A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

junho 16, 2013

Santiago do Chile – Museo de la Memoria e de los Derechos Humanos

Hoje é o meu penúltimo dia em Santiago, no Chile. E deixei esse dia reservado para visitar o Museu da Memória e dos Direitos Humanos (Museo de la Memoria e de los Derechos Humanos), que é um projeto bicentenário, que foi inaugurado em janeiro de 2010 pela ex-presidenta socialista Michelle Bachelet, e que agora é novamente candidata para as eleições no final de ano e que está sendo cotada para ganhar. Em seus espaços estão guardados registros das violações a direitos humanos ocorridas no Chile entre os anos de 1973 e 1990.

Já conhecia Memorial da Resistência, em São Paulo e o Espacio Memoria y Derechos Humanos em Buenos Aires. Mas, nada se compara ao que vi hoje!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O museu busca facilitar à comunidade o conhecimento do que ocorreu no país, reivindicar a dignidade das vítimas, contribuir para a construção de uma sociedade sustentada nos valores da tolerância, da solidariedade, do respeito à diversidade, e impulsionar iniciativas educativas que convidem ao conhecimento e à reflexão dos que visitam aquele espaço.

(more…)

Viña del Mar e Valparaíso

Viña del Mar é uma cidade litorânea, banhada pelo Pacífico que fica há apenas 120 km de Santiago do Chile. Tem muitas de praças, jardins e ruas arborizadas e é conhecida como a Cidade-jardim (Ciudad Jardín) ou como a Capital Turística do Chile, pois recebe inúmeros visitantes atraídos por sua beleza e status de “chique”. As praias de Viña del Mar contribuem para seu sucesso turístico.  São treze ao todo, sendo que a mais famosa é a de Reñaca. Tão famosa que ganhou um bairro, o mais popular de lá. No verão, Reñaca fica cheia, por isso, a oferta de restaurantes e hotéis nessa região é grande. É a época da alta temporada. Em fevereiro, o Festival Internacional da Canção é só um ingrediente a mais para fazer a cidade entrar em ebulição.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por ser um destino turístico, Viña del Mar faz parte dos tours mais vendidos pelas agências de viagem em Santiago, que geralmente a oferecem com sua vizinha Valparaíso (Patrimônio Cultural da Humanidade), já que as duas cidades são pequenas e distam apenas 9 km uma da outra. Para quem dispõe de poucos dias na capital chilena, mas não quer sair do país sem pelo menos sentir o gostinho das duas, a dobradinha cai muito bem. As empresas especializadas em turismo fazem vários passeios de um dia para Viña del Mar e Valparaíso. E cobram caro por isso. Somente os traslados ficam $ 27 mil pesos por pessoa (mais ou menos R$ 110,00). Se você for por conta, saindo da Estación Central, gastará com ida e volta $ 6.500 pesos (cerca de R$ 26,00). E você faz o seu trajeto. Vai e volta no horário que quiser. Sem a chateação do corre-corre a que essas empresas nos submetem. E sobra um dinheirinho para comer muito bem por lá! Viña del Mar e Valparaíso, apesar de estarem tão próximas, têm características bem diferentes.

(more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: