A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

fevereiro 17, 2014

Rio $urreal e outros protestos – consumidores se unem contra preços abusivos

Copa do Mundo chegando, Jogos Olímpicos em seguida. Dois grandes eventos que estão fazendo o Rio de Janeiro delirar.  Há dois anos atrás o Rio já estava em uma lista como uma das cidades mais caras do planeta para estrangeiros. E com isso, a população local continua sofrendo os efeitos do que claramente é uma bolha de preços insustentável no longo prazo.

omelete-440x440

Grupos organizados de indignados se organizam nas redes sociais para denunciar os preços abusivos. O Somos um Rio Surreal , comunidade criada por Toinho Castro, está no Facebook  e tem uma nova moeda de câmbio para a capital mais turística do Brasil: o “surreal” –  um cruzamento óbvio entre as palavras “real”, que é o nosso dinheiro, e “surrealismo”, o movimento artístico simbolizado por Salvador Dalí, cuja imagem aparece nas cédulas e moedas virtuais. Há também o Rio $urrreal Não Pague

Outros estados também criaram formas de protestar, como o  Boicota São Paulo, BH $urreal, o Brasília $urreal e o Espírito Santo $urreal. São  pessoas organizadas em grupos que não têm medo de mostrar as fotos e nomear os locais com preços extorsivos.

O Ministério do Turismo também  lançou uma campanha para o turismo a um preço justo. Este é o propósito da campanha “Jogo Limpo” . O objetivo da ação é estimular viajantes a consumir de modo consciente produtos e serviços relacionados ao turismo. Entre eles, diárias de hotéis, bilhetes de companhias aéreas, tarifas de restaurantes e demais serviços, públicos e privados.

dinheiro

A Prefeitura do Rio publicou um decreto criando a Frente Municipal de Combate às Práticas Abusivas, que informará vendedores e consumidores sobre práticas irregulares, passando ainda a uma segunda fase em que multas serão aplicadas aos infratores.

No Rio, não se aplicam as lógicas de mercado e sempre está no ar o “fator Copa” que provoca abusos de preços ante o olhar perplexo de milhões de cariocas.

Para quem quer poupar em alimentação, o supermercado é a melhor opção. Nos quiosques das praias de Copacabana ou Ipanema, o coco gelado beira os 6 reais e alugar um guarda-sol pode custar mais que 15 reais. Em qualquer bar da zona sul, o normal é não pagar menos de 6 reais por uma cerveja pequena ou 5 reais por um café. E se o objetivo for uma refeição é pior ainda! O Jornal Nacional divulgou recentemente o que poderia ser considerado o cúmulo da especulação: em um restaurante de Copacabana uma omelete feita com 6 camarões e quatro ovos custa 99 reais. Um sanduíche misto quente chega a 17,90 reais, enquanto um croissant recheado com presunto e queijo sai por 25,90 reais.

Um trajeto de táxi do Leblon até o centro (pouco mais de 13 quilômetros) não custa menos de 35 reais. Mas, hospedar-se é, sem dúvida, o campeão da especulação no Rio. As 34.000 habitações ofertadas nos hotéis da cidade parecem não cobrir a crescente demanda e isso leva a uma enorme escalada de preços. A tarifa média de um quarto em 18 de junho próximo, quando se enfrentarão no Maracanã as seleções da Espanha e do Chile, chega a 1.520 reais. Um apartamento de três quartos com vista para o mar na Avenida Atlântica, em Copacabana, (não mobiliado) é anunciado nessas mesmas datas por 2.850 reais por dia.

Outro anúncio mostra um apartamento de três quartos no  Leblon por 16.000 dólares para todo o mês da Copa do Mundo. Na Lagoa Rodrigo de Freitas, um apartamento de luxo custa 250.000 reais durante o mesmo período.

Anúncios

1 Comentário »

  1. […] Rio $urreal e outros protestos – consumidores se unem contra preços abusivos | A Simplicidade das…. […]

    Curtir

    Pingback por Rio $urreal e outros protestos – consumidores se unem contra preços abusivos | A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini | Inesagula's Blog — fevereiro 17, 2014 @ 19:25 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: