A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 28, 2014

Museu da Imigração do Estado de São Paulo

Acabo de ler uma notícia a qual me deixou muito feliz – no próximo sábado será reaberto o Museu da Imigração do Estado de São Paulo (antiga Hospedaria de Imigrantes e Centro Histórico do Imigrante).

Os registros da passagem de meus ancestrais, imigrantes italianos, tanto do lado de pai quando do lado de mãe – pobres e humildes, embora extremamente corajosos – está registrada lá. Em meados dos anos 1800 e início do século 20, milhões de imigrantes italianos chegaram ao porto de Santos para trabalhar nas plantações de café.  Era um período em que a Itália inteira enfrentava um grande período de crises quando o triste episódio da emigração se iniciou.

Detalhe da fachada do Museu da Imigração do Estado de São Paulo

Detalhe da fachada do Museu da Imigração do Estado de São Paulo

Não os conheci em vida. Mas tenho comigo o relógio de bolso que Luigi Martini, meu bisavô, trouxe da Itália e a sua Bíblia. Esse Roskopf Patente não foi, com certeza, o único bem que herdei deles. Há outros mais preciosos que carrego comigo e que nunca serão roubados. Entre eles está esse amor incontido que devoto aos humildes e puros de coração. (more…)

Não existem anjos entre nós: somos todos corruptos! Parte 2

Continuando com o tema do post anterior, não só eu, mas muitos ficam aborrecidos e entediados  com a época das eleições. O que se vê e ouve é muita mentira, muita omissão. Fico pasmo com a cara-de-pau de nossos políticos. Fazem promessas fantásticas, que todos sabemos que não vão ser cumpridas. O passado é apagado como se tivesse sido escrito com giz. Erros? Onde? Ninguém os cometeu, só os adversários.  Dura constatação. Aliados de ontem, digladiando-se. Adversários de anteontem se abraçando. O que o eleitor pode fazer?

eleições

E ainda somos obrigados a ouvir os candidatos que durante a campanha dizem: “Sou a favor da Educação, da honestidade, e contra a corrupção!” Oras… Isso todos deveriam ser, não?

Nos jornais e em todos os meios de comunicações, declarações de personalidades dizendo que o povo não sabe votar. De modo geral, as pessoas – sendo pobres, da classe média ou ricas – votam visando os seus próprios interesses. Por que os comerciantes optam por aqueles que prometem reduzir os impostos? Por que os fazendeiros votam nos candidatos ruralistas? Por que os industriais escolhem os que prometem dar mais incentivos, como isenção de impostos, à indústria? (more…)

maio 27, 2014

Não existem anjos entre nós: somos todos corruptos!

Este ano tem eleição. Logo começam as propagandas político partidárias, onde os candidatos vêm com aquela conversa mole, pedindo o nosso voto. E  nas rodas de conversa começamos a ouvir: “só lembram da gente de quatro em quatro anos!”

402269

Mas eu sempre digo e questiono: “vocês também só se lembram deles de quatro em quatro anos! Não é verdade?”  Você se lembra em quem votou nas últimas eleições? Tem acompanhado o trabalho de seus candidatos para saber se cumprem o prometido?

O Poder Público está tão distante da realidade da maioria dos brasileiros que perdemos completamente a noção não só de para que servem os mandatos que delegamos para os vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidente da República, como também esquecemos que nós, o povo, somos os responsáveis pela qualidade dos políticos que elegemos. A composição dos poderes legislativo e executivo de alguma maneira é um espelho no qual nos recusamos a nos ver refletidos. É ou não é? (more…)

maio 23, 2014

Perfil @aminhaempregada, no Twitter, escancara a doença do preconceito no Brasil

Gosto muito de ler o jornal El País. Seus colunistas são fantásticos e há uma versão on line em português para aqueles que não dominam o Espanhol. Li ontem um texto intrigante – algo mais para a coleção das histórias de discriminação que acontecem em nosso País. Falava de um perfil criado no Twitter e que satiriza a herança escravocrata brasileira sob o codinome @aminhaempregada. A pseudo “brincadeira” toca em um assunto sério, a começar pela inclusão do pronome possessivo “minha” no codinome do perfil virtual, que demonstra um papel de posse de alguém que lhe serve. O autor, que preferiu ficar no anonimato, responde os posts preconceituosos de parte dos brasileiros, que em algum lugar de sua imaginação se acham seres superiores em relação a seus empregados.

empregada

Twitter @aminhaempregada

 “Minha empregada não chega, disse que tá sem ônibus, minha casa tá imunda. Vadia, vem andando!”, diz alguém, nem se importando com a greve de ônibus que deixou São Paulo com 260 km de congetionamento no último dia 20. “Minha empregada é anta, ela tava arrumando meu quarto, tocou quatro vezes o celular e ela nem para me levar e nem avisa!”, diz outra, essa sim, uma anta tuiteira. Chocante, não?

Mais chocante ainda é saber que esse tipo de comentário faz parte do cotidiano do brasileiro, mesmo depois de 126 anos da abolição da escravatura. No caso do perfil @aminhaempregada, alguém apenas decidiu reuni-los, para que pudessem ser “apreciados” em toda sua crueza. Mas, há um lado muito positivo dessa história toda. O perfil no Twitter materializa um preconceito que em sua essência é intangível e que ganha a função de espelho, onde o brasileiro pode se reconhecer como um idiota por adotar atitudes similares aos que estão sendo expostos na rede por seus comentários. (more…)

maio 19, 2014

Um Guia das Favelas do Rio de Janeiro

Você já ouviu falar sobre ou conhece o “Guia das Favelas” do Rio de Janeiro? Ele foi produzido pela Agência de Notícias das Favelas, com dicas de pontos turísticos, gastronomia, compras, hospedagem e como chegar nas onze comunidades pacificadas que participaram do projeto. O folheto destinado aos turistas conta a história das favelas da Providência, Prazeres, Salgueiro, Mangueira, Manguinhos, Complexo do Alemão, Rocinha, Vidigal, Pavão-Pavãozinho/Cantagalo, Santa Marta e Chapéu Mangueira.

Guia das Favelas do Rio de Janeiro

Guia das Favelas do Rio de Janeiro

Pontos culturais das comunidades também são destacados como a Galeria de Arte ao Ar Livre, na Providência ou o Lajão Cultural no Santa Marta entre outras atrações. Lista os mirantes localizados nas favelas como o “Mirante da Divisa” que fica entre o Morro do Salgueiro e o Turano. Além de dar dicas de passeios como a visita ao Teleférico do Alemão. 50 mil exemplares foram distribuídos em quiosques da Riotur, Albergues e Restaurantes. (more…)

maio 18, 2014

O Uruguai e a regulamentação do comércio da Maconha

Como disse o presidente do Uruguai, José Mujica: “Alguém tem de ser o primeiro”, quando lhe perguntaram por que havia decidido regulamentar o comércio da maconha. No início de maio foi apresentada a lei de 104 artigos mediante a qual regulamentaria a produção, distribuição e venda da maconha. Já se sabe qual será o preço, a quantidade máxima que se poderá cultivar em casa ou em clubes, o que se poderá comprar na farmácia e até a forma como os consumidores deverão identificar-se. A lei aprovada na semana passada pelo Conselho de Ministros, determinada como serão convocadas empresas que desejem cultivar a cannabis e, se tudo transcorrer conforme o previsto, no começo de dezembro se poderá comprar nas farmácias até um máximo de 10 gramas de maconha por semana, por pessoa.

Fonte: Folha de São Paulo

Haverá três formas de acesso à maconha: na farmácia, mediante o cultivo em casa e associando-se a um clube de consumo. O secretário-adjunto da Presidência, Diego Cánepa, disse que o preço oscilará entre 20 e 22 pesos uruguaios. Ou seja, entre 0,87 e 0,95 dólar. Portanto, o preço máximo de compra por mês será por volta de 35 dólares por pessoa.

Com a criação do Instituto de Regulação e Controle da Maconha na semana passada, um órgão que será responsável pela distribuição de licenças e registro dos consumidores de maconha no país, é a última etapa da implementação da lei que tem o ambicioso objetivo de combater o tráfico de drogas. (more…)

maio 15, 2014

A rejeição dos brasileiros à Copa do Mundo de Futebol

O Brasil não investe em hospitais nem em educação, mas investiu muito dinheiro para ser sede da Copa do Mundo de Futebol. Por isso e muito mais, quero que o Brasil seja eliminado na primeira fase, pois muitos aqui merecem esse castigo. Principalmente os políticos, que deverão ter o retorno merecido nas eleições de outubro!

copa

Cartaz colado no Edifício Martinelli, no centro histórico de São Paulo

Lembro que em 2010, semanas antes da Copa do Mundo que aconteceu na África do Sul, as ruas em todas as cidades já estavam enfeitadas em apoio à seleção. Hoje, há menos de 30 dias do evento não vejo isso pelas ruas da capital paulista, sede de jogos e uma das maiores cidades do mundo. Vez ou outra cruzo com um transeunte que veste a camisa da seleção. Bandeiras, chapéus e apitos estão encalhados nas prateleiras das lojas. Nas ruas, ao invés de cartazes e cores “empurrando” a seleção, vejo cartazes do movimento “Não vai ter Copa”(more…)

maio 12, 2014

Educação Financeira nas Escolas – material didático para professores

A Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF-Brasil) apresentou no último dia 08 durante um seminário, aqui em São Paulo, a Plataforma Aberta, para acesso aos livros do Programa de Educação Financeira nas Escolas. A ferramenta pode ser usada por professores, escolas e organizações da sociedade civil ligadas à educação. Com esse material, os professores poderão desenvolver nos alunos a capacidade de análise crítica sobre o contexto financeiro pessoal e do mundo, ajudando-os a tomar decisões para a compra e o investimento conscientes.

Livro3-bens-publicos

Ao todo, são nove livros (temas principais) contendo 72 situações didáticas que orientam os professores a aplicarem conceitos financeiros ligados aos conteúdos sociais. Os livros foram usados em um projeto piloto desenvolvido com jovens de 14 a 21 anos do ensino médio, que receberam aulas de educação financeira como parte da Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef), ligada ao Ministério da Educação (MEC).

Faça o download dos materiais aqui – Ensino Fundamental e Ensino Médio

O projeto foi conduzido em 448 escolas em todo o país e envolveu 27 mil alunos e 1,5 mil professores, que tiveram 16 horas de treinamento. Depois das aulas, uma pesquisa foi feita com mais 550 escolas para identificar as diferenças entre os alunos que receberam aulas de educação financeira e os que não receberam. Segundo a AEF-Brasil, foi constatado que os integrantes do primeiro grupo apresentaram um nível de conhecimento financeiro 7% maior dos que os do segundo grupo. As famílias dos alunos que participaram das aulas tiveram um nível de poupança 1% maior do que antes do curso. (more…)

maio 9, 2014

Um estudo oficial revela quais e como são os consumos e hábitos culturais na Argentina

Você é daqueles que criticam os Argentinos? Pois, leia o texto abaixo e veja quem é que deveria ser criticado!

O que, como e quanta música escutam os argentinos? A quais e quantos recitais eles participam? Para que usam seus computadores e a Internet? Quanto dinheiro gastam com cultura? Algumas destas perguntas começaram a ser respondidas dias atrás, quando a Pesquisa Nacional de Consumo Cultural Digital e Meio Ambiente (Encuesta Nacional de Consumos Culturales y Entorno Digital  – ENCCyED) foi apresentada, talvez a última contribuição do secretário de Cultura Jorge Coscia, no governo de Cristina Kirchner.

images

Os dados mostram que nas casas dos argentinos há uma média de 82 livros e 76 CDs de música; também no país se consomem mais de duas horas de rádio e televisão por dia, na internet a maioria acessa o Facebook e eles valorizam muito o cinema nacional. (more…)

maio 8, 2014

Desafio de Impacto Social Google Brasil – finalistas

O Google tem o compromisso de apoiar as ONGs no Brasil que estão trabalhando para solucionar problemas sociais e gerar impacto por meio da tecnologia. Por isso, lançou o Desafio de Impacto Social Google, um projeto que já foi feito na Inglaterra e na Índia em 2013. É um concurso que irá premiar projetos e iniciativas das ONGs que usam a tecnologia para solucionar problemas na esfera social.

eeee

Desafio de Impacto Social Google

#PorUmBrasilMelhor

Os 10 finalistas foram anunciados no dia 29 de abril e hoje, dia 08 de maio, apresentarão suas ideias para os juízes durante um evento que será realizado aqui em São Paulo.

juizes

Serão quatro vencedores, incluindo a ONG escolhida pelo voto popular. Cada vencedor receberá um Global Impact Award (Prêmio de Impacto Social Global) no valor de 1 milhão de reais e o apoio técnico do Google, para tirar seus projetos do papel e tornar seus sonhos realidade. (more…)

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: