A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

julho 17, 2013

As quatro leis da espiritualidade

Acontecem eventos em nossas vidas em que a gente tem que perdoar os erros que pareciam imperdoáveis. Muitas vezes também temos que colocar alguém no lugar daquela pessoa que nos parecia insubstituível. Já abracei quem nunca havia visto, ri ou chorei em lugares que não podia. Também fiz amigos que jurava que seriam eternos e não foi assim, amei, fui amado, fui rejeitado…

Já chorei vendo quadros, ouvindo música, vendo fotos… Já perdi pessoas especiais, já pensei que fosse morrer de saudades, já me apaixonei por um sorriso. E tenho certeza que nada disso foi por acaso. Quantas vezes você teve que deixar tudo para trás e começar de novo? Foi por acaso? Não! Acredito muito nas quatro leis abaixo.

anjo

Namaskar!

Na Índia, são ensinadas “quatro leis da espiritualidade”:

A primeira diz: “A pessoa que vem é a pessoa certa”.

Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo conosco, têm algo para nos fazer aprender e evoluir em cada situação. 

A segunda lei diz: “Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido”.

Nada, nada absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum “se eu tivesse feito tal coisa…” Ou “aconteceu que um outro …”. Não. O que aconteceu foi tudo o que deveria ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem nas nossas vidas são perfeitas.

A terceira diz: “Toda vez que iniciares algo é o momento certo”.

Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo nas nossas vidas, é que as coisas acontecem.

E a quarta e última afirma: “Quando algo termina, termina”.

Simplesmente assim.
Se algo acabou nas nossas vidas é para a nossa evolução. Por isso, é melhor sair, ir em frente e enriquecer-se com a experiência. Não é por acaso que você está lendo este texto agora. Se ele veio à sua vida hoje, é porque estava preparado(a) para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado!

“Saber não é tudo. É necessário fazer. E para bem fazer, homem algum dispensará a calma e a serenidade, imprescindíveis ao êxito, nem desdenhará a cooperação, que é a companheira direta do amor”Emmanuel /Chico Xavier

Anúncios

6 Comentários »

  1. LINDO DEMAIS!!!
    AMEI!!!!!!!!!
    Grata
    Clara

    Curtir

    Comentário por Maria Clara — julho 18, 2013 @ 14:53 | Responder

    • Oi Clara. Agradeço sua visita. Abrs.

      Em 18 de julho de 2013 14:53, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — julho 18, 2013 @ 14:59 | Responder

  2. Não só gostei, amigo! Como dizem meus netos: AMEI! Belíssma reflexão!

    Curtir

    Comentário por Maria Regina Carvalho — outubro 17, 2013 @ 5:56 | Responder

  3. Lindo…. Tudo parece se encaixar…. 🙂

    Curtir

    Comentário por Renata Mara — março 1, 2014 @ 8:46 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: