A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

dezembro 2, 2015

Lançamento do livro: “Trilhos e Eucaliptos: a Ferrovia e a Floresta em Rio Claro”

O livro “Trilhos e Eucaliptos: a Ferrovia e a Floresta em Rio Claro” apresenta oito artigos que foram enriquecidos com a pesquisa iconográfica feita pelo Arquivo e por fotógrafos profissionais, voluntários e participantes de concursos fotográficos e em projetos do Arquivo de Rio Claro. O lançamento ocorrerá na Floresta Estadual, dia 11 de dezembro, às 17h30! O evento é aberto para toda a comunidade. Paralelamente haverá o lançamento dos Cartões Postais – “Coleção Aspectos da Cidade”. Somente para os presentes haverá a distribuição de postais gratuitos.

Trilhos e Eucaliptos

O capítulo 5 do livro inspira-se em minha dissertação de mestrado em História Social pela USP. No texto que elaborei para esse livro, dividido em duas partes, abordo, em primeiro lugar, a especificidade de um acervo documental – o caso do Herbário da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (FEENA). Tal acervo – o depositário do material científico das investigações que documentam as pesquisas do Serviço Florestal – registra as andanças profissionais de Edmundo Navarro de Andrade rumo à silvicultura moderna. Essa parte do texto também relata a importância ímpar da existência, manutenção e conservação do arquivo genético de plantas às investigações da ciência no passado, nos dias de hoje e para o futuro. Relata a degradação que o Herbário da FEENA sofreu e ainda sofre com a carência de verbas e de pessoas para maiores cuidados e preservação. (more…)

março 3, 2015

Hilda Hilst em ocupação no Itaú Cultural

“O teatro surgiu numa hora de muita emergência, em 1967, quando havia a repressão. Eu tinha muita vontade de me comunicar com o outro imediatamente. Como não podia haver comunicação cara a cara, então fiz algumas peças, todas simbólicas, porque eu não tinha nenhuma vontade de ser presa, nem torturada, nem que me arrancassem as unhas. Então fiz, por analogia, várias peças que qualquer pessoa entenderia o que se pretendia dizer numa denúncia. Fiz oito peças e, depois, parei. Era só uma emergência daquele momento em que eu desejava uma comunicação mais imediata com as pessoas. Mas também não deu certo. As pessoas vão ao teatro para se divertir, ninguém vai ao teatro para pensar.” (Um diálogo com Hilda Hilst. Entrevista concedida a Nelly Novaes Coelho, Rio Claro, Arquivo Municipal, 1989).

hilda-hilst

No mesmo evento uma ouvinte pergunta se Hilda havia aprendido pintura, ao que escuta como resposta: “Não, não aprendi pintura. Às vezes, quando fico muito tensa e não consigo escrever, aí eu pinto, desenho um pouco.”

Tive o prazer de conhece-la pessoalmente quando fui buscá-la em uma tarde chuvosa em Corumbataí/SP, onde estava hospedada em casa de amigos. Hilda seria entrevistada por Nelly Novaes Coelho em um ciclo de palestras, promovido em 1989, pela Profa. Dra. Ana Maria de Almeida Camargo e que recebeu o nome de “Feminino Singular”. O evento aconteceu no Arquivo Público e Histórico do Município de Rio Claro, onde trabalhei de 1985 até 2002. Adorava o meu emprego no Arquivo e só saí de lá por conta do baixo salário. Caso contrário estaria por lá até hoje! Hilda veio sentada ao meu lado, em meu Fuscão branco, ano 1975, falante, simpática e fumando muito. Durante os poucos quilômetros que separam Corumbataí de Rio Claro, conversamos sobre plantas e cachorros, sua paixão. Hoje ela está sendo homenageada e relembrada num grande evento aqui em São Paulo. (more…)

janeiro 28, 2015

O Fundo Plínio Salgado, que está sob a guarda do Arquivo Público e Histórico de Rio Claro/SP, recebeu o selo da UNESCO

A nota abaixo vem diretamente do Facebook do Arquivo município Público e Histórico de Rio Claro, que acaba de  receber o selo da Unesco pelo Fundo Plínio Salgado, que se encontra sob sua guarda. A cerimônia de outorga do título aconteceu no mês passado na sede do Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro.

O Arquivo Público de Rio Claro esteve representado na solenidade por sua coordenadora Ana Maria Penha Mena Pagnocca, que recebeu o certificado de inscrição do acervo de Plínio Salgado no Registro Nacional do Brasil, do Programa Memória do Mundo da Unesco – Memory of the World – MoW.

ana

Ana Maria Penha Mena Pagnocca, que recebeu o certificado de inscrição do acervo de Plínio Salgado no Registro Nacional do Brasil, do Programa Memória do Mundo da Unesco – Memory of the World – MoW.

Na condição de uma das primeiras funcionárias da autarquia, desde sua criação em 1979, Ana Maria Pagnocca acompanhou todo o processo de inscrição do fundo do líder integralista para concorrer a uma vaga de nominação como patrimônio documental da humanidade.

(more…)

outubro 12, 2014

Plínio Salgado – seu acervo que está no Arquivo Público e Histórico de Rio Claro recebe selo da Unesco

 Quem passa aqui pelo A Simplicidade das Coisas sabe que por quase 17 anos fui servidor público no Município e Rio Claro e lotado no Arquivo Público e Histórico de Rio Claro/SP, Autarquia Municipal onde aprendi tudo o que sei sobre Arquivologia, onde fiz amizades que mudaram o rumo de minha vida, pessoas estas as quais sou eternamente grato, principalmente a Profa. Dra. Ana Maria de Almeida Camargo e Ana Maria Penha Mena Pagnocca.

O Arquivo cuida da história passada e a ser vivida pelos cidadãos Rioclarenses do século XXI, demonstrando seu respeito para o passado e ajudando a construir a história do presente. O trabalho que ali é desenvolvido tem reconhecimento mundial.

Este slideshow necessita de JavaScript.

_Legendas imagens Fundo Plínio Salgado Relise FPS Unesco

E hoje recebi o informativo que segue, vindo da assessoria do Arquivo, que me deixou muito feliz. Nos anos que trabalhei no Arquivo e tenho certeza que ainda hoje, historiadores do mundo todo buscam informações para seus trabalhos acadêmicos no Acervo de Plínio Salgado. Convivi durante alguns anos com a Sra. Carmela Patti Salgado, esposa de Plínio Salgado, a qual, no final dos anos 80 e início dos anos 90 esteve presente na instituição auxiliando-nos a identificar o preciosos acervo de seu marido. (more…)

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: