A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

fevereiro 21, 2017

Dia do Imigrante Italiano – 21 de fevereiro

“A vida é o nosso maior tesouro, mas é passageira. Um dia vem a morte, o único evento comum a todos, que iguala reis e plebeus, burgueses e camponeses, pobres e ricos e todos voltam ao pó do qual somos formados. Das existências vividas restam apenas as obras e as memórias, que serão tesouros efêmeros para os que ficam, que por fim também se vão, e assim também as gerações seguintes… e a névoa do passado acaba por encobrir a história daqueles a quem devemos a nossa existência. Mas, desde o maior conquistador ao mais humilde lavrador, todo ser humano que vive dignamente do seu trabalho e com ele oferece aos seus filhos a oportunidade ímpar de existir, merece o reconhecimento e a admiração das gerações futuras. Estas vidas, com todos os seus sonhos, emoções, alegrias e tristezas, fazem parte da aventura que permitiu estarmos hoje aqui. Se deixarmos que as suas memórias morram, estaremos enterrando uma parte de nós mesmos; uma parte que está nos nossos genes, na nossa aparência, na nossa personalidade.” 
(citação retirada de http://www.ortensi.com/historia/index.php#intro)

genova-em-1900

Porto de Gênova, em 1900

Hoje, 21 de fevereiro, no Brasil é comemorado o Dia do Imigrante Italiano.

Giuseppe Martini, meu tataravô, veio para um mundo desconhecido, com a ilusão de “fazer a América”, de ficar rico, esperando dar aos seus filhos a educação e a esperança que ele não pode ter. Chegou no Porto de Santos em 10 de abril de 1886, no Vapore Perseo. No Brasil, toda sua família teve uma vida de luta e abnegação. Foram exemplos de coragem. Emigrou, enfrentando um grande desafio movido pelo amor à família. Luigi Matini tinha 16 anos quando chegou e por aqui se casou (em Araras/SP).

hospedaria-dos-imigrantes

Meu avô paterno, Primo Martini, foi um grande mestre que muito ensinou a todos os seus filhos e netos. Das memórias que guardo dele, tiro o exemplo de trabalho árduo e esmerado cuidado com tudo aquilo que fazia. Lavrava a terra e dela tirou o sustento da família e criou seus filhos. Que tiveram vidas simples, quase sem estudo, mas que também tiveram seus filhos e os criaram com honradez. Antonio, meu pai, e Maria, minha mãe, foram e sempre serão a minha fonte de motivação e orgulho.

navio-perseo

Vapore Perseo – foi nesse navio que os Martini chegaram ao Brasil

Espero viver a minha vida à altura de tudo o que eles fizeram por mim e pelas minhas irmãs, pois, com seu amor e abnegação, sempre estiveram dispostos a tirar o pão do seu próprio prato para nos garantir alimento, dedicando-nos toda a energia de suas vidas. Com meu pai, aprendi quais são as maiores qualidades que um homem pode ter em sua vida: responsabilidade, dedicação e honestidade. Com minha mãe, que sempre tinha um sorriso nos lábios por pior que fosse a situação, que nunca se aquietou frente as situações e sempre tinha disposição para tudo, aprendi a nunca parar de sonhar com um amanhã melhor e mais feliz.

lista-passageiros-vapore-perseo_pdf

propaganda

Propaganda da imigração ao Brasil feita na Itália

No cartaz está escrito (propaganda enganosa, é claro!):

Terras no Brasil para os Italianos
 
Navios em partida todas as semanas do Porto de Gênova

Venham construir os seus sonhos com a família

Um país de oportunidades. Clima tropical, víveres em abundância. Riquezas minerais.

No Brasil vocês poderão ter o seu castelo.

O governo dá terras e ferramentas a todos.

Leia outros posts que escrevi sobre imigração italiana e minha família

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2015/07/16/cidadania-italiana-um-longo-caminho-a-percorrer/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2011/04/07/cidadania-italiana-minha-saga-para-consegui-la/#more-1326

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2017/01/30/cidadania-italiana/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2013/04/24/arvore-genealogica-da-familia-martini/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2011/08/16/meu-pequeno-tesouro-o-novo-testamento-do-meu-bisavo-edicao-de-1861/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2014/11/25/a-familia-martini-de-rio-clarosp/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2014/11/25/a-familia-martini-de-rio-clarosp-parte-2/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2006/02/28/a-aventura-da-familia-martini-parte-1/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2006/03/08/a-aventura-da-familia-martini-parte-2/

https://asimplicidadedascoisas.wordpress.com/2017/02/13/a-aventura-da-familia-grazioli/

Anúncios

4 Comentários »

  1. Giuseppe Martini, foi um exemplo de homem, que deve ser exaltado e imitado pelas gerações futuras. Veio para um país distante, cheio de sonhos, enfrentou muitas batalhas, construiu uma família equilibrada se está perpetuando através de seus descendentes.

    Curtir

    Comentário por Nora Pires — fevereiro 22, 2017 @ 11:43 | Responder

    • Oi Nora. Agradeço sua visita. Abraços. Augusto

      Em 22 de fevereiro de 2017 11:43, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — fevereiro 22, 2017 @ 11:46 | Responder

  2. Olá, estou também em busca da minha família, mas muitos passos distantes do seu!!! Meu pai perdeu pai e mãe com cinco anos de idade e foi criado em orfanato junto com o irmão, que ficou com os documentos mas acabou sumindo com eles. Meu avô se chamava Pedro Conde, era filho de José Conde e Stella Martini. Será que ela era da sua família? Estou há mais de vinte anos em busca de pistas, mas não desisto!!! Obrigada pelo imenso auxílio, Beatriz Conde Miranda

    Curtir

    Comentário por Beatriz Conde Miranda — março 7, 2017 @ 2:06 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: