A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 20, 2021

Dia da Língua Portuguesa

05/5/21 Dia da Língua Portuguesa

por Eduardo Affonso

Volta e meia alguém olha atravessado quando escrevo “leiaute”, “becape” ou “apigreide” – possivelmente uma pessoa que não se avexa de escrever “futebol”, “nocaute” e “sanduíche”.

Deve se achar um craque no idioma, me esnobando sem saber que “craque” se escrevia “crack” no tempo em que “gol” era “goal”, “beque” era “back” e “pênalti” era “penalty”. E possivelmente ignorando que esnobar venha de “snob”.

Quem é contra a invasão das palavras estrangeiras (ou do seu aportuguesamento) parece desconsiderar que todas as línguas do mundo se tocam, como se falar fosse um enorme beijo planetário. As palavras saltam de uma língua para outra, gotículas de saliva circulando em beijos mais ou menos ardentes, dependendo da afinidade entre os falantes. E o português é uma língua que beija bem.

Quando falamos “azul”, estamos falando árabe. E quando folheamos um almanaque, procuramos um alfaiate, subimos uma alvenaria, colocamos um fio de azeite, espetamos um alfinete na almofada, anotamos um algarismo.

Falamos francês quando vamos ao balé, usamos casaco marrom, fazemos uma maquete com vidro fumê, quando comemos um croquete ou pedimos uma omelete ao garçom; quando acendemos o abajur pra tomar um champanhe reclinados no divã ou quando um sutiã provoca um frisson.

Falamos tupi ao pedir um açaí, um suco de abacaxi ou de pitanga; quando vemos um urubu ou um sabiá, ficamos de tocaia, votamos no Tiririca, botamos o braço na tipoia, armamos um sururu, comemos mandioca (ou aipim), regamos uma samambaia, deixamos a peteca cair. Quando comemos moqueca capixaba, tocamos cuíca, cantamos a Garota de Ipanema.

(more…)

junho 11, 2014

“Amigos de Aluguel: você vai viajar? “Alugue” um morador local e fuja dos roteiros turísticos comuns!

O site Rent a local friend foi criado em 2010 pela carioca Alice Moura, que morava em Lisboa e costumava levar amigos e conhecidos para passear pela cidade.

 Se você é desses viajantes que gosta de fugir de roteiros habituais dos turista, como visitas guiadas, com filas enormes, nos museus, vai gostar dessa novidade novidade: o projeto Rent a Local Friend nasceu para incentivar quem viaja a alugar uma pessoa pra passar umas horas na cidade, em programas alternativos.

[vimeo http://vimeo.com/55903175]

Usá-lo é simples. Disponível em inglês, alemão, francês, italiano, espanhol e, claro, português, o site tem uma base de pessoas dispostas a serem guias por um dia em todos os continentes. Há “amigos locais” em lugares como Indonésia, Austrália, África do Sul, México, Estados Unidos, Noruega, Itália, Portugal e Brasil, isso para pontuar apenas alguns lugares. Para conseguir o guia especializado, que estará pronto para mostrar os espaços fora dos pontos turísticos tradicionais, é preciso enviar um e-mail com o pedido e o destino.  (more…)

abril 19, 2013

Estando em Roma, faça como os Romanos!

Como viajar para um país que fala idioma diferente do nosso? Dica – seja sem vergonha! Não tenha medo de errar, de dizer que não entendeu. Aproveite essa situação em que ninguém te conhece e solte a língua sempre que possível! Além de ser uma forma de estar em contato com a cultura do país, você será melhor tratado, não importa onde estiver. Por exemplo,  se estiver viajando por algum país vizinho aqui da América do Sul, tente falar espanhol – só um pouquinho, mesmo que seja apenas o elementar! Chegar no restaurante gritando que quer algo e em português e falando pausado, tipo assim – GA-LI-NHA –  como se o garçom fosse surdo, não é certeza de que ele entenderá o que você quer.

A língua que você vai escutar nas ruas, conversando com as pessoas, é diferente daquela dos livros didáticos, CDs e DVDs que possa ter se utilizado antes de viajar, que é mais modulada e pausada. Mas não se sinta intimidado, você já conhece algumas palavras e expressões na língua que está estudando, e com o tempo, você irá se acostumar a escutar novas pronúncias. Tenha cuidado com as traduções ao pé da letra que muitas vezes podem não significar aquilo que está pensando que é! Gestos ajudam muito na hora do aperto. Não se acanhe, vale tudo para que a pessoa com quem você está se comunicando entenda a sua mensagem. Tentar explicar com outras palavras mais simples e dar exemplos também é válido. Numa viagem, descansar só é válido só quando for voltar para casa! Vá para a rua, escute, fale, leia, converse, observe como as pessoas vivem. A oportunidade de conhecer outra cultura enriquece muito a aprendizagem.

E você, tem alguma dica ? Já viveu alguma situação interessante ao se comunicar em outra língua? Poste-a aqui!

Abaixo, segue um pequeno Guia da Sobrevivência, para o Espanhol, que achei interessantíssimo e que retirei do Blog O Viajante Comilão

Guia de sobrevivência: bom dia é buenos días, obrigado é gracias, vinho é vino e se toma em copa (taza é só para café), garrafa é botella, jantar é cena, gorjeta é propina, talheres são cubiertos (garfo é tenedor, faca é cuchillo e colher é cuchara), contestar é responder, cartão é tarjeta, molho é salsa, presente é regalo, vermelho é rojo, cachorro é perro, lugar é sitio, campo de futebol é cancha, um momento é um rato, bolso é bolsillo, pó é polvo e polvo é pulpo, comida deliciosa é exquisita, batatas fritas são papas, cabelo é pelo, perto é cerca, hoje é hoy, longe é lejos, amanhã é mañana, cedo é temprano, suco é jugo, frango é pollo, saia é falda, dançar é bailar, calça é pantalón, rua é calle, bêbado é borracho, vingar-se é desquitarse, rubio é loiro, carro é coche, quente é caliente, sobremesa é postre, salada de frutas é macedonia, banana é plátano, pêssego é durazno, sorvete é helado, gelado é frio, leite é leche, desnatado é descremada, vitamina é batido, chá é té (e não “tchá”), refrigerante é gaseosa. Café preto é café negro (ou café solo), e eles não tem a menor idéia do que seja um “café carioca”.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: