A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

julho 19, 2013

Lamentações…

Não tenho dormido bem esses dias… E não sei bem o que está acontecendo. Não fico pensando em marcianos ou coisa parecida. Mas sim, em coisas do trabalho que não saem da cabeça, vão, voltam, parecem sumir e logo estão lá de novo…

Reclamações… Os amigos do trabalho reclamam de tudo e demais… O que está acontecendo com as pessoas? Não gostam disso, não gostam daquilo, não gostam de si…

Tem gente demais no mundo com a síndrome do “ninguém me ama”. Lembram-se da música?

“Ninguém me ama
Ninguém me quer
Ninguém me chama
De “meu amor”
A vida passa
E eu sem ninguém
E quem me abraça
Não me quer bem.

Vim pela noite tão longa,
De fracasso em fracasso
E, hoje, descrente de tudo
Me resta o cansaço,
Cansaço da vida,
Cansaço de mim,
Velhice chegando
E eu chegando ao fim”

Isso tudo faz voltar algumas lembranças de infância. Se recordam da hiena Hardy? Aquela do desenho e que vivia dizendo: “Oh dia, Oh vida, Oh azar”. Pois é! Parece que todos estão vivendo uma contaminação coletiva.  (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: