento onde vive. Fiquei contente em vê-la feliz, amada e respeitada por todas as cuidadoras do lugar. Andei com a Trud pelos jardins do lugar e ela me dizia: “veja que lindas as palmeiras e árvores. A natureza é linda!”  As vezes ela lembrava quem sou, as vezes não. Perguntava repetidamente sobre sua mãe e eu dizia: “ela está bem, não se preocupe”. (more…)

abril 2, 2014

Na velhice é o momento de retribuir o amor e tudo que aprendemos com nossos avós

Convenhamos – o programa Fantástico, da rede Globo de televisão, não tem nada a ver com o nome. Cada vez mais repetitivo, mais cansativo e chato. Nos últimos domingos uma série de reportagens parece ter dado certo – idosos e adolescentes que viviam em mundos distantes, cada um na sua, passaram a conviver juntos. E juntos, descobriram afinidades e surgiu uma bela amizade no quadro “Entre gerações”.

abuelos1

Aqui, como em muitos países, a população de idosos vem aumentando cada vez mais. A expectativa é que no ano de 2050 o país tenha aproximadamente 63 milhões de pessoas na “melhor idade”. Isso, numa projeção, seria de 72 idosos para cada 100 jovens, segundo dados do Ministério da Saúde. Devemos reconhecer o quanto antes a importância dos idosos na sociedade e fazer com que o carinho e o respeito que merecem seja uma tarefa diária de cada um de nós. Afinal, com toda a sabedoria e bagagem de experiência, eles nos ensinaram lições de vida e cuidaram da gente enquanto precisávamos. E na velhice é o momento de retribuir o amor e tudo que aprendemos com eles. Os laços familiares são o que há de mais importante na vida e, por isso, é uma alegria saber que os nossos avós estão presentes e participando frequentemente das atividades em família.  (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: