A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

fevereiro 19, 2013

Osho Neo -Tarô – Carta Desafio – Um pouco de luta é uma necessidade!

Tenho sempre na gaveta de minha mesa de trabalho o tarô zen, do Osho.  Ele não é um tarô tradicional, no sentido de lidar com predições. Trata-se antes de um jogo transcendental do zen que espelha o momento presente, apresentando o que existe aqui e agora. Ele é um jogo que tem um chamado para o despertar, para sintonizar-se com a sensibilidade, a intuição, a compaixão, a receptividade, a coragem e a individualidade.  Essa ênfase na consciência é uma das muitas inovações em relação aos velhos sistemas e maneiras de se jogar o tarô, e isso é a primeira coisa que aquele que utilizar o baralho perceberá.
Hoje, ao chegar ao trabalho, senti a necessidade de fazer uma meditação visualizando só coisas boas e depois tirar uma carta do baralho. A carta que abri foi a de número 48 – DESAFIO, e sua mensagem é a seguinte:
neo-tarot-48-DESAFIO

Carta 48 – Desafio

“Um pouco de luta é uma necessidade. Tornamos-nos mais ricos com as tempestades – relâmpagos, trovões tristezas assim como a alegria e a felicidade”.

Ouvi uma antiga parábola – deve ser muito antiga, porque naquela época Deus costumava morar na terra… 

Um dia um velho fazendeiro veio a Deus e disse: “Olha, você pode ser Deus e ter criado o mundo, mas preciso lhe dizer uma coisa: Você não é fazendeiro, e não sabe o ABC da agricultura. Você tem muito o que aprender.” Deus disse: “O que você sugere?”. O fazendeiro respondeu: “dê-me um ano e permita que as coisas sejam de acordo comigo, e veja o que acontece. Não haverá mais pobreza!”

Deus concordou, e um ano foi dado ao fazendeiro. Naturalmente ele pediu o melhor, pensava somente no melhor.

– nada de trovões, nada de ventos fortes, nenhum perigo para a safra. Tudo confortável, aconchegante, e ele estava muito feliz. O trigo estava crescendo tanto! Quando queria o sol, havia sol, quando queria chuva, havia chuva, o quanto quisesse. Neste ano, tudo estava certo, matematicamente certo.

O trigo crescendo tanto… O fazendeiro ia a Deus e dizia: “olhe! Desta vez a safra será tão grande, que por dez anos, mesmo que as pessoas não trabalhem, haverá comida suficiente!”

Mas quando fizeram a colheita, não havia grãos. O fazendeiro ficou surpreso. Ele perguntou a Deus: “o que aconteceu, o que saiu errado?”

Deus disse: “Por não existir nenhum desafio, nenhum conflito, nenhuma fricção, já que você evitou tudo de ruim, o trigo permaneceu impotente. Uma pequena fricção é uma necessidade. As tempestades são necessárias, os trovões e os raios são necessários. Eles agitam a alma dentro do trigo!”

Esta parábola tem um valor imenso. Se você for apenas feliz,  feliz, e feliz, a felicidade perderá todo sentido. Será como se alguém estivesse escrevendo com giz branco em uma parede branca – ele pode continuar a escrever, mas ninguém jamais será capaz de ler.

A noite é tão necessária quanto o dia. E os dias de tristeza são tão essenciais quanto os de felicidade. Chamo isso de compreensão. E lentamente, quanto mais você perceber o ritmo da vida, da dualidade, da polaridade, você para de pedir, de escolher. E você descobriu o segredo.

Viva com esse segredo, e de repente ficará surpreso como as bençãos da vida são tão imensas! O quanto é derramado sobre você a cada momento! Mas você viveu em suas expectativas, em seus pequenos e insignificantes desejos triviais, e porque as coisas não se ajustavam a seus desejos, você ficava infeliz.

Quando você segue a natureza das coisas, não existe sombra. Então, mesmo a tristeza é luminosa. Não que a tristeza deixará de vir: ela virá, mas não será sua inimiga. Você a acolherá, pois perceberá sua necessidade. Você será capaz de perceber sua graça, o motivo dela estar presente e de ser necessária. E sem ela você será menos, não mais.

Namaskár para você! (Nâmaskar é uma palavra em Hindi derivadas da língua Sânscrita que significa literalmente “Eu me prostro/reverencio você”. Na verdade o que reverenciamos não é a pessoa em si, mas sim o Deus interior daquela pessoa, visto que acreditamos que os humanos são criações divinas e portanto Deus está dentro de cada um). 

Anúncios

5 Comentários »

  1. namastê!

    Curtir

    Comentário por vera — fevereiro 19, 2013 @ 10:56 | Responder

  2. Nossa to sem palavras! Disse tudo.

    Curtir

    Comentário por Ivana — fevereiro 19, 2013 @ 11:57 | Responder

    • Esse tarô é formado por 60 cartas. Aos poucos, vou colocar uma a uma aqui no blog. Bjs.

      Em 19 de fevereiro de 2013 11:57, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — fevereiro 19, 2013 @ 12:05 | Responder

  3. Augusto que belas palavras …que lindo ensinamento ….e diante de tudo que estamos vivendo nesse momento só posso te dizer : Namaskár para você!
    Beijooooo

    Curtir

    Comentário por Ana Maria — fevereiro 19, 2013 @ 15:24 | Responder

    • Oi Ana, querida!

      Viu só como não existem coincidências? Na vida tudo é um ciclo! Estamos interligados com energias sutis que nos permeiam, iluminam. Bjs.

      Em 19 de fevereiro de 2013 15:24, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — fevereiro 19, 2013 @ 15:50 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: