A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

março 8, 2012

A comida, a fome e as lembranças de minha infância.

Esse post tem a ver com a minha caminhada de hoje até o trabalho. Tem a ver com os moradores de rua – que estão espalhados as dezenas pelo caminho que faço. E principalmente com a visão triste que tive – um homem quase moribundo, deitado sobre seus trapos e abrindo um saquinho onde tinha restos de comida. E ele a comia jogando-a aos punhados, boca adentro, feito um bicho esfomeado…

Minha mãe, seus irmâos e meu avô, na casa simples em que moravam.

A minha mãe era uma das mais velhas entre seis irmãos. Quando tinha 15 anos e apenas com a 4ª série primária, teve que cuidar dos menores, pois Delfina, a mais velha deles (que contava com 18 anos), casou-se…  Assim minha mãe  ficou responsável por cuidar e criar o restante dos irmãos. Sua mãe, minha avó Tereza Bianchini Graciolli, a qual não conheci, havia falecido. Ainda era muito jovem. A Família Graciolli morava na Mata Negra, em uma fazenda que ficava nas proximidades de Rio Claro/SP. (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: