A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 16, 2021

Prefeitura lança Manual Ilustrado do Centro Histórico de São Paulo

Cartilha ilustrada traz dicas e orientações para que proprietários e locatários de 380 imóveis no perímetro do Triângulo Histórico recuperem as suas fachadas e tornem a arquitetura dessa região ainda mais valorizada.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) e a São Paulo Urbanismo, acaba de publicar o “Manual Centro Histórico – Manutenção, Conservação, Reforma, Restauro”. O objetivo é sensibilizar a população quanto à importância da paisagem urbana, orientando as ações individuais e coletivas que possam ajudar a manter e preservar a cidade. Confira aqui a publicação.

Mapa do Centro Histórico de São Paulo

O caderno tem como área de estudo o Triângulo Histórico, recorte especial do Centro formado pelas ruas Benjamin Constant, Boa Vista e Líbero Badaró, com área de aproximadamente 185 mil m² e por onde circulam diariamente 600 mil pessoas. A ideia do Manual é incentivar e orientar os proprietários e locatórios dos 380 imóveis contidos nesse perímetro para que mantenham ou promovam as devidas intervenções nas suas fachadas a fim de realçar a beleza da arquitetura de São Paulo.

Cabe destacar que no perímetro do projeto todos os imóveis são tombados ou encontram-se em áreas envoltórias de tombamento. A cartilha foi elaborada de forma ilustrada, a fim de facilitar e ampliar o acesso à informação quanto às normas legais para esses bens, além de prestar orientações sobre a inserção de elementos na paisagem tendo em vista a valorização, reforma e preservação do imóvel.

(more…)

fevereiro 3, 2014

São Paulo e seu patrimônio arquitetônico – o lado bom de morar no centro!

A São Paulo do século 19 pode ser considerada uma cidade de arquitetura européia, influenciada pelas escolas francesa e italiana. A São Paulo atual ainda tem belos exemplares de edifícios do passado que resistiram ao descaso, à depredação, à decadência que por muitos anos imperou no centro e revelam muito sobre a cidade que não pode parar.

Mesmo com a especulação imobiliária que desfigura o centro de São Paulo com prédios horrorosos, mais de 100 desses antigos edifícios foram registrados pelo fotógrafo santista Juan Esteves no livro Capital – São Paulo e seu patrimônio arquitetônico (você pode baixar o livro clicando aqui). A publicação reúne, em 276 páginas, 153 imagens do centro histórico paulistano registradas pelo fotógrafo Juan Esteves. A curadoria é de Antonio Carlos Abdalla e o trabalho de pesquisa de Denise Lorch.

Este slideshow necessita de JavaScript.

É mais que um livro bonito com fotos em preto e branco de prédios como esse abaixo, construído em 1912 e que abrigou a Casa Médici, pioneiro no uso do concreto armado em seus sete andares, ocupados por escritórios, na Rua Libero Badaró – que para mim é a mais bonita de São Paulo.  (more…)

janeiro 17, 2013

Morar no Centro de São Paulo – prédios invadidos

Os hotéis Cambridge, Othon, Lord, foram invadidos.

Durante um bom tempo o Othon Palace Hotel, em pleno centro, foi referência no setor de hotelaria. Há pouco tempo foi invadido por cerca de 800 pessoas. Passo por lá todos os dias, quando venho para o trabalho. Causa-me bastante tristeza ver o abandono e degradação em que o lugar se encontra. Todos vocês, meus leitores, sabem que adoro o centro e morar nele para mim é algo especial. Meu sonho seria morar na Rua Líbero Badaró, que ainda considero uma das mais bonitas dessa cidade, apesar do abandono. E é onde fica o Othon!

Fundado no ano de 1954, por ocasião das comemorações do quarto centenário da cidade de São Paulo. Teve seu apogeu nas décadas de 1960 e 70, hospedando chefes de Estado, como a rainha Elizabeth II da Inglaterra, no ano de 1968. Em seu último andar havia o Chalet Suisse, restaurante de luxo da cidade. Com a degradação do centro da cidade, e hóspedes dando preferência a hotéis da região da Avenida Paulista e da zona sul, encerrou suas atividades no final de 2008 quando já estava operando por mais de um ano com prejuízos financeiros. Em 2009 o prédio foi declarado de utilidade pública. Em 2011, quando prefeito Gilberto Kassab, ocorreu a hipótese de destinar o prédio para abrigar órgãos da Prefeitura, por estar próximo ao gabinete do prefeito, no Edifício Matarazzo, no Viaduto do Chá. Mas, o processo de desapropriação foi interrompido, pois o prédio foi ocupado por grupo de sem-teto. Fonte Wikipédia

O prédio do Othon Palace Hotel fica na esquina da Rua Libero Badaró com o Viaduto do Chá. Aquilo deve ter sido o máximo do chique. Ainda dá orgulho de ver o prédio, a Praça do Patriarca, o Viaduto do Chá e a imponência do Teatro Municipal. Mas, daria muito mais orgulho se tudo fosse limpo e conservado.  (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: