A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

março 18, 2014

A foto de Lucélia Santos andando de ônibus no Rio de Janeiro e o transporte público no Brasil

Acho que posso dizer que gosto bastante da vida que levo atualmente. A principal lição de vida que aprendi nestes 11 anos em São Paulo é que não é pobre aquele que menos tem, mas o que menos necessita. Com certeza não preciso de luxo para viver feliz.  Com pouco dinheiro no bolso posso me divertir, ter uma vida cultural relativamente agitada e ainda viajar de vez em quando. Não frequento shoppings, pois a felicidade e a autoestima não estão lá. A única reclamação que tenho é que aqui eu trabalho bem mais que no interior, e isso é o bastante para poder garantir um lazer razoável, uma escapada para o interior em alguns finais de semana e umas férias curtas duas vezes ao ano. Horas extras, mais de cinquenta horas de trabalho semanais, trabalho no final de semana em casa… Sim, tudo isso acontece. Mas, faço com prazer.

E uma coisa que aprendi aqui – carro na garagem nunca mais! Ando a pé e uso o transporte público. Bicicleta, que adoro, aqui não dá. Tenho medo. Muitas mortes em um mês. De onde eu moro eu chego a qualquer parte da cidade em poucos minutos – de ônibus, metrô ou trem! E venho a pé para o trabalho. Não tem preço poder ir e vir andando.

E por falar em transporte público, no início da semana passada, uma foto da atriz Lucélia Santos, de 56 anos, circulou por toda a internet. Na segunda-feira, dia 10 de março, a atriz, que atualmente mora no Rio de Janeiro, tomou o ônibus 524 (Botafogo-Barra da Tijuca). Um fã tirou uma foto e postou nas redes sociais com os dizeres: “524 lotado. Me ofereço pra segurar a bolsa da moça. E quando olho, é a atriz Lucélia Santos”. Na foto, Lucélia sorriu e fez um “V” de “paz e amor” ou “vitória”. E a resposta dos internautas foi triste: muita gente ironizou a atriz por estar usando transporte coletivo.

Ela respondeu à polêmica com uma série de frases em sua conta no Twitter:

lucelia-ok

Lucélia Santos

“Isso porque os ônibus aqui e transportes coletivos, de um modo geral, são precários e ordinários, o que mostra total desrespeito à população!”

 “Em qualquer país civilizado, educado e organizado, é o contrário. As pessoas dão prioridade a transportes coletivos para proteger o meio ambiente”.

 “Os governos deveriam investir em transportes decentes para a população, com conforto e dignidade, e depois pretender fazer discursos”.

“A imprensa deveria usar sua inteligência para divulgar campanhas para os transportes públicos coletivos de primeira grandeza”.

“Terminando: o Brasil deveria ler mais, se instruir mais, desejar mais e sair da burrice de consumo idiota e descartável que lhe dá carros!”

O fato virou notícia por puro preconceito. Vejam: “Lucélia Santos FLAGRADA em ônibus lotado”. Como se ela estivesse fazendo algo errado! Nosso país é preconceituoso demais.

Como disse o André Barcinski, no R7: “Esperar o quê, num país onde o vice-presidente Michel Temer diz que o brasileiro fica contente se “consegue botar os filhos na escola, fazer compras e ter seu carrinho”?

Esse preconceito com o transporte público faz com que as grandes cidades sejam inundadas com milhões de carros e motos, causando congestionamentos. De acordo com o Plano Diretor de Transportes Urbanos (PDTU) do Rio de Janeiro, entre 2002 e 2012, a quantidade de usuários do transporte individual (táxis, motocicletas e carros particulares) aumentou de 25% para 28%, enquanto o percentual das pessoas que usam o transporte coletivo caiu de 74% para 71%.

Aqui em São Paulo, a maior cidade do país, os números seguem na mesma direção: Entre 2007 e 2012, os deslocamentos realizados em carros, motos e táxis subiram 21%, contra 16% em ônibus, trens e metrô, segundo a secretaria de Transportes Metropolitanos da cidade. São 12,5 milhões de carros circulando pela cidade todos os dias. E não adianta o Fernando Haddad querer forçar a população a andar de ônibus, com a ridícula proibição de circulação de táxis nas faixas de exclusivas. A população que anda de carro só vai passar a usar ônibus quando o serviço prestar.

Vejam o caso recente de Paris. Entre o último dia 14 março e domingo, dia 16, o ministro da Ecologia da França Philippe Martin anunciou que  os serviços de transporte público na cidade seriam gratuitos, incentivando assim o uso do transporte coletivo para diminuir a poluição do ar. Outro exemplo fantástico: em Londres, onde o ex-primeiro ministro Tony Blair, e o atual, David Cameron, já apareceram algumas vezes indo para o trabalho de metrô, assim como o ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. Por aqui, José Serra, Geraldo Alckmin e Fernando Haddad também já andaram de ônibus e metrô – mas, como “marqueteiros” que são. Foi somente uma viagenzinha para sair bem na foto! Enquanto o Governo continuar incentivando a compra e o uso de carros – aprovando medidas como a isenção de e o congelamento do preço da gasolina – e investindo pouco em infraestrutura de transporte, não há medida capaz de fazer com que as pessoas andem de ônibus, trem ou metrô.

Lucélia Santos está certa: transporte individual é coisa de país subdesenvolvido. Mas, os nossos representantes no poder vivem comemorando números recordes de venda de automóveis, como se isso fosse sinal de progresso. Progresso seria andar num ônibus limpo, lindo e rápido. Ela deveria andar mais de ônibus e mostrar para as pessoas ignorantes que a criticaram que ela tem a liberdade de optar pelo transporte que  achar mais conveniente.

Fotos abaixo: Diário do Centro do Mundo

Bergoglio, aka papa Francisco, quando cardeal no metrô de Buenos Aires

O papa Francisco, quando cardeal no metrô de Buenos Aires

Bowie no metrô japonês

David Bowie no metrô japonês

Sergey Brin, um dos fundadores do Google

Sergey Brin, um dos fundadores do Google

Hugh Jackman

Hugh Jackman

Richard Madden de Game of Thrones no metrô de Londres

Richard Madden, no metrô de Londres

David Cameron

David Cameron

Jake Gylenhaal

Jake Gylenhaal

Jessica Alba

Jessica Alba

Anne Hathaway

Anúncios

2 Comentários »

  1. Os “burgueses” do nosso Brasil, não acreditam na simplicidade das pessoas. A Lucélia Santos, é um ser humano que deixa uma luz por onde passa. Quando esteve nos Lençóis Maranhenses, deixou saudades, interagiu com a comunidade e viveu intensamente e com gosto, cada momento nesta cidade, isso aconteceu em julho de 2005, ela não pensou duas vezes e atravessou os lençóis de pau de arara, foi até Santo Amaro. É uma mulher LINDA e para nossa felicidade, minha e dos funcionários da nossa Pousada Murici, onde tivemos o prazer de hospeda-la, é que a nossa querida apareceu ontem no Faustão e vai participar da dança dos famosos. Lucélia, tenho certeza que você lembra da festa de bumba boi que fomos juntas e nós divertimos bastante aqui em Barreirinhas. Beijos

    Curtir

    Comentário por Agar de Carvalho Mota — julho 28, 2014 @ 13:32 | Responder

    • Olá!
      Agradeço sua visita!
      Já estive 5 vezes em São Luis – a trabalho e visitando parentes. Ainda não consegui ir a Barreirinhas e aos Lençóis, mas um dia irei!
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — julho 29, 2014 @ 10:26 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: