A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 20, 2012

São Paulo – imagens do centro da capital paulista

No último sábado, no final da tarde, fiz estas fotos em algumas ruas do centro da cidade. A foto do Edifício Itália com o Copan ao fundo foi tirada da sacada do meu apartamento.

São fotos do Theatro Municipal de São Paulo, Vale do Anhangabaú, Centro Cultural Banco do Brasil, Mosteiro de São Bento, Páteo do Colégio, Praça da Sé, Estação Júlio Prestes, Praça da República, Largo do Arouche, Prefeitura Municipal, detalhes, entre outros edifícios emblemáticos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao ver as fotos percebe-se que existem infinitas possibilidades, maneiras e ângulos de se fotografar o centro de São Paulo. 

Mesmo lugares que nos parecem banais, por um novo olhar, acabam nos revelando algo de interessante. E mesmo já tendo tirado centenas de fotos do Centro, muitas das quais já postadas nesse blog, sempre descubro uma infinidade de novos temas, ângulos, detalhes a cada caminhada.

Vejam que apesar da aridez da megalópole, ainda existem muitos lugares “verdes” em meio a selva de concreto e asfalto.

Anúncios

4 Comentários »

  1. Augusto, foi simplesmente fascinante largar tudo e apreciar seu album de fotos. Eu amo São Paulo, ela é linda, e nosso centro ficou ainda mais lindo sob o seu olhar. Parabéns!

    Curtir

    Comentário por Maria do Carmo — novembro 20, 2012 @ 19:27 | Responder

    • Oi Maria do Carmo. Agradeço sua visita ao blog. São Paulo nos surpreende sempre, não é mesmo? Tanta desigualdade, tanta beleza, tanta pobreza, sujeira pelas ruas, vulgaridades… Mas, mesmo assim ela nos cativa e encanta. Abrs.

      Em 20 de novembro de 2012 19:27, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — novembro 20, 2012 @ 19:29 | Responder

  2. Boa Noite Sr. Augusto.
    Eu sou uma cearense, que caí quase por acaso por estes solos Paulistas em fins dos anos 70. Jovem, cheia de sonhos e expectativas.
    Gozado era, que eu como uma cearense típica que nunca tinha saído da “terrinha”, tinha um “sutaque” bem original, e quando eu falava ou me expressava, era risada pura eu eu ficava no meio de tudo aquilo sem entender nada. Com o tempo aí é que eu comecei a entender melhor as coisas como também a me impactar menos.
    Passei 5 anos até que por motivos bem meus não me adaptei e voltei para cá.
    Mas agora relembrei que por muitas vezes passei por estes lugares.
    Mosteiro de São Bento, quando ia pegar o Metrô Praça da Sé(naquela época); Vale do Aganhambaú era todo dia pois trabalhava no Mappin; Praça da República onde um paulistano me levou para tomar uma sopa saborosa e depois eu fiquei freguesa; o Copan então desde o primeiro dia eu achei aquele prédio Magnífico, e sempre que eu passava por ali parava um pouco para admirar sua Magnitude. Foram estes que mais ficaram gravados em minha memória. Mas o que mais me chamou atenção nas suas fotos foram a precisão nos detalhes. Muito Bom!!!, Muito Bem!!!.
    Só quem ama verdadeiramente sua cidade é capaz de ver da mesma forma que você.
    Parabéns então Augusto por saber explorar esta Sampa por vezes tão Incompreendida e por saber fotografá-la tão “BELAMENTE”
    Tem uma frase que é mais ou menos assim:
    Lugar bom, é aquele que gente se sente Feliz.
    Um Abraço Fraterno.
    Clara.

    Curtir

    Comentário por Maria Clara — novembro 20, 2012 @ 21:38 | Responder

    • Boa noite Maria Clara.
      Agradeço sua visita ao blog.
      Gostei muito de ler seu depoimento. Percebe-se que como eu, você também soube apreciar São Paulo.
      Sou um forasteiro nessa terra, onde moro há 12 anos. Vim de Rio Claro, interior do estado de São Paulo. Pensei que ficaria no máximo 2 anos e fui ficando… Mas, ainda tenho minhas raízes no interior, na cidade onde nasci.
      Um abraço.
      Em tempo – onde era o Mappin hoje está a loja central das Casas Bahia. Passo em frente todos os dias quando caminho até o meu trabalho. E sempre penso: “Ah, isso deveria ser colocado no chão e no lugar deveria surgir uma bela praça, para deixar o Theatro Municipal ainda mais bonito”. Mas, são pensamentos de um sonhador… Quem sabe um dia isso acontece.
      Um abrçao.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — novembro 21, 2012 @ 0:06 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: