A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

dezembro 30, 2015

Os números de o “A Simplicidade das Coisas ” em 2015

Filed under: Uncategorized — Augusto Jeronimo Martini @ 12:45

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2015 deste blog.

Aqui está um resumo:

O Museu do Louvre, em Paris, é visitado todos os anos por 8.5 milhões de pessoas. Este blog foi visitado cerca de 140.000 vezes em 2015. Se fosse o Louvre, eram precisos 6 dias para todas essas pessoas o visitarem.

Clique aqui para ver o relatório completo

dezembro 23, 2015

O cemitério monumental de Milão: um museu a céu aberto

Há aqueles que se opõem certa resistência à idéia de uma tarde no cemitério, mas esse é tão bonito que vale a pena vê-lo. Primeiro quero falar dos cerca de 250.000 metros quadrados dele, o que é difícil de ser capaz de ver tudo de uma vez, mas, estranhamente se você tiver tempo, você vai querer voltar calmamente para outra visita se tiver tempo. Não há nada de sombrio nele, muito menos assustador. O Cemitério Monumental é uma coleção de arquitetura e esculturas que não se entregam em dor e tristeza, mas que, pelo contrário, sabem dar aquela sensação de Paz freqüentemente encontrada em um lugar como este. Estive nele hoje e por ser começo de inverno, com árvores nuas e pouca luz, senti algo melancólico e romântico ao mesmo tempo. Mas suas avenidas no outono são tingidas com ouro por causa da cor das folhas das árvores, e no verão deve-se caminhar em um jardim tranquilo rico de pequenos edifícios que ladeiam as ruas e cruzamentos regulares. (more…)

dezembro 2, 2015

Lançamento do livro: “Trilhos e Eucaliptos: a Ferrovia e a Floresta em Rio Claro”

O livro “Trilhos e Eucaliptos: a Ferrovia e a Floresta em Rio Claro” apresenta oito artigos que foram enriquecidos com a pesquisa iconográfica feita pelo Arquivo e por fotógrafos profissionais, voluntários e participantes de concursos fotográficos e em projetos do Arquivo de Rio Claro. O lançamento ocorrerá na Floresta Estadual, dia 11 de dezembro, às 17h30! O evento é aberto para toda a comunidade. Paralelamente haverá o lançamento dos Cartões Postais – “Coleção Aspectos da Cidade”. Somente para os presentes haverá a distribuição de postais gratuitos.

Trilhos e Eucaliptos

O capítulo 5 do livro inspira-se em minha dissertação de mestrado em História Social pela USP. No texto que elaborei para esse livro, dividido em duas partes, abordo, em primeiro lugar, a especificidade de um acervo documental – o caso do Herbário da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (FEENA). Tal acervo – o depositário do material científico das investigações que documentam as pesquisas do Serviço Florestal – registra as andanças profissionais de Edmundo Navarro de Andrade rumo à silvicultura moderna. Essa parte do texto também relata a importância ímpar da existência, manutenção e conservação do arquivo genético de plantas às investigações da ciência no passado, nos dias de hoje e para o futuro. Relata a degradação que o Herbário da FEENA sofreu e ainda sofre com a carência de verbas e de pessoas para maiores cuidados e preservação. (more…)

dezembro 1, 2015

Palacete Conde de Sarzedas e o Museu e Centro Cultural do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

Hoje, durante o meu horário de almoço, estive com a minha amiga Vera Grellet na Rua Conde de Sarzedas, visitando o Museu do Tribunal de Justiça, que está instalado em um palacete que pertenceu ao referido Conde.
Abaixo algumas informações sobre a rua e as fotos que fizemos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Rua Conde de Sarzedas é uma importante rua comercial localizada no Centro Histórico de São Paulo, no distrito da Sé. Recebeu esse nome em homenagem ao 5º Conde de Sarzedas. Atualmente é um dos maiores polos de comércio de produtos evangélicos do País. Na esquina com a rua Conselheiro Furtado há um grande terreno baldio onde o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo há tempos planeja construir um complexo de três edifícios para abrigar todos os gabinetes dos 360 desembargadores, a fim de evitar o trânsito de processos volumosos entre o Palácio da Justiça e o Edifício Nove de Julho (número 100 da rua). A obra ainda não se iniciou devido a uma contestação judicial do projeto no STJ . O Edifício Nove de Julho é um prédio moderno em aço e vidro que cerca o Palacete de Conde Sarzedas, na esquina com a rua Tomás de Lima – formando um interessante contraste arquitetônico. (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: