A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 30, 2012

O quinto dos infernos

Certamente você já ouviu alguém dizer: vá para “o quinto dos infernos”. Tal expressão é usada quando alguém quer mandar uma pessoa para longe ou se referir a um lugar remoto. Mas, pouca gente sabe que ela começou a ser usada em Portugal para se referir ao Brasil. Sua origem é o imposto de 20% (ou a quinta parte) do peso do ouro, cobrado no século 18, oriundo das cidades mineradoras do Brasil-Colônia. Para evitar as constantes sonegações, a Coroa portuguesa decidiu, em 1750, retirar o quinto diretamente nas casas de fundição. A riqueza obtida pelo recolhimento do imposto era levada para Portugal em navios que ficaram conhecidos como “naus dos quintos”. Por isso, na época, mandar alguém para os “quintos” significava mandar essa pessoa para esse lugar tão longínquo e desconhecido que era o Brasil.

menos impostos

Abaixo segue um texto interessante que recebi hoje, escrito por Reinaldo Luiz Lunelli.

Durante o século 18, o Brasil Colônia pagava um alto tributo para seu colonizador, Portugal. O imposto cobrado pela Coroa Portuguesa sobre todo o ouro encontrado em suas colônias correspondia a 20%, ou seja, 1/5 (um quinto) do metal extraído que era registrado em “certificados de recolhimento” pelas casas de fundição. Este absurdo e altíssimo imposto, foi intitulado “O Quinto”.  (more…)

novembro 28, 2012

Seminário Gestão Documental e Acesso à Informação: estratégias para a implementação do Decreto nº 58.052/2012

O Arquivo Público do Estado de São Paulo e a Secretaria da Fazenda promovem o Seminário Gestão Documental e Acesso à Informação: estratégias para a implementação do Decreto nº 58.052/2012, a realizar-se no amanhã, dia 29 de novembro de 2012, das 9h00 às 17h30, no Auditório da Secretaria da Fazenda, localizado na Avenida Rangel Pestana, nº 300 – São Paulo/SP.

Seminário GDAI

O evento tem como objetivo disseminar informações sobre a Lei de Acesso à Informação nº 12.527/2011 e sobre o Decreto nº 58.052/2012, que a regulamenta na Administração Estadual, conforme programação constante na apostila que você poderá acessar no link ao final do texto. As vagas para o evento presencial encontram-se esgotadas, mas o seminário será transmitido por Streaming. Portanto, caso queira acompanhar as palestras e debates basta clicar aqui que será direcionado para o link da transmissão.

Apostila_Seminario_GDAI

Orientações_Streaming_2911_INFORMACAO

novembro 26, 2012

Montevidéu e seus encantos…

Em Montevidéu dá aquela impressão que quase todo mundo conhece todo mundo. E lá vive quase metade de toda a população do Uruguai. Um milhão e meio de pessoas, o mesmo número de habitantes de um bairro grande de São Paulo, Cidade do México e Buenos Aires. E isso é uma atração para os visitantes estrangeiros. Não  há arranha-céus e os edifícios que parecem grandes e altos não intimidam o turista, mas sim os deixam atraídos por sua rara beleza como o Palácio Salvo ou a torre das telecomunicações. Na capital uruguaia ainda há futebol de rua com “traves” formadas por duas pedras e o garçom não tem urgência para limpar a mesa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

É uma capital sem metrô e com um sistema de transporte em plena restruturação. Assim, vale a pena explorá-la a pé. Tudo é mais ou menos próximo. E suas atrações permanecem inalteradas ao longo do tempo: desde a simplicidade de uma feira centenária como Tristan e Narvaja, perto do centro, ao pitoresco Mercado do Porto na Ciudad Vieja, que fica junto ao melhor porto natural da América do Sul. 

Na Feira Tristan e Narvaja  você encontra frutos curiosos, legumes e queijos, além de primeiras edições de livros antigos ou antiguidades diversas. Tudo misturado, como em uma aldeia, mas no centro da capital: em frente à Biblioteca Nacional e da Faculdade de Direito.  (more…)

novembro 25, 2012

Casablanca, o filme, completa 70 anos!

Amanhã, dia 26 de novembro, celebra-se o 70º aniversário da estréia de Casablanca. Um título que muito mais que um filme é um mito. Quer pelas circunstâncias que rodearam sua produção; ou pelo aroma das cenas e dos diálogos inesquecíveis que todo bom aficcionado ao cinema é capaz de recitar de memória; ou ainda por sua trilha sonora.

Casablanca teve grande influência em muitos filmes. Lembram das cenas de Indiana Jones, onde aparece o mapa e o trajeto que o avião está fazendo? Entre tantas outras cenas presentes em alguns filmes mais contemporâneos…

O filme é ambientado durante a Segunda Guerra Mundial, quando muitos fugitivos tentavam escapar dos nazistas por uma rota que passava pela cidade de Casablanca. O exilado americano Rick (Humphrey Bogart) encontrou refúgio na cidade, dirigindo uma das casas noturnas da região. Clandestinamente, tentando despistar o Capitão Renault (Claude Rains), ele ajuda refugiados, possibilitando que eles fujam para os Estados Unidos da América. Quando um casal pede sua ajuda para deixar o país, ele reencontra uma grande paixão do passado – Ilsa (Ingrid Bergman). Este amor vai encontrar um novo fôlego e eles vão lutar para fugir juntos.

novembro 23, 2012

Jardim Botânico de Montevidéu – um passeio que revela 600 diferentes plantas do mundo

O Jardim Botânico de Montevidéu é o primeiro e único jardim botânico do país. São 600 espécies espalhadas por três grandes áreas. É conhecido por seu importante trabalho no que diz respeito ao ensino de Botânica.

O Jardim funciona como um centro de atividades científicas, bem como de informação e formação em Ciências Botânicas para o público em geral.

Por suas trilhas pode-se fazer vários passeios temáticos –  há um roteiro ecológico, outro geográfico e um de botânica sistemática – o visitante pode conhecer a flora das diferentes áreas geográficas do mundo e uma extensa exposição de plantas aquáticas, outra de plantas de lugares secos e outra ainda com plantas de sombra.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Jardim Botânico foi criado em 1902 com o intuito de dar contribuição cultural para as pessoas em uma área específica do conhecimento.

No início, apenas um hectare era ocupado pelo Jardim Botânico e possuía infra-estrutura sofrível. Mais tarde foi ampliado para 13 hectares e um quarto, pois foi incorporado o terreno de propriedade do viveiro municipal, superfície que mantém até os dias de hoje.

As três grandes áreas e suas plantas estão agrupadas por parentesco botânico, seus lugares de origem, por grandes regiões ou países, ou suas exigências ecológicas de acordo com as condições ambientais (plantas de sombra, de clima seco e quente ou de água).   (more…)

CGU seleciona cidadãos para participar de reunião sobre Governo Aberto

Cidadãos que participarem ativamente do Diálogo Virtual do Governo Aberto, no portal e-Democracia, poderão ser selecionados pela Controladoria-Geral da União (CGU) para participar, em janeiro de 2013, em Brasília, da etapa presencial da construção do novo Plano Brasileiro de Governo Aberto. O resultado da reunião será a indicação de até quinze propostas da sociedade civil para que o Brasil responda a cinco desafios essenciais: melhoria da prestação de serviços públicos, aumento da integridade pública, gestão mais efetiva dos recursos públicos, criação de comunidades mais seguras e aumento da responsabilidade corporativa.

Governo Aberto – Acesse, debata e participe!

Os critérios de seleção levarão em conta a contribuição nos debates virtuais. Para fazer parte da etapa presencial, é preciso participar ativamente e contribuir nos debates virtuais. Por isso, é importante que os cidadãos interessados em participar do encontro presencial se inscrevam na comunidade do e-Democracia o mais rápido possível. Os selecionados terão passagens, alimentação e hospedagem custeadas pela organização do evento.  (more…)

novembro 21, 2012

São Paulo – imagens do centro da cidade e sugestão de roteiro para fazer a pé

São Paulo é uma cidade tão grande que é impossível explorar os pontos históricos em um único dia. A principal característica da maior cidade do Brasil e terceira do mundo em número de habitantes (são cerca de 12 milhões de pessoas) – é que ela é um mosaico cultural formado pelo legado de imigrantes de todo o mundo e com os próprios brasileiros que vieram de todas as regiões do país.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A cidade possui prédios dos mais diversos estilos, formas e tamanhos. Caminhar no centro é ver a história da cidade ser contada por suas construções.   (more…)

novembro 20, 2012

São Paulo – imagens do centro da capital paulista

No último sábado, no final da tarde, fiz estas fotos em algumas ruas do centro da cidade. A foto do Edifício Itália com o Copan ao fundo foi tirada da sacada do meu apartamento.

São fotos do Theatro Municipal de São Paulo, Vale do Anhangabaú, Centro Cultural Banco do Brasil, Mosteiro de São Bento, Páteo do Colégio, Praça da Sé, Estação Júlio Prestes, Praça da República, Largo do Arouche, Prefeitura Municipal, detalhes, entre outros edifícios emblemáticos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao ver as fotos percebe-se que existem infinitas possibilidades, maneiras e ângulos de se fotografar o centro de São Paulo.  (more…)

novembro 19, 2012

O El Rosedal del Prado, em Montevideo

As roseiras já estavam no planeta Terra há milhões de anos quando nós, seres humanos chegamos. Babilônios, sírios, egípcios, romanos e gregos adotaram a rosa como sinônimo de beleza e tentaram dominar o arbusto, mas os ramos escapuliram por caminhos tortuosos e espinhosos. Na Idade Média, os muros dos mosteiros eram cobertos por elas, mas as plantas saltaram acima dos muros e foram adornar palácios, jardins, varandas, pérgulas e poemas. Na Índia, a rosa é elevada a categoria de mito. Nas escrituras hindus ela é descrita como Lakshmi”, a Deusa do amor e da beleza, vinculando-a ao nascimento dessa flor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nas duas vezes que estive em Montevidéu, pude visitar el Rosedal Juana de Ibarbourou, um passeio público que abriga várias espécies. Juana de Ibarbourou é o nome de uma poeta uruguaia proeminente e isso por si só justifica o nome desse lugar romântico. Em 17 de dezembro, o jardim vai coimpletar um século de vida perfumando o bairro. São poucos anos para a história da rosa, mas é cerca da metade da idade do Uruguai independente.  (more…)

novembro 14, 2012

Lei de Acesso à Informação Pública – entrevista com Ieda Pimenta Bernardes

A Escola Fazendária de São Paulo – Fazesp promoveu uma entrevista com Ieda Pimenta Bernardes, Diretora do Departamento de Gestão Sistema de Arquivos do Estado de São Paulodo – SAESP.

Nesta palestra, Ieda fala sobre o SAESP, as atribuições das CADA (Comissões de Avaliação de Documentos e Acesso), LAI (Lei de Acesso à Informação Pública) e outros assuntos pertinentes ao tema Transparência.

Clique aqui e veja a entrevista! Fique informado(a)!

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: