A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 15, 2013

Consumo consciente!

Podemos definir o conceito de consumo consciente como uma atitude e comportamento de consumo mais humanos e conscientes do impacto ambiental dos produtos, tendo em conta todo o seu ciclo de vida, desde a produção até ao seu consumo. Propõe mudanças nos padrões de produção, distribuição e consumo e a salvaguarda dos bens ambientais.

Consumo consciente significa mais qualidade de vida. Isto não quer dizer que devemos deixar de consumir. Devemos, sim, consumir de forma diferente, de uma maneira em que os bens e serviços deixem de ser um fim nas nossas vidas e ocupem o seu verdadeiro lugar, passando, apenas, a ser meios para vivermos mais e melhor, de maneira sustentável e solidária.

planeta

Consumir de forma consciente significa mais horas de lazer e menos no trânsito, significa economia de água, de energia e de recursos naturais, significa prestar atenção ao que compramos e lembrar que cada produto tem uma história que é a “cadeia de produção”. Todos os fornecedores e empresas integrados nessa cadeia devem ser tão responsáveis quanto o consumidor. O consumidor consciente deve exigir produtos éticos e saudáveis, sem publicidade enganosa, sem poluição ambiental, sem desperdício de recursos naturais e de energia e sem qualquer tipo de exploração no trabalho. (more…)

outubro 3, 2012

Por que e para que pagamos impostos? Quem gosta de pagar impostos?

A resposta parece óbvia. No entanto, na medida em que nós, como contribuintes, percebemos o quanto é importante para o bem comum o cumprimento com as obrigações fiscais, é possível assumir este dever como um ato de responsabilidade social, e não como uma obrigação legal.

Consciência fiscal – O pagamento de impostos é um ato que envolve cultura cívica!

Em países com níveis mais elevados de desenvolvimento e, portanto, de educação, as taxas de evasão são bem abaixo daqueles países que estão em vias de alcançar o desenvolvimento.

Primeiro isso se deve à consciência que existe na população sobre a importância de pagar os seus impostos e da responsabilidade social que isso implica e, segundo, pela capacidade de comprovar que a sua contribuição, somada a de todos os contribuintes, rende frutos no desenvolvimento do seu país.

A corrupção e a evasão fiscal são socialmente inaceitáveis em países como a Suécia. Já no Brasil, como demonstram vários estudos, o caso não é o mesmo, podendo em alguns casos a conotação social do fenômeno ser exatamente oposta.

Quem não paga seus impostos está cometendo não só fraude fiscal, mas está prejudicando todos os cidadãos e, de uma forma muito especial, a aqueles que cumprem com suas obrigações.

O que se entende por cumprimento das obrigações fiscais? 

Garantir o adequado cumprimento das obrigações dos cidadãos, pagando seus impostos e garantir que as despesas da receita efetivamente tenham como destino as necessidades comuns.  (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: