A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 28, 2019

50 coisas que você tem que fazer em São Paulo pelo menos uma vez na vida

Fonte: Guia da Semana – https://www.guiadasemana.com.br/

Quem mora em São Paulo (ou conhece bem a cidade) sabe que existem programas quase que obrigatórios. Não por serem badalados ou algo do tipo, mas pelo fato de que oferecem diferentes pedacinhos do melhor da capital.

Pensando nisso, o Guia da Semana listou 50 coisas que você tem que fazer em SP pelo menos uma vez na vida. Confira:

* Vale lembrar que diante da imensidão de nossa cidade, existem muitos outros lugares e programas incríveis que não estão na lista. Esta é apenas uma das muitas possibilidades de seleção. Caso você ache que algum local deveria estar na matéria, sugira nos comentários.

FAZER UMAS COMPRINHAS NA 25 DE MARÇO

Faça chuva ou faça sol, a Rua 25 de Março está sempre lotada. Tradicional quando o assunto é compra barata, o local, que oferece artigos decorativos, passando por bijuterias, calçados, óculos, roupas, tecidos, utensílios domésticos, guarda-chuvas, equipamentos eletrônicos e muitas bugigangas.

TOMAR UMA CERVEJA NO TRADICIONAL BAR BRAHMA CENTRO

Bar Brahma do Centro era reduto de intelectuais, músicos e políticos nas décadas de 50 e 60. O bar foi resgatado em 2001 pelos empresários Álvaro Aoas e Luis Marcelo, e hoje aposta temporadas fixas de nomes da velha-guarda do samba ou MPB em seu salão principal.

São cerca de 1500 apresentações por ano. Entre elas, destaque para artistas como Cauby Peixoto, Demônios da Garoa, Mariana Belém e Elza Soares. Para beber, escolha entre as boas caipirinhas e o chopp Brahma.

AZER UM HAPPY HOUR EM UM DOS BARES DA AUGUSTA E ESTICAR PARA BALADA

A região da rua Augusta sempre teve e sempre terá uma das noites mais vivas da cidade de São Paulo. Seus bares e casas noturnas recebem gente de todos os estilos e é abrigo para qualquer um que queira curtir as melhores baladas e bons momentos no happy hour.

Sugestões: Caos, Ibotirama, Igrejinha, Violeta Bar, Bar Augusta 472, Exquisito, Tex, The Pub, Dona Teresa…

(more…)

novembro 27, 2019

A poliglota da praça

Moro e trabalho no centro histórico de São Paulo. São 25 minutos de caminhada até a Escola de Governo e outros 25 minutos na volta pra casa, na avenida Vieira de Carvalho. Caminhada que faço com o maior prazer, todos os dias, apesar do cheiro e da sujeira que imperam na “SP.megalópole”.

Quase obrigatoriamente “me obrigo” a passar pela Praça da Sé. Para observar a rotina da cidade, os passantes e, principalmente, os moradores de rua.

Cercado de tanta gente, uma pessoa em especial sempre chamou a minha atenção. A mulher da foto atrai minha atenção e desperta minha curiosidade. Dela gostaria de ter maiores informações. [Por isso, caro leitor, se souber algo sobre ela, registre no espaço de comentários, após o texto. Agradeço!]

Ela está quase sempre por lá, em qualquer horário do dia. Sentada ou deitada aos pés desta frondosa árvore que você vê na foto, quase na “boca” da entrada principal da estação Sé do metrô, vizinha do posto da guarda municipal.

(more…)

novembro 26, 2019

Curso Online “Criança em paz: meditação do coração”

Fonte: Visão Futuro

Como a meditação infantil transformou a vida de professores e alunos.

O programa Transforma Escola, idealizado pela Dra. Susan Andrews e desenvolvido pelo Instituto Visão Futuro para Facilitadores que buscam espalhar o bem-estar na educação, foi aplicado para professores do ensino fundamental na cidade de Tabapuã, São Paulo.

O objetivo desse programa era ajudar os professores e reconhecê-los como profissionais que têm uma grande responsabilidade de educar, mas estão sobrecarregados e estressados com todas as demandas da profissão. 

No decorrer do programa foram ensinadas aos professores técnicas de relaxamento, respiração profunda, escuta empática, bem como a forma ideal deles mostraram às crianças na sala de aula como reconhecerem suas emoções e se acalmarem através da respiração profunda e da meditação.

O resultado foi surpreendente! 

Professores relataram que melhoraram significativamente sua capacidade de entender os desafios e necessidades dos alunos, o que resultou em uma conexão maior entre professor-alunos.

Além do mais, os alunos também estavam mais calmos e concentrados por aplicar as técnicas de meditação. 

Segundo Eduardo, de 8 anos, um dos alunos da escola: “A classe fica muito calma” (durante e após as práticas de meditação).

E ele continua:

“Eu já estava tentando tirar 10 em matemática há muito tempo, mas o máximo que consegui foi 9,5. Depois que comecei a meditar, finalmente consegui tirar o meu 10!”.

Transforme também a vida de suas crianças preenchendo-as com mais alegria, paz e autocontrole, praticando os exercícios do curso online “Criança em Paz – Meditação do Coração”.

Esse curso foi desenvolvido pela Dra. Susan Andrews, do Instituto Visão Futuro, para promover a harmonia na escola e na família, ajudando as crianças a meditarem e a terem uma mente em paz.

A criança que fizer este curso certamente irá potencializar seu desenvolvimento, vai aumentar sua aprendizagem, fortalecer sua saúde, e sentir mais alegria e amor no coração!

Pesquisadores e estudiosos de diversas partes do mundo estão descobrindo que uma ciência antiga e milenar, quando aplicada na vida das crianças, tem um poder transformador.

(more…)

novembro 22, 2019

Oxigênio contra o estresse – respire!

Filed under: amor,Coisas que eu gosto,Educação,Saúde,Uncategorized,Yoga — Augusto Jeronimo Martini @ 15:54
Tags: , ,

Fonte: Coluna da Dra. Susan Andrews na Revista Época, publicado no livro Por uma Vida de Verdade, ed. Ágora

A respiração e a única função fisiológica que se pode fazer tanto completamente consciente como completamente inconsciente.

Ondina, de acordo com a mitologia germânica, era uma linda e imortal ninfa das águas, que se casou com um garboso cavaleiro mortal, mesmo sabendo que tal união era proibida e que ele estava condenado a morrer caso lhe fosse infiel. Quando o marido de Ondina a traiu, a funesta profecia se consumou. Na peça de Jean Giraudoux sobre essa lenda, enquanto o cavaleiro perdia suas funções autônomas, ele exclamou: “Um fugaz momento de desatenção e eu me esqueci de respirar. Eles dirão que eu morri porque era demasiado incômodo respirar”.

Assim como o cavaleiro da ninfa Ondina, pode ser que estejamos prejudicando nossas vidas porque frequentemente, nestes dias de estresse galopante, parece “demasiado incômodo” respirar corretamente. Desde o momento em que acordamos de manhã, sacudidos pelo despertador, até o “relaxamento” da TV à noite, somos bombardeados por estímulos que superativam nosso sistema nervoso e agitam nossa respiração. Estudos demonstram que o mero ato de se sentar e colocar os dedos das mãos no teclado de um computador perturba nosso ritmo respiratório.

(more…)

novembro 21, 2019

As 50 comidas e bebidas mais lembradas de Sampa

As 50 comidas e bebidas mais lembradas de SAMPA foram reunidas em uma lista. Quantas delas você já experimentou?

Veja e faça seu ranking!
1 — Feijoada — do Sujinho, na Consolação
2 — Pastel com Caldo de Cana — da Barraca do Zé, na Feira do Pacaembu
3 — Sanduíche de Pernil — do Bar Estadão, Viaduto Nove de Julho
4 — Bauru — do Ponto Chic, no Largo do Paiçandu
5 — Disco de Fraldinha — do Lambe-Lambe, em Higienópolis
6 — Pão de Queijo com Carne de Panela — da Venda Baianeira, na Barra Funda
7 — Picadinho — do Bar da Dona Onça, na Avenida Ipiranga
8 — Coxinha — do Veloso, na Vila Mariana
9 — Croissant de Chocolate — da Benjamin, em Higienópolis
10 — Virado à Paulista — do Bar do Vardemá, na Mooca
11 — Dadinho de Tapioca — do Mocotó, na Vila Medeiros
12 — Talharim à Corano — da Cantina Piolin, na Rua Augusta
13 — Sanduíche de Mortadela com Pão — do Mercado Municipal
14 — Esfiha de Carne — da Esfiha Juventus, na Mooca
15 — Batida de Maracujá com Limão — do Cu do Padre, em Pinheiros
16 — Hambúrguer — do Seu Oswaldo, no Ipiranga
17 — Mousse de Chocolate — do L’Entrecôte d’Olivier, na Avenida Lorena
18 — Espaguete à Carbonara — da Famiglia Mancini, na Rua Avanhandava
19 — Penne do Bruno — da Cantina C… Que Sabe!, no Bixiga

(more…)

novembro 18, 2019

Pão caseiro, pão de mãe

A noite passada sonhei com minha mãe. Ela estava na cozinha de nossa casa sovando a massa do pão.
No final da tarde lembrei do sonho e resolvi fazer pão. Comecei a preparar tudo, separei os ingredientes, sem nenhuma receita – 70% de trigo branco, 30% de trigo sarraceno, aveia, sementes de abóbora, girassol, linhaça, quinoa, ervas de Provence, sal, açúcar, azeite, água, fermento biológico seco.

Tenho o modo de preparo de minha mãe guardado na memória, mas quis inovar e comecei a misturar, sovar, deixei descansar e coloquei para assar.

Assim que ele foi para o forno o perfume de pão fresquinho tomou conta do apartamento, me levou de volta para a infância e pude matar pelo menos um pouco das saudades daqueles momentos que sem dúvida me fizeram amar e apreciar o tempo gasto ao preparar uma receita para quem você ama, exatamente como minha mãe fazia.

novembro 8, 2019

“Algoritmos entendem você melhor do que você mesmo se entende” – Yuval Harari

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo
Por: Morris Kachani – 05 de novembro de 2019

Yuval Harari, historiador e filósofo israelense, autor da trilogia best seller Sapiens, Homo Deus e 21 Lições para o Século 21, esteve em um evento corporativo da HSM na manhã de hoje, onde apresentou um impressionante painel sobre o futuro da humanidade. Eis a transcrição de sua fala:

Quero usar esta oportunidade para falar sobre os novos desafios que nossa espécie vai enfrentar no século 21. Mas antes, talvez fosse bom mencionar todas as grandes conquistas da humanidade no passado recente, como inspiração para superar este novo momento.

Acredito que a maior conquista da humanidade foi superar a fome, por muitos anos considerada nossa grande inimiga. No passado, a maioria das pessoas conviveu com a fome. Hoje, mesmo com desastres naturais como as secas, ninguém morrerá de fome. Mesmo nos países em desenvolvimento, mais pessoas morrem por comer demais, do que de menos. A fome sumiu do mundo. Hoje a única fome que existe é a fome política.

Foto: HSM Open Space

Em países como Iêmen, Sudão, Síria, ainda se morre de fome, mas apenas porque políticos e governos querem que seus povos passem fome.

O segundo ponto foi a superação das infecções. Hoje mais se morre de doenças associadas à velhice do que de infecções. Antigamente as pessoas morriam mais jovens, não viviam o suficiente para morrer de câncer.

O terceiro ponto, foi de que conseguimos superar guerra e violência. Antigamente a guerra era entendida como algo natural de um mundo imperfeito, e que apenas Deus poderia resolver as coisas através de milagre. Pode não parecer, mas estamos vivendo a era mais pacífica da história. Tão pacífica que o significado de paz no mundo, mudou. Antigamente paz significava falta temporária de guerra. Hoje significa improbabilidade de guerra.

(more…)

novembro 5, 2019

A imigração Italiana no Brasil

No dia 2 de junho é celebrada A festa della Repubblica Italiana. A imigração italiana no Brasil teve como ápice o período entre 1880 e 1930, período em que meus antepassados para cá migraram, vindo trabalhar nas fazendas de café.

Em 11 dezembro de 2015 o “Globo Repórter” abordou esse tema em uma excelente matéria sobre “A imigração italiana no Brasil”.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: