A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

janeiro 12, 2016

Potsdam – uma jóia rara nas proximidades de Berlim

Situada geograficamente entre bosques e lagos, rodeada de palácios e lendas. Essa é Potsdam, uma bela cidade da Alemanha, onde aconteceu a Conferência de Potsdam (entre 17/07 a 02/08/1945) – na qual foram definidos os novos contornos do mapa geo-político posterior a Segunda Guerra Mundial (foi o centro dos acontecimentos durante a Guerra Fria) – e cidade onde se tomou uma das decisões militares mais brutais de toda a história da humanidade: o lançamento da bomba atômica.

Potsdam é uma pequena cidade que fica há mais ou menos de 30 km de Berlim e chega-se até lá de forma muito fácil e prática – por trem (cerca de uma hora de viagem). Excelente roteiro para um bate e volta de um dia. Ela é conhecida principalmente por seu legado histórico como antiga residência dos reis da Prússia (séc. XIV), por seus diversos castelos e parques incomparáveis. Tem o brilho e a glória da Prússia, a tradição como cidade de grandes mestres da arquitetura e  dos cientistas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há cerca de 300 anos, a cidade de Potsdam, que era uma guarnição militar, tornou-se uma das residências mais suntuosas da Europa. Os reis prussianos, especialmente Friedrich Wilhelm I e seu filho, Friedrich II, realizaram por lá e em torno da cidade um sonho barroco. Seus sucessores complementaram a paisagem com grandes monumentos do classicismo. Em 1990 foi declarada patrimônio cultural da UNESCO. Ali estão os Jardins de Sanssouci, Neuer Garten, Babelsberg, Glienicke e a ilha Pfaueninsel com seus castelos. Em 1992 juntaram-se a eles o castelo e parque de Sacrow e a igreja Heilandskirche, e em 1999 a lista foi aumentada com mais 14 monumentos, entre eles o castelo e parque de Lindstedt, a Colônia Russa Alexandrowka, o belvedere sobre a colina de Pfingstberg, a estação Kaiserbahnhof e o observatório no parque Babelsberger. São, ao todo, cerca de 500 hectares de parques que incluem 150 edificações do período entre 1730 e 1916. Também vale a pena ser visto o centro histórico de Potsdam. O Alter Markt, a igreja de São Nicolau, ou St.-Nikolaikirche, o jardim Lustgarten, a antiga prefeitura e o antigo palácio municipal formam um conjunto arquitetônico magnífico. No centro da praça Marktplatz há um obelisco de 16 metros de altura onde estão representados os grandes arquitetos de Potsdam – Knobelsdorff, Schinkel, Gontard e Persius. Atrás do mercado, um pouco escondida entre as casas, fica a praça do novo mercado, Neuer Markt, construído nos séculos XVII e XVIII – uma das praças barrocas mais bem conservadas da Europa. Mas há muito mais!

A antiga Potsdam possui três grandes portas de entrada para a cidade, cada uma delas mais bonita que a outra: a Brandenburger Tor, ou Porta de Brandemburgo (parecida com a de Berlim, só que menos suntuosa), um arco do triunfo monumental para lembrar a Guerra dos Sete Anos, a Jägertor, que leva o nome da zona de caça real ao norte da cidade, e a Nauener Tor, em estilo neogótico inglês. Potsdam tornou-se o centro da ciência na Alemanha. Nela há cerca de 30 instituições de pesquisa.

Mas, sem dúvida, a maior atração da cidade é o palácio de Sanssouci. Foi a residência de Frederico o Grande, rei da Prússia. Está em restauro, mas há uma área acessível ao público que inclui a sala de visitas, o quarto do rei, os quartos dos convidados, a biblioteca e o quarto de música.

Uma das curiosidades sobre este rei é que deixou em testamento que queria ser enterrado junto aos seus cães, porque eram a coisa que mais amava, além da música. Dizem que ele gostava de mulheres, mas não da dele.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: