A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

março 13, 2020

Espírito brincalhão – Osho

Filed under: amor,Coisas que eu gosto,Saúde,Uncategorized,Yoga — Augusto Jeronimo Martini @ 16:57
Tags: , , ,

A partir do momento em que você acredita que a vida é leve e que tudo que nos ameaça pode ser criação da nossa própria mente e do nosso imaginário ilusório, parece que um grande alívio invade a nossa alma e um novo mundo de possibilidades se abre à nossa frente.

No texto da carta isto está escrito da seguinte maneira: “O Zen excluiu-se do mundo sério. Criou um mundo próprio muito divertido, cheio de risos, no qual até os grandes mestres se comportam como crianças.”

Olhe bem para a carta e veja que a personagem dela celebra a vida irradiando luz e brilho de todo o seu corpo. Ela não se importa com que os outros vão falar dela. Apenas caminha sentindo-se capaz de encantar as crianças com sua cara de palhaço e com seus gestos largos e destemidos, sorrindo para a vida, criando a música da sua existência.

Para esta carta, Osho tem a seguinte interpretação: “Quando o Valete do Fogo entra em sua vida é um sinal de que você está preparado para receber o novo. Alguma coisa maravilhosa está despontando no horizonte e você tem exatamente a qualidade da inocência e da lucidez para recepcioná-la de braços abertos”.

É isso que propomos a você. Abra seu coração para o mundo onde a alegria, o bom humor e o otimismo são seus companheiros dia e noite. A mente acredita em seus pensamentos e os transforma em crenças e ações.

Se precisar de uma forcinha, aqui está um exercício com imagens mentais para você fazer durante 7 dias. Se gostar dos resultados pode repetir por mais 14 perfazendo um total de 21 dias. Se estiver fazendo algum outro exercício com imagens mentais espere acabar o ciclo que já começou, imprima este e aguarde para começar depois de fazer um intervalo de 7 dias entre o que acabou e o que vai começar. Sua mente precisa de um tempo para mudar de assunto.

Então, lembrando sempre que deve estar sentado, com os olhos fechados, pés firmemente apoiados no chão, mãos sobre as pernas, respire lentamente até sentir que está calmo e tranqüilo e relembre sua mente que sua intenção é conseguir enxergar o novo.

E veja, sinta, perceba ou imagine-se sentado perto de uma janela da onde você vê uma praça. Nesta praça tem um coreto e uma banda toca algo dentro deste coreto. Imagine crianças e adultos dançando ao ritmo desta melodia. Sinta quanta alegria e inocência existe nesta cena. Levante-se dessa cadeira e saia correndo na direção dessa festa. Entre neste grupo alegre e comece a dançar com todos sentindo todo seu corpo balançar e seu coração bater radiante de alegria, pleno de inocência. Então, respire e abra os olhos.

Nota: Se ao ouvir a banda tocar perceber que a música que o conjunto toca é lenta e triste abra os olhos imediatamente. Respire uma vez e recomece o exercício ouvindo uma música viva e muito alegre.

por Izabel Telles

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

alimmentos.wordpress.com/

congelados veganos

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: