A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

outubro 22, 2014

Candidato envolvido em processos ou condenado na Justiça ou nos Tribunais de Contas tem pouca influência sobre o voto do eleitor

Um levantamento da ONG Transparência Brasil, apontou que muitos candidatos aos governos estaduais que terão segundo turmo no próximo domingo respondem a processos judiciais. São ações que tratam de crimes como corrupção ativa e passiva, abuso de poder econômico, improbidade administrativa, irregularidade em contas públicas, uso indevido de meios de comunicação, fraude em licitações, enriquecimento ilícito e compra de votos. Há Estados (ou unidade da federação) onde os dois concorrentes respondem a processos movidos pelo Ministério Público ou por Tribunais de Contas. Estes estados ou U.F. são Paraíba, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Amapá e Rondônia.

images

Há, inclusive, candidatos que já tiveram seus mandatos cassados, outros que foram condenados para responder em regime aberto…

E o que dizer disso? Que mesmo o fato de um candidato estar envolvido em processos ou ter sido condenado na Justiça ou nos Tribunais de Contas tem pouca influência sobre o processo decisório do eleitor. E veja: não são pessoas desinformadas que votam nesses corruptos!

Temos a Lei da Ficha Limpa que já vale para essas eleições, mas o fato desses candidatos não terem sido impedidos de concorrer a um cargo público é porque em alguns casos, os processos ainda não foram concluídos ou os recursos ainda estão sendo analisados pelos Tribunais. E assim, esses pseudo larápios puderam concorrer normalmente.

Segundo a pesquisa da ONG Transparência Brasil, a maioria dos concorrentes é homem, branco e rico. Apenas uma mulher disputa o segundo turno, Suely Campos (PP-RR), que substituiu o marido Neudo Campos, barrado por ser ficha suja. Com relação aos recursos financeiros, os candidatos que disputam a segunda etapa tem, em média, um patrimônio de 1,6 milhão de reais cada um.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Ou seja, não adianta mudar as leis se a mentalidade do povo não mudar!

    Curtir

    Comentário por Ana Gerin — outubro 23, 2014 @ 12:33 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: