A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 10, 2014

O caminho de Santiago de Compostela – uma de minhas próximas viagens! Parte 2

Novamente estou pensando sobre o caminho de Santiago de Compostela. E acho que em 2015 finalmente acontecerá!

Sei que esta aventura requer certa preparação…. espiritual, física, econômica e também algum tempo (mais ou menos 33 dias!) e principalmente uma boa dose de espírito de sacrifício!

Caminho Francês

Caminho Francês

Pretendo fazer o Caminho a pé e não penso em faze-lo num grupo grande. Talvez eu e mais três pessoas. Como todos sabem, uma viagem começa muito antes do dia da partida – então os preparativos já começaram e tudo está sendo anotado. Existem várias rotas, farei a mais famosa, que é a do Caminho Francês e tem cerca de 800 km. Essa rota inicia em  Saint Jean Pied-du-Port, próximo à fronteira nordeste espanhola (uma cidade de referência é Pamplona, onde se chega no terceiro dia de caminhada). Segundo conhecidos que já fizeram, esse é o caminho mais tradicional, muito bem sinalizado e com abundância de albergues.

O peregrino usa uma credencial, que pode ser obtida nas Associações dos Amigos do Caminho, um passaporte onde são registrados os locais por onde irá passar. Ao final a credencial lhe dá direito à “Compostela”, uma espécie de diploma de peregrino. Caminharei por 30 dias até Santiago de Compostela. Ou seja, vou caminhar uma média de 26 km por dia!

Serão 30 dias de meditação e reflexão entre belas paisagens, castelos e igrejas, estradas com mais de mil anos de história. E a fé não me fará desistir – mesmo com muitas bolhas nos pés o desânimo e o cansaço não me desmotivarão. No caminho ter desapego é essencial para que tudo corra bem –  isso que dizer levar somente o essencial na mochila.

Muitos amigos vão dizer que sou louco por andar um mês inteiro, dormindo em camas desconfortáveis, mantendo uma dieta duvidosa, com tendões inflamados e bolhas nos pés e ainda pagar por isso. Mas, fico pensando no seguinte: quando terei outra oportunidade de ter tempo para mim, não tendo de fazer nada mais do que simplesmente pensar e conversar com estranhos sobre minhas questões? Perguntas como: Sou feliz? Devo ficar ou ir embora? Foi culpa minha? Por que isso aconteceu comigo? E a maior de todas: Como eu posso perdoar ele/ela/eles/Deus/a mim mesmo? Sei que irei encontrar peregrinos de corações partidos, órfãos de todas as idades, desempregados, bêbados, esportistas e muita gente cheia de esperança de encontrar paz, perdão ou simplesmente um novo começo.

E tenho certeza – o efeito em mim será o mesmo que gastaria com dez anos de terapia!

Torçam por mim para que eu consiga realizar mais esse sonho!

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: