A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

junho 15, 2015

Internet e vigilância – não estamos sozinhos!

Na rede mundial (internet), nada é gratuito. Sempre que nos interessamos por produto que aparentemente é grátis, é provável que na verdade estejamos pagando por ele com dados. Isso acontece com as redes sociais, os cartões de fidelidade de lojas e supermercados ou com infinitos aplicativos que oferecem serviços mais ou menos relevantes em troca, somente, dos nossos dados pessoais.

internet

Ilustração e informação: Olga Subirós (CC BY-NC-ND-2.0)

Tecnologia e dispositivos que produzem ou armazenam dados de nossas atividades diárias:

1/6/14. Videovigilância: as imagens podem ser interceptadas.

  1. Medidores de eletricidade e termostatos: fornecem informação sobre hábitos.

3/4. Televisores inteligentes e consoles de videogames: possuem câmeras e microfones.

  1. Controles biométricos de entrada e saída.
  2. Monitoramento remoto no trabalho: capturas de tela para medir a produtividade do trabalhador.
  3. Bases de dados pessoais: podem conter dados fiscais e de saúde dos clientes.
  4. Sensores de contagem de pessoas: monitoram o fluxo de compradores e os tempos de compra.
  5. Cartões de fidelidade: em troca de descontos, criam perfis do comprador.
  6. Ibeacons: enviam ofertas para celulares próximos.
  7. Wifi gratuito: pode ser oferecido em troca do acesso ao perfil do Facebook.
  8. Bilhetes de transportes públicos: cartões recarregáveis que produzem dados de deslocamentos.
  9. Redes de bicicletas públicas: registro dos trajetos.
  10. Carros: existem sistemas para ler as placas.
  11. Telefonia móvel: permite geolocalizar.
  12. Câmeras térmicas e sensores sonoros: medem o fluxo de pedestres e níveis de ruído.
  13. Mobiliário urbano que detecta a presença de pedestres.
  14. Sistemas de estacionamento: o pagamento com cartão de vagas azuis e verdes gera dados do usuário.

(more…)

março 27, 2015

Curso Cidadania Fiscal – por EaD e gratuito

cidadaniafiscal

O curso Cidadania Fiscal oferece 1.600 vagas para toda a sociedade e faz parte das ações do PNEF – Programa Nacional de Educação Fiscal, através da ESAF – Escola de Administração Fazendária, que é quem gerencia o Programa.

O conteúdo está relacionado ao exercício da cidadania, à ética e à educação fiscal, visando o aprimoramento da relação participativa e consciente entre o cidadão e o Estado e a defesa permanente das garantias constitucionais.

O curso é gratuito, a carga é de 20 horas, que serão cumpridas no período de 2 de abril a 4 de maio, de acordo com a disponibilidade de tempo do inscrito.

As inscrições gratuitas podem ser feitas aqui e seguem até 31 de março.

maio 18, 2014

O Uruguai e a regulamentação do comércio da Maconha

Como disse o presidente do Uruguai, José Mujica: “Alguém tem de ser o primeiro”, quando lhe perguntaram por que havia decidido regulamentar o comércio da maconha. No início de maio foi apresentada a lei de 104 artigos mediante a qual regulamentaria a produção, distribuição e venda da maconha. Já se sabe qual será o preço, a quantidade máxima que se poderá cultivar em casa ou em clubes, o que se poderá comprar na farmácia e até a forma como os consumidores deverão identificar-se. A lei aprovada na semana passada pelo Conselho de Ministros, determinada como serão convocadas empresas que desejem cultivar a cannabis e, se tudo transcorrer conforme o previsto, no começo de dezembro se poderá comprar nas farmácias até um máximo de 10 gramas de maconha por semana, por pessoa.

Fonte: Folha de São Paulo

Haverá três formas de acesso à maconha: na farmácia, mediante o cultivo em casa e associando-se a um clube de consumo. O secretário-adjunto da Presidência, Diego Cánepa, disse que o preço oscilará entre 20 e 22 pesos uruguaios. Ou seja, entre 0,87 e 0,95 dólar. Portanto, o preço máximo de compra por mês será por volta de 35 dólares por pessoa.

Com a criação do Instituto de Regulação e Controle da Maconha na semana passada, um órgão que será responsável pela distribuição de licenças e registro dos consumidores de maconha no país, é a última etapa da implementação da lei que tem o ambicioso objetivo de combater o tráfico de drogas. (more…)

janeiro 2, 2013

Dicas para viver bem em 2013…

Saúde:
1. Beba muita água;
2. Coma ao café da manhã como um rei, ao almoço como um príncipe e ao jantar como um pedinte;
3. Coma o que nasce em árvores e plantas, e menos comida produzida em fábricas;
4. Viva com os 3 E’s: Energia, Entusiasmo e Empatia;
5. Arranje tempo para orar;
6. Jogue mais jogos;
7. Leia mais livros do que já leu;
8. Sente-se em silêncio pelo menos 10 minutos por dia;
9. Durma 8 horas por dia;
10. Faça caminhadas de 20-60 minutos por dia e, enquanto caminha, sorria.

Personalidade:   (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: