A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

março 5, 2014

Copa do Mundo 2014 – como o Brasil é visto pelo Mundo!

E o Brasil se prepara para sediar a Copa do Mundo – agora faltam 99 dias! Em jornais do mundo todo, e nos portais de muitos países as notícias principais são para que os turistas tomem cuidados com assaltos, prostituição, surtos de doenças, etc.. Fortaleza recebe atenção especial por sua reputação como capital do turismo sexual e da exploração sexual de crianças. Com a expectativa de receber cerca de seis mil turistas estrangeiros, e com brasileiros viajando para assistir aos jogos em todo o país,  há temeridade de uma alta forte no tráfico sexual de menores. A violência sexual é o segundo crime mais “comum” contra as crianças do Brasil, e a maioria das vítimas tem idade de entre 10 e 14 anos. Fortaleza recebeu mais denúncias do que qualquer outra cidade, por meio de uma linha telefônica especial de denúncia.

Dias atrás, em Londres, a organização assistencial Happy Child, que trabalha principalmente no Brasil, lançou uma campanha no Facebook chamada “It’s a Penalty”, com o apoio da Agência Nacional do Crime do Reino Unido e de futebolistas como Frank Lampard e o brasileiro David Luiz. O objetivo é conscientizar o público sobre a exploração sexual de crianças e alertar os torcedores de que pagar por sexo com pessoas menores de 18 anos é crime pelo qual podem enfrentar processo tanto no Reino Unido quanto no Brasil.

O Governo Francês também lançou um manual que destaca os lugares mais perigosos do Brasil  e dá uma série de recomendações aos turistas. O guia destaca, sobretudo, os perigos de assaltos no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, e nas estradas que ligam a cidade de São Paulo ao litoral paulista.

“Devido ao aumento significativo de ataques a turistas, é preciso todo cuidado por parte dos viajantes que vão ao Rio de Janeiro. O aviso aplica-se a todas as áreas, mas em especial a Copacabana, onde se concentram mais de 50% dos casos de furtos ou roubos à mão armada reportados à polícia”, diz o guia. A proporção é bem superior à dos números oficiais, divulgados pelo Instituto de Segurança Pública.

Sobre as estradas paulistas, o documento pede aos turistas cuidado em áreas onde a velocidade deve ser reduzida. “Em razão dos conhecidos riscos de assalto à mão armada nas estradas que ligam São Paulo às cidades do litoral do Estado, recomenda-se aos franceses que utilizem essas estradas vigiar pessoas que se posicionam em lombadas”, diz o texto.

O guia afirma ainda que, na capital paulista, os locais mais arriscados são a Praça da República, Praça da Sé e Estação da Luz.

Em Brasília, o documento alerta para o risco de sequestro relâmpago. O texto afirma que não é bom estacionar em locais ermos e mal iluminados. Segundo as recomendações, o turista deve sair rapidamente do carro, e evitar falar ao telefone ao desembarcar.

O texto informa sobre o golpe boa noite Cinderela em Recife. O documento aconselha os turistas que frequentam boates a não abandonarem nunca seus copos. O guia também alerta para o risco de ataque de tubarão nas praias da capital pernambucana.

De modo geral, o guia aconselha que aos turistas a usarem, se possível, duas carteiras, dirigirem com os vidros fechados e as portas do carro trancadas. O texto também afirma que é necessário ficar de olho nos pertences em transportes públicos. O texto desaconselha ainda o turismo em favelas.

O governo Britânico também fez seu alerta. Em um trecho diz: “Ladrões operam dentro de restaurantes e hotéis, assim como do lado de fora. Eles são bons em detectar turistas e sabem que eles carregam valores”.

“Fique atento com batedores de carteira e nunca perca a atenção a sua bolsa ou seus pertences em lugares públicos ou em transportes públicos”.

O governo pede ainda que os britânicos não reajam a abordagem de assaltantes na Copa: “Esteja pronto para entregar seus valores se você for ameaçado, não tente resistir, eles podem estar armados ou sob influência de drogas”.

O jornal inglês “Daily Mirror , em recente reportagem, fez questão de destacar o nível de violência da cidade de Manaus, colocando-a entre uma das mais “mortais” do mundo.

A reportagem enfatizou o número de 945 homicídios ocorridos na capital do Amazonas em 2012, relacionando o perigo da cidade ao tráfico de drogas. “Ladrões armados e enlouquecidos de drogas percorrem favelas, sendo áreas da cidade que turistas não devem ir”, publicou.

Além de colocar Manaus entre as 11 cidades mais perigosas do mundo, os ingleses também alertaram seus torcedores que visitarão a cidade em 2014 sobre os preços exploradores que serão submetidos durante a Copa do Mundo, dando exemplo de quartos modestos sendo alugados por 500 libras a noite no período do jogo contra a Itália.

A publicação também reclama da distância da cidade em relação aos principais pontos do Brasil, como o Rio de Janeiro, 3500 km distante e destino favorito de turistas estrangeiros em terras brasileiras. O jornal avisa que uma viagem dessa levaria 4 horas de avião ou cerca de dez dias por estradas e rios.

A relação entre Inglaterra e Manaus já era ruim antes mesmo do sorteio realizado na última sexta-feira. Roy Hodgson, treinador do English Team, havia declarado que não queria jogar na cidade e foi rebatido pelo prefeito Arthur Virgilio Neto, que pediu um time “melhor, com mais futebol… e com técnico mais sensível, culto e educado”.

Tenho um amigo que sempre me diz: “Não tenho orgulho de ser brasileiro. Me conformo”E você? O que pensa sobre tudo isso?

Anúncios

16 Comentários »

  1. Olá Augusto! Gosto muito do seu blog e curto bastante suas publicações. Essa sobre a copa então, está maravilhosa! Bjs

    Curtir

    Comentário por teacherana — março 5, 2014 @ 10:54 | Resposta

  2. Gostaria de poder dizer tratar-se de um engano. Não posso. Infelizmente! Abs.

    Curtir

    Comentário por rosaniabastos — março 5, 2014 @ 14:33 | Resposta

  3. […] Copa do Mundo 2014 – como o Brasil é visto pelo Mundo! | A Simplicidade das Coisas — Augusto Ma…. […]

    Curtir

    Pingback por Copa do Mundo 2014 – como o Brasil é visto pelo Mundo! | A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini | Inesagula's Blog — março 5, 2014 @ 14:52 | Resposta

  4. Os jornais foram até camaradas e não citaram todos os problemas,que os visitantes estrangeiros aqui encontrarão, por exemplo:
    Falta de hospitais;
    Transporte público precário;
    Risco de serem feridos durante as manifestações;
    Falta de taxistas que falem outro idioma;
    Falta de rampas de acesso, demonstrando um total descaso com os portadores de necessidades especiais; dentre outros problemas.
    Espero que o slogan não mude de Copas das Copas para o Mico dos Micos.
    Parabéns Augusto pelo blog.
    Abraços.
    André

    Curtir

    Comentário por André Pegoraro — março 5, 2014 @ 18:48 | Resposta

  5. Oi Augusto!
    Muito interessante sua fala! É bom que pessoas como você coloquem certas informações a disposição para que todos saibam o absurdo que é o Brasil sediar a Copa enquanto faltam leitos em hospitais, enquanto professores ,que são formadores de opiniões, recebem um salário de fome e………. se fosse discorrer sobre tantos outros problemas ficaria aqui por horas a fio e talvez não citasse todos….
    Parabéns pelo blog!
    Abraço
    Rosi

    Curtir

    Comentário por Rosi — março 14, 2014 @ 12:29 | Resposta

  6. Parabéns Augusto, adorei sua matéria hoje !
    Abraços

    Curtir

    Comentário por lacibrum — abril 3, 2014 @ 15:07 | Resposta

  7. […] Governo do Estado de São Paulo, de olho nos turistas que chegarão por aqui durante a Copa do Mundo de Futebol, lançou uma publicação com 236 páginas, onde apresenta a brasileiros e estrangeiros uma […]

    Curtir

    Pingback por Roteiros Paulistas: o que fazer durante a Copa do Mundo 2014 | A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini — abril 10, 2014 @ 15:01 | Resposta

  8. Bem, pelo texto dá para perceber claramente que eles só conseguem ver um pedacinho do câncer que se espalhou por esse lindo país. Acredito que somente os estrangeiros que vivam aqui há muitos anos consigam a realidade imunda que vivemos: insegurança pública generalizada, descaso com a saúde pública, com a educação pública, taxas abusivas de impostos de todos os produtos essenciais à sobrevivência humana, desrespeito generalizado aos direitos humanos e confusão entre direitos humanos e direitos dos não humanos. Enfim, a matéria é bem pontual, alerta para os riscos a turistas falando sobre roubos, acredito que tão somente isto. Os demais problemas que citei parece que não importam tanto a eles, pois chegam, zoam por aqui e vão embora. É assim que entendo. Mas a postagem é boa, é política e de protesto. A máscara tem que cair, mas temos que aprender a nos politizar melhor.

    Curtir

    Comentário por Adilson Diaz — maio 26, 2014 @ 1:59 | Resposta

    • Exatamente Adilson. Falta para a maioria dos brasileiros consciência política. Ontem mesmo a TV mostrou a degradação da saúde pública. Deviam comparar isso com os estádios, o dinheiro que estão investindo para Copa do Mundo… Semana passada uma tia minha faleceu, depois de ficar 20 dias no corredor da Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro/SP.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — maio 26, 2014 @ 10:28 | Resposta

  9. Parabéns pelos comentários e as informações…Mas as coisa reclamadas como urbanismo, conservação, hospitais transporte e escolas e outros…são itens que turista não veio aqui ver e nem irá perceber nossas deficiências, sabe o Brasil é um país onde todos lá fora falam mal, todos aqui dentro falam mal, mas temos que por a mão em nossas cabeças e perceber que os de fora jamais irão residir por muito tempo aqui e os daqui jamais irão ficar eternamente por lá, e sabe porque…essa é a nossa cultura fomos criados e alimentados por esta terra abençoadíssima por sinal, com terras fartas, florestas exuberantes e praias fascinantes, e as pessoas de outros países vem ao Brasil para uma visita de poucos dias somente apreciar nossos lugares paradisíacos que aqui temos assim ocorre com nos mesmos o qual visitamos outras cidades ou outros paises sem perceber as mazelas que por lá existem.
    Gente somos Brasileiros de carteirinha, quantos de nós saimos as ruas para protestar muito poucos, então protestem nas urnas não esqueçam os nomes dos mal feitores. assim como eu e você com certeza já esqueceu.
    Amo meu Brasil, amo ser Brasileira, com seus problemas e seus defeitos, sabe porque?? pelo simples fato que não saberia viver em outras terras longe de tudo e de todos que amo e estão ao meu redor..
    BJS, e muito obrigado por ceder seu espaço.

    Curtir

    Comentário por Inês Aparecida de Lima — junho 26, 2014 @ 9:47 | Resposta

    • Oi Inês. Apareça por aqui sempre que quiser!
      Sim, a resposta aos desmandos de nossos políticos deve ser nas urnas. Não devemos e nem podemos ficar calados.
      Um abraço.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — junho 26, 2014 @ 9:51 | Resposta


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: