A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

abril 24, 2013

Árvore Genealógica da família Martini

Comecei a fazer a árvore genealógica da Família Martini, na internet. A árvore genealógica é o histórico que levanta dados sobre os ancestrais dos mesmos de forma que fiquem conhecidas as conexões estabelecidas entre esses. Normalmente coloca-se o nome do ancestral mais antigo de que se conseguiu dados e, a partir desse, seus descendentes até chegar ao membro mais novo da família ou então até na pessoa que se tem interesse.

brasãomartini

Brasão da família Martini

brasãosbrissa

Brasão da família Sbrissa

Para organizar a árvore genealógica é preciso primeiramente descobrir de onde vieram seus ancestrais, o que pode ser feito buscando a origem dos sobrenomes do pai e da mãe, por exemplo. Posteriormente devem ser anotados os seguintes dados: 

  • Nome completo de todas as pessoas pesquisadas;
  • Data e local do nascimento das mesmas;
  • Certidão de casamento, constando data e local;
  • Certidão de óbito, constando data e local;
  • Informações gerais sobre cada indivíduo, como profissão, escolaridade, títulos especiais, história da família no Brasil, origem do nome, do sobrenome e tudo mais que for de interesse.
11-08-07_2256

Em Veneza

É importante separar a pesquisa de cada pessoa, por exemplo, do pai, da mãe, do avô paterno, do avô materno, da avó paterna, da avó materna, dos tios, das tias, primos, primas e assim por diante. É importante saber distinguir o que é verdadeiro do que é falso, pois existem pessoas que transmitem informações deturpadas sobre outras pessoas, dificultando assim o real conhecimento.

A árvore genealógica é muito importante, pois através delas pode-se conhecer a origem familiar e ainda descobrir a origem de problemas, anomalias e doenças genéticas.

Caso você seja meu parente e quiser postar os dados em nossa árvore, entre em contato comigo, por favor.

Leia também:

A Aventura da Família Martini – Parte 1

A Aventura da Família Martini – Parte 2

Meu pequeno tesouro – o Novo Testamento do meu bisavô – edição de 1861, em idioma italiano

Cidadania Italiana – minha saga para conseguí-la!

Uma foto de casamento

Anúncios

39 Comentários »

  1. Interessei-me pela genealogia da mnha família, achei alguns parentes desconhecidos. Mas o que mais me surpreendeu foi saber que a origem é D.Pedro I … Quando veio aaao Brasil, andou com uns “casos”, maas encantou-se tanto com Catarina (s.m.j.), que a trouxe para o convívio da Família Real. Em Portugal há uma cidade com o nome de Gouveia (Gouvea e Gouveia, dizem que é a mesma família). Já do lado materno, é uma “salada mista”: dizem que há indios, loiros de olhos claros, sem contar que minha avó é cearense, e meu avô baiano! 10 tios-avós de cada, uns 10 tios avós de lá. Haja genealogia! Abraço. Silvia

    Curtir

    Comentário por Silvia — abril 24, 2013 @ 13:33 | Responder

    • Oi Silvia. Que bacana essa sua pesquisa. Eu, o máximo que consegui foi chegar nos meus trisavôs, todos italianos, de todos os lados. Apenas a família de minha mãe que parece que teve ‘um pé” no Império Austro Húngaro. Italianos, tchecos, eslovacos, eslovenos, poloneses, croatas, sérvios, romenos e outros estavam reunidos dentro do Império Austro-Húngaro em algum momento da história. Assim, a ramificação da família da minha mãe, antepassados distantes, também eram italianos, mas dentro desse império. Abraços.

      Em 24 de abril de 2013 13:33, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — abril 24, 2013 @ 13:56 | Responder

  2. oi estou parentes de marilia com o sobre nome martini são parentes do meu avô que ja faleceu vc conhece alguem de la.

    Curtir

    Comentário por eliete — dezembro 31, 2013 @ 14:49 | Responder

    • Oi Eliete.
      Infelizmente não conheço nenhum parente em Marília. Sei que tenho parentes próximos de lá, em Jales.
      Abrs.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — janeiro 1, 2014 @ 11:15 | Responder

  3. sou martini de santa catarina queia saber se vc sabe me dizer teu bisavo tinha irmaos por nome santo isidoro petrolina e orsola

    Curtir

    Comentário por gilberto martini — abril 9, 2014 @ 14:17 | Responder

    • Oi Gilberto.
      Infelizmente meu bisavô não tinha nenhum dos irmãos com esses nomes.
      Boa sorte em sua busca.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — abril 9, 2014 @ 14:22 | Responder

  4. Oi Augusto, minha família paterna também é Martini de São José do Rio Preto, oriunda de Occhio Bello, província de Rovigo, região do Vêneto. Fiquei interessada nos brasões da família Martini, e vi que além do brasão desta página há mais dois tipos. Vc sabe algo mais sobre este assunto?

    Curtir

    Comentário por Gerlaine Torres Martini — abril 20, 2014 @ 16:20 | Responder

    • Oi Gerlaine.
      Não sei mais nada sobre o assunto. Nas pesquisas que fiz na internet encontrei somente essas informações.
      Um abraço e agradeço sua visita.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — abril 22, 2014 @ 10:13 | Responder

  5. Sou MARTINI da Capital de São Paulo, meu pai veio jovem para o Brasil, nasceu em Capannori (Lucca – Itália). O pai dele se chamava Silvestro, o irmão Martino Martini, e a mãe Assunta. Casou-se com a minha mãe em SP, ela nascida em Sorocaba e o sobrenome de solteira era “De Martini”. Uma coincidência !! Tenho muito orgulho da minha origem italiana. Pena que é um sobrenome muito comum na Itália, espalhado por várias regiões, o que nos remete à investigar as inúmeras ramificações dos “Martini” para descobrir a qual delas pertencemos. Augusto, parabéns pela iniciativa. Abraço.

    Curtir

    Comentário por Rosanna — maio 25, 2014 @ 0:14 | Responder

    • Oi Rosanna.
      Agradeço a visita. Aqui no blog tenho mais dois posts onde relato a minha saga para descobrir minhas origens.
      Um abraço e bom domingo.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — maio 25, 2014 @ 11:25 | Responder

  6. […] os conheci em vida. Mas tenho comigo o relógio de bolso que Luigi Martini, meu bisavô, trouxe da Itália e a sua Bíblia. Esse Roskopf Patente não foi, com certeza, o […]

    Curtir

    Pingback por Museu da Imigração do Estado de São Paulo | A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini — maio 28, 2014 @ 11:02 | Responder

  7. Boa tarde Sou Martini de Santa Catarina tenho 33 anos meu avô é de Nova Trento SC onde esta parte da família Martini segundo ele com 88 anos os pais sim virram da Itália.

    Curtir

    Comentário por Marcos — julho 11, 2014 @ 16:26 | Responder

    • Olá Marcos.
      Agradeço sua visita ao blog.
      Abraços.
      Augusto Martini

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — julho 11, 2014 @ 19:05 | Responder

    • Olá, Marcos, minha família também foi para Nova Trento, em 1875. Você possui mais informações sobre a tua? Sou neta de Antônio Martini, nascido em 1903 em Nova Trento (irmão de Paulo, João e Ilda Martini). Bisneta de Guerino Martini, nascido em Vallarsa, Trento, em 1874, casado com Ernesta Bacca, irmão de Thiago André, Porfírio, Henriqua Carlotta, Angela Anna, Porfírio Silvestre, Rosa Maria, Giovanni Antonio e João Luiz Martini). Estes eram filhos de meu Trisavó, Silvestro Martini, nascido em Vallarsa em 1844, casado com Thereza de Rosso, irmão de Lucia, Marianna, Filomena, Teresa e Giovanni Antonio Martini, todos filhos de meu tataravô, Giacomo Martini (no Brasil encontrado como Jacob Martini, Joaquim Martini e principalmente Thiago Martini), nascido em 1810 em Vallarsa, e Anna Rossaro. Tenho informações também sobre as famílias dos cônjuges (Bacca, Floriani, Poli e outros). Você reconhece algum destes nomes? Pode me dizer o nome de teus antepassados que você conhece?

      Curtir

      Comentário por Fátima Martini — junho 18, 2015 @ 22:40 | Responder

      • Oi Fátima.
        Aprovei o seu comentário no blog. Vamos ver se o Marcos o lê.
        Bom final de semana.
        Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — junho 19, 2015 @ 14:20

  8. boa noite Augusto sou da familia martini meu avo morava sao martinho rio grande do sul chamava Edvino Martini meu nome laerson r martini

    Curtir

    Comentário por laerson roque martini — janeiro 22, 2015 @ 22:48 | Responder

  9. mmeu nome e jalma izabel martini , meu avo paterno se chamava silvio herminio martini e morava em formigueiro rs, a maae eo pai dele vieram da italia o nome dela era marieta , meu pai se chamava orlandino martini

    Curtir

    Comentário por jalma izabel martini — junho 4, 2015 @ 10:30 | Responder

    • Bom dia Jalma.
      Agradeço sua visita ao blog. Sempre é bom conhecer pessoas com o mesmo sobrenome.
      Um abraço.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — junho 9, 2015 @ 9:02 | Responder

  10. ola ,algusto sol edivaldo martini sou de santa catarina sou tataraneto de antonio martini bisneto angelo martini neto de joao martini oq sei e que eles eram de nova prata nova bassano rs, esteu montando minha arvore pois quero entra com pedido pra dupla cidadanlac.sera q somos ,parentes

    Curtir

    Comentário por edialdo — junho 8, 2015 @ 17:00 | Responder

    • Bom dia Edivaldo.
      Não sei lhe dizer se somos parentes, pois os “Martini” na Itália são muitos, quase todos do norte do país.
      Agradeço sua visita ao meu blog.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — junho 9, 2015 @ 12:44 | Responder

  11. eu sou Martini do Rio Grande do Sul, o maximo q consegui foi meu tataravô que se chamava Domingos Martini, meu bisavô Pedro Paulo Martini

    Curtir

    Comentário por elisiane borges martini — julho 6, 2015 @ 4:24 | Responder

    • Oi Elisiane.
      Pelo que sei, os Martini na Itália são como os Silva, no Brasil.
      Boa sorte em sua pesquisa.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — julho 6, 2015 @ 11:42 | Responder

  12. meus tataravós vieram da Itália saindo de Nápolis´portanto viajaram de trem e são so sul. Ferdinando Martini e Luigia Polo com as gemes Maria e Amábile. Encontrei restro de matricula de entrada de imigrantes na Hospedaria dos imigrantes. Minha bisavó Regina Martini deve ter nascido no Brasil e falecida em Santo André São Paulo e está sepultada em Bragaça Paulista – São Paulo junto com seu esposo Leonardo Cavassutti. Quais são os irmãos MARTINI que vieram para o Brasil. O Ferdinando consta vom escolha a cidade de Bragança Paulista. Seria ele um dos irmãos? Mesmo que não tenhamos a mesma ascendencia, achei maravilhoso o seu trabalho. Tenho site My herytage com mais de 40.0000 pessoas, entre vivos e falecidos, com volta ao passado anos 500, mas a ascendencia martini se encontra estagnada.
    Obrigodo no que puder ajudar.
    Prof Aristeu

    Curtir

    Comentário por Aristeu Soares de Campos — setembro 16, 2015 @ 13:06 | Responder

    • Bom dia Aristeu.
      Primeiro peço desculpas pela demora em responder. O trabalho está exigindo muito mais do que eu posso dar.
      Então. Meu tataravô e família chegaram ao Brasil em 10/04/1886, no Porto de Santos, no Vapor Perseu. Essa é a mesma data de chegada de seu antepassado? Os irmãos do Luigi, meu bisavô, eram Francesco, Emilia, Augusta, Ludovico e Elisabetta Giovanni.
      Também comecei um site no myheritage http://www.myheritage.com.br/site-66369821/martini Depois passe o endereço do seu para que eu o veja.

      Um abraço e boa sorte.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — setembro 21, 2015 @ 9:08 | Responder

  13. Meu nome é Luciano Andress Martini, portanto também um Martini, saudações. Sou neto de Antônio Martini.

    Curtir

    Comentário por Luciano Andress Martini — setembro 30, 2015 @ 14:34 | Responder

    • Olá, Luciano.
      Será que o Antonio Martini, seu avô, era o Antonio, irmão do meu avô, Primo Martini?
      Um abraço.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — setembro 30, 2015 @ 15:02 | Responder

  14. Boa tarde Augusto
    Continuo digitando no site outros ramos, e o ramo martini continua parado. o meu site https://www.myheritage.com.br/site-77640233/site-de-familia
    Vc sabe que para acesso e ser membro tanto eu quanto vc precisariamos estar com os ramos unidos. Então para ambos fica limitado, até descobrirmos as ligações. A familia do meu bisavô Cavassutti, tem somente uma comuna na Itália. Mas não está fácil localizar. Se Quiser eu posso colocar todo o ramo deles que eu tenho. Um abraço

    Curtir

    Comentário por Prof Aristeu Soares de Campos — março 10, 2016 @ 14:53 | Responder

    • Oi Aristeu.
      Quero sim unir os ramos familiares. Como fazemos? Eu tenho cadastro no myheritage e clicando em seu endereço, quando me logo, diz ser um site de família, privado.
      Como faremos?
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — março 10, 2016 @ 15:33 | Responder

  15. Ola Augusto, descobri recentemente que meu Trisavô Angelo Martini veio com a família e desembarcou em 20-12-1897 da província de Treviso, de Veneto, vieram no Vapor Equitá. Quando meu avô se casou aqui no Brasil alterou o nome de Antonio Pietro Martini para Antonio Martins e por isso meu sobrenome é Martins

    Curtir

    Comentário por Rodolfo Martins Candido — abril 8, 2016 @ 12:20 | Responder

    • Olá, Rodolfo.

      Eu, até 20 e poucos anos, era MARTIN. Quando meu pai se casou esqueceram de colocar o “i” e ele registrou a mim e minhas irmãs com o erro. Fiz a correção em cartório.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — abril 8, 2016 @ 13:57 | Responder

    • Sua história é muito familiar, meu bom amigo.

      Pietro Martini, filho mais velho de Angelo Martini e Luiza Zapata, nascido em Maserada sul Piave, Provincia de Treviso, em 26/07/1882, desembarcou do vapor Equita no porto de Santos em 20/12/1897, é meu remoto mais antepassado, que nos anos 30, ao se casar pela segunda vez, mudou seu nome inteiro para Pedro Martins, bem como de todos os seus filhos, dentre eles meu bisavô, Francisco Martins (quinto filho do primeiro casamento de Pietro com Pulcheria Barille, falecida em 1926), que levou sua família da região de Cesário Lange – SP, para Londrina- PR.

      Alguns dentre meus parentes reuniram informações e documentos, tendo inclusive (com sucesso) recuperado o sobrenome original da família, bem como pleiteado a cidadania italiana.

      Curtir

      Comentário por Pedro Augusto Martins — janeiro 23, 2017 @ 20:59 | Responder

  16. olá! Eu estou começando a montar a Arvore…. por enquant só cheguei até meu bisavos Baptista Martini e Anna Maria Martini.

    Espero que eu consiga saber quais são as minhas origens.

    Curtir

    Comentário por Vanessa Fernanda Martini — agosto 19, 2016 @ 17:04 | Responder

    • Oi Vanessa. Boa tarde.
      Agradeço sua visita e torço muito para que consiga levantar todas as suas raízes. Não é fácil. Mas não desista!
      Um abraço e bom final de semana.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — agosto 19, 2016 @ 17:09 | Responder

  17. Sou neta de Júlio Martini nascido em 22/07/1883 – falecido em 12/06/59 viveu no interior do município ( Piedade) de São Sebastião do Caí. Me parece que era filho de Giuseppe Martini e Beppa Armani. Gostaria de mais informações. Grande abraço.

    Curtir

    Comentário por Alice Maria Ost Duarte — junho 1, 2017 @ 19:26 | Responder

  18. bom dia, alguém da Família Martine já consiguei tirar a cidadania Italiana.

    Curtir

    Comentário por Lucimar Luis Camata — junho 20, 2017 @ 10:59 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: