A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

julho 10, 2017

Prefeitura reativa “Fonte dos Desejos” da Praça Ramos de Azevedo!

Já tinha escrito aqui no blog sobre os  monumentos e fontes da cidade de São Paulo em estado de abandono.

Sábado, em uma de minhas caminhadas pelo centro, tive uma grata surpresa. A Prefeitura de São Paulo reativou a “Fonte dos Fesejos” situada na Praça Ramos de Azevedo, no centro da cidade, ao lado do Theatro Municipal. De acordo com a Prefeitura Regional da Sé, foram realizadas obras para restabelecer o fornecimento de água e energia elétrica para o monumento. Pensei que morreria sem ver essa fonte novamente em funcionamento!

Este slideshow necessita de JavaScript.

A “Fonte dos Desejos — Glória” faz parte do conjunto escultórico realizado pelo arquiteto italiano Luiz Brizzolara em 1922 e foi inspirada na fonte dos desejos de Roma (Fontana di Trevi). A fonte integra o Monumento a Carlos Gomes, formado por um conjunto de 12 esculturas, representando a música, a poesia e personagens das óperas mais famosas do músico. (more…)

Anúncios

janeiro 22, 2017

São Paulo e o descaso com sua História, ou, como educar uma população…

Moro no centro de São Paulo e a cada dia que passa fico assustado com a situação de abandono que se encontra a cidade e a maioria de seus monumentos históricos. Hoje gostaria de falar sobre dois deles A Fonte Monumental, da Praça Júlio de Mesquita e a Fonte dos Desejos, no Vale do Anhangabaú.

A Fonte Monumental, da Praça Júlio de Mesquita, foi restaurada há alguns anos e já esteve em estado de abandono novamente até uns dias atrás. Vidros quebrados foram substituídos, mas moradores de rua, alguns vândalos que moram nos arredores chutam bola em seus vidros e já presenciei algumas pessoas invadindo a área cercada. Cada vez mais acho que é a população que precisa de conserto e não a cidade. Como dizia minha avó – povo sem educação tem a aquilo que merece.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Fonte Monumental é apenas mais um dos vários monumentos paulistanos que estão abandonados à própria sorte por toda a cidade. E, segundo o jornal O Estado de S.Paulo, seu restauro custou cerca de R$430 mil reais!

E ela, inaugurada em 1927, está mais uma vez funcionando, mas, pelo que percebo logo entrará novamente em processo de deterioração.  (more…)

abril 29, 2014

São Paulo e suas fontes e chafarizes abandonados!

Vários chafarizes da cidade de São Paulo estão secos e sujos. Os instalados na Praça da Sé e República estão funcionando, mas, servem de piscina para o banho de desocupados, para lavar roupas e depósito de sujeiras. Ponto positivo para os servidores da limpeza urbana, que tentam diariamente, e a todo custo, deixar os chafarizes e lagos limpos – mas, com uma população que parece ter saído da Idade Média, não é fácil manter tais equipamentos urbanos em condições desejáveis.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Símbolo de convivência comunitária no século 19, tais equipamentos agora refletem a degradação do espaço público em São Paulo em plena metrópole.
Não há água no chafariz da Ladeira da Memória nem em qualquer outro chafariz do Vale do Anhangabaú. Situação idêntica se encontra o chafariz da Avenida Nove de Julho. (more…)

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: